Detetados outros 11 casos de bebés com malformações em França

A agência pública de Saúde de França anunciou esta quarta-feira que foram detetados 11 novos casos de bebés nascidos com malformações nos membros superiores no país, entre 2000 e 2014, somando-se a sete já registados e que alarmaram alguns especialistas. Os casos ocorreram no este de França.

Segundo este organismo, entre 2000 e 2008 identificaram-se, no departamento de Ain, sete casos suspeitos de bebés aos quais faltava um braço, antebraço, mão ou alguns dedos sem outra malformação destacável associada, anomalias cromossómicas ou comportamentos de risco dos pais, como a ingestão de drogas ou álcool.

Entre 2009 e 2014, houve mais quatro casos, que se somam aos sete de bebés nascidos em Ain no mesmo período e já contabilizados no início deste mês.

Nesta altura também foram conhecidos quatro casos, entre 2011 e 2013, na localidade de Guidel (noroeste) e sete entre 2007 e 2008, em Mouzeil (oeste), pelo que no total foram identificados 29 casos. Numa informação apresentada a 4 de outubro, a agência realçou que nenhum fator ambiental se revelou como causa provável.

No comunicado de hoje, a Saúde Pública de França destacou que estão a ser desenvolvidas novas investigações e sublinhou que as pesquisas efetuadas anos depois do nascimento são complicadas, pelo que é importante dispor de um registo fiável.

Acrescentou que, para garantir uma vigilância efetiva das anomalias congénitas, foi criada uma federação de registos que congregue a recolha de informação numa base de dados comum.

O alerta ocorreu no início do mês, após o aviso da associação Remera, que tem registo de crianças com malformações na região de Ródano-Alpes, na zona este de França.

A diretora, Emmanuelle Amar, apontou uma possível causa ambiental. “Haveria uma substância utilizada na agricultura capaz de impedir o crescimento de um braço de um bebé dentro do ventre da mãe? Será mera casualidade?”, questionou a epidemiologista, cuja hipótese sobre uma eventual contaminação foi desmentida então pelas autoridades.

No fim de outubro, o governo francês, pela voz da sua ministra da Saúde, disse que vai realizar um novo inquérito sobre casos de bebés sem braços nascidos no país nos últimos anos, considerando insuportável que os casos continuem ainda sem explicação

ZAP // Lusa

PARTILHAR

3 COMENTÁRIOS

  1. Com 30% da actual população com origens arabe ou negra, e 15% de judeus, raças inferiores com um grau de cosanguinidade altamente elevado, sem falar dos ciganos, lusodescendentes, e migrantes recém chegados, não ha razão de espantar destes casos de malformação e degenerescência da população Gaulesa, cada vez mais frequentes

RESPONDER

Juízes exigem sindicância urgente ao sorteio na Relação de Lisboa

A Associação Sindical dos Juízes (ASJP) exigiu, esta sexta-feira, ao Conselho Superior da Magistratura (CSM) uma "sindicância urgente" aos procedimentos de distribuição de processos no Tribunal da Relação de Lisboa. A posição da Associação Sindical dos Juízes …

Deputado do PSD que avançou com proposta de referendo à eutanásia acabou a assumir alcoolismo

Pedro Rodrigues, deputado social-democrata e antigo líder da JSD, assumiu publicamente, através do Facebook, ter um problema de alcoolismo. Num texto publicado no Facebook, o social-democrata explica que faz esta revelação por estar a ser vítima …

Morreu doente que parou o Parlamento para pedir tratamento para a hepatite C

José Carlos Saldanha ficou conhecido, há cinco anos, por interromper o ministro da Saúde numa sessão do Parlamento para pedir tratamento para a hepatite C. A informação foi confirmada à agência Lusa por fonte oficial do …

Com dívidas ao Fisco, cavaleiro João Moura "sem dinheiro" para alimentar cães. Arrisca 2 anos de prisão

O cavaleiro João Moura está acusado do crime de maus-tratos e abandono de animais depois de lhe terem sido retirados 18 cães galgos, em aparente estado de subnutrição. Um dos animais acabou por morrer, pelo …

Desmantelada fábrica ilegal de tabaco. Funcionava num bunker

Uma operação levada a cabo pela Guardia Civil esta terça-feira desmantelou uma fábrica ilegal de tabaco, em Espanha, e deteve a organização clandestina que a geria: vinte pessoas foram detidas, de nacionalidades britânica, lituana e …

China diz que surto está "sob controlo" após 14 províncias não reportarem novos casos

O surto do coronavírus Covid-19 está "sob controlo", depois de a atualização diária mostrar que 14 das 34 províncias e regiões autónomas do país não detetaram novos casos, anunciaram esta sexta-feira as autoridades chinesas. O vice-diretor …

Após 2 anos preso, Pedro Dias assume três homicídios e diz-se arrependido

Pedro Dias, conhecido pelos homicídios de Aguiar da Beira, manifesta-se arrependido pelos crimes por que foi condenado a 25 anos de prisão, após cumprir dois anos da pena. Um arrependimento que é também um assumir …

Orçamento da UE. Proposta agrava corte de Portugal na coesão em 2 mil milhões

A proposta do presidente do Conselho Europeu, Charles Michel, prevê um corte de 2 mil milhões de euros no envelope da coesão para Portugal. Os chefes de Estado e de Governo da União Europeia iniciaram esta …

Russos atormentam Estados Unidos outra vez. Presidenciais são o alvo

Os serviços secretos norte-americanos estão convencidos de que os russos estão, novamente, a tentar influenciar as presidenciais daquele país. Faltam nove meses para as eleições presidenciais norte-americanas, mas já há suspeitas de que os russos estão …

Processo obscuro e pouco transparente. Expansão do Metro do Porto cria mal-estar

O alargamento do Metro do Porto está a criar mal-estar entre algumas autarquias da área Metropolitana do Porto. Os autarcas falam num processo obscuro e pouco transparente. O protocolo para consolidação da expansão da rede de …