Detido um dos principais instigadores do movimento “coletes amarelos”

Etienne Laurent / EPA

Um dos principais instigadores do movimento “coletes amarelos”, Éric Drouet, foi preso perto dos Campos Elísios, em Paris, por organizar um evento esta quarta-feira sem autorização prévia.

De acordo com a mesma fonte, Drouet, um dos iniciadores da primeira mobilização nacional de “coletes amarelos” a 17 de novembro, foi preso quando se dirigia para os Campos Elísios, um momento captado por Rémi Buisine, jornalista de um órgão de comunicação online que ficou conhecido pelas suas transmissões em direto das manifestações dos “coletes amarelos”.

Um pouco antes do meio-dia de quarta-feira, Drouet – por quem o líder do movimento França Insubmissa, Jean-Luc Mélenchon, disse sentir “fascínio” – tinha apelado num vídeo no Facebook para uma “ação”. “Hoje à noite, não vamos fazer uma grande ação, mas queremos chocar a opinião pública. Vamos todos sem casacos” disse Drouet.

Por volta das 19h00, algumas dezenas de pessoas encontravam-se em frente ao restaurante da cadeia internacional McDonald’s dos Campos Elísios, perto do Arco do Triunfo, e esperavam por Eric Drouet, sem, no entanto, vestirem os seus coletes, observou um jornalista da agência noticiosa France-Presse.

Eric Drouet foi preso por “organização de uma manifestação não-declarada“, conforme divulgou a FranceInfo, citando uma fonte policial. A media acrescentou ainda que Drouet e cerca de 50 outras pessoas se reuniram numa praça no centro de Paris para acender velas em homenagem aos feridos nos protestos. Além de Drouet, outras pessoas foram presas para identificação.

Numa publicação no Twitter, Jean-Luc Mélenchon reagiu a esta nova detenção: “Novamente Éric Drouet preso, porquê? Abuso de poder. A polícia política persegue agora os animadores do movimento ‘coletes amarelos'”.

Uma hora depois, o líder do movimento França Insubmissa usou a mesma rede social para exigir a libertação de Éric Drouet.

Drouet já tinha sido preso anteriormente em manifestações em Paris por “carregar uma arma proibida“, crime pelo qual será julgado a 5 de junho. No dia 6 de dezembro, Drouet também teria sugerido aos manifestantes que invadissem o Palácio do Eliseu, a residência presidencial francesa.

Os protestos dos “coletes amarelos”, assim chamados devido ao uso de coletes utilizados pelos motoristas franceses, tiveram início em novembro contra o aumento de impostos nos combustíveis.

Apesar de o governo ter voltado atrás na decisão de aumentar as taxas, os manifestantes continuaram com os protestos contra as políticas económicas do presidente francês Emmanuel Macron. Os protestos foram marcados por confrontos violentos entre manifestantes e forças de segurança.

ZAP // SputnikNews / Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

Barry Jenkins vai realizar sequela de "O Rei Leão"

O realizador e argumentista de Moonlight foi escolhido pela Walt Disney Studios para realizar a sequência do blockbuster de 2019, O Rei Leão. Ainda não há uma data de lançamento prevista para o segundo filme, mas …

"Não me sinto seguro sem uma". Venda de armas aumentou drasticamente nos EUA

Os EUA continuam a ser um dos países onde os cidadãos comuns têm mais facilidade em comprar armas de fogo. Esta é uma prática recorrente, e mais de um terço das famílias norte-americanas têm uma …

Pássaros de São Francisco aprenderam uma nova (e mais complexa) melodia durante a pandemia

Uma nova investigação científica relata que os pardais-de-coroa-branca de São Francisco, ave que vive nas zonas urbanas e rurais da cidade norte-americana, aprenderam uma nova e mais complexa melodia durante a pandemia. De acordo com …

Enorme espinha dorsal de tubarão-branco dá à costa em Massachusetts depois de uma tempestade

A espinha dorsal que se acredita pertencer a um espécime de tubarão-branco (Carcharodon carcharias) deu à costa numa praia em Massachusetts, nos Estados Unidos, depois de uma tempestade ter atingido a região. A espinha foi encontrada …

A China está a tornar-se o país com maior influência na ONU

Há dez anos, a China começou uma operação que lhe tem vindo a garantir mais influência nas Nações Unidas. Agora, o poder que possui na organização mundial protege o país asiático do escrutínio internacional. De acordo …

Uma droga pode tratar o nanismo (mas há quem defenda o "orgulho anão")

Um estudo vem agora revelar que uma droga pode tratar o nanismo. Porém, a possibilidade de haver um tratamento para esta condição clínica não é consensual. Um novo estudo, financiado pela BioMarin Pharmaceutical e publicado no …

Meghan Markle perde batalha judicial. Em causa está carta que enviou ao pai (divulgada por jornal britânico)

Depois de no passado mês de agosto, Meghan Marke vencer uma batalha judicial contra o Mail on Sunday, desta vez a Duquesa de Sussex não pode festejar mais uma vitória. A norte-americana perdeu a última …

Após acidente, robô-piloto voltou a levantar voo (e pilotou avião durante 2 horas)

O ROBOpilot, um piloto robótico não tripulado, levantou voo pela primeira vez no ano passado, mas sofreu danos durante um dos seus voos. Agora, está apto para voar novamente. No ano passado, um acidente forçou o Laboratório …

David Attenborough bateu um recorde mundial no Instagram (e destronou Jennifer Aniston)

O naturalista britânico David Attenborough destronou a atriz norte-americana Jennifer Aniston e tornou-se a pessoa a alcançar mais rapidamente um milhão de seguidores no Instagram, segundo os números do Guinness. David Attenborough, de 94 anos, …

Indonésia planeia atração turística com dragões de Komodo ao estilo de Jurassic Park

A Indonésia planeia construir uma atração ao estilo da saga Jurassic Park para que os turistas possam ver os famosos dragões de Komodo. De acordo com a revista Vice, em causa está uma proposta de …