“Desnorte” no CDS. Cristas responsabilizada por resultado das eleições

Rodrigo Antunes/ Lusa

A presidente do Partido Popular (CDS/PP), Assunção Cristas

As listas de deputados do CDS foram aprovadas, mas as críticas a algumas das escolhas e ao programa político não faltaram. A oposição chutou para Cristas a responsabilidade dos futuros resultados e a própria admite ficar encarregue.

O Conselho Nacional do CDS-PP aprovou esta sexta-feira de madrugada por 83%, e 15 votos contra, as quotas distritais de candidatos a deputados nas legislativas de 6 de outubro, disse à Lusa fonte do partido.

As críticas começaram cedo, com alguns membros da oposição dentro do CDS a condenarem a marcação em cima da hora do Conselho Nacional. “Este Conselho Nacional foi marcado para evitar um escândalo político em curso: tencionavam aprovar as listas na comissão executiva”, explicou ao Expresso o antigo deputado Raul Almeida.

Os primeiros candidatos, da quota nacional da direção de Assunção Cristas, os elegíveis, já estavam escolhidos desde 5 de abril e com a votação de hoje o CDS encerrou o processo das listas de candidatos. As quotas distritais das listas foram aprovadas com 103 votos a favor, 15 contra a seis votos brancos.

O ex-deputado Filipe Lobo d’Ávila, um dos maiores opositores a Cristas, decidiu não marcar presença. Por isso, a responsabilidade da contestação coube a Abel Matos Santos, da Tendência Esperança em Movimento-CDS (TEM).

No seu discurso, criticou a estratégia da direção de Assunção Cristas, que acusou de excluir, rejeitar e impor, por exemplo, no processo de formação das listas de candidatos a deputados às eleições, em vez de seguir uma estratégia de unidade.

A Tendência queixou-se de não ter sido ouvida neste processo, apontou as divisões internas criadas com as listas e criticou a falta de bandeiras eleitorais do partido e a forma como Cristas tem baixado as fasquias eleitorais dos centristas para as eleições. “Ficou patente desde as europeias que a grande oposição à direção do CDS é a própria direção”, disse o deputado centrista.

Por fim, Abel Matos Santos responsabilizou a presidente do partido pelos futuros resultados das legislativas. “Dia 6 de outubro saberemos quanto vale o seu eleitorado. E a senhora terá de assumir a sua responsabilidade”, rematou Matos Santos.

Segundo o Expresso, Cristas não se deixou ficar e admitiu que vai assumir a responsabilidade do resultado do CDS nas próximas eleições, desafiando ainda Matos Santos a ir a jogo no próximo Congresso do partido.

O CDS terá duas mulheres a liderar a lista nos dois maiores círculos, Assunção Cristas, presidente do partido, em Lisboa e a sua vice-presidente Cecília Meireles será número um no Porto.

ZAP // Lusa

PARTILHAR

12 COMENTÁRIOS

  1. Acabou-se a mama de andar a reboque do PSD. Ganhar deputados à conta da coligação. Á k acabar com esta ABORTO. Porque não te CALAS. Bani-los de vez. É o partido que mais nos tem tramado ao darem maiorias. FORA com eles

  2. é pena não haver imagens e som desta novela da sanita se fosse o ps havia com certeza. prá sanita é fácil livrar-se desta responsabilidade área em que ela é perita, é só dizer que a culpa é do governo e do mentiroso do costa e tem o problema resolvido, faz como a cardona na comissão de inquérito da cgd “no final despediu-se comunicando que iria beber uma cerveja” o que não seria se fosse a catarina do be a dizer tal mimo. acabe-se já com essa pequenez de partido que tem a mania que é importante.

  3. O Cristas e tú que percisavas de pelo menos um Pedrogão por ano, e não tens conseguido. Eu por várias vezes fui te aconselhando, a ir tomar conta dos putos e lavar a louça e tratar da casa, mas tú não me ouviste, agora vais ser corrida pelos teus, pois até a menina Mosquita te vai empurrar.

  4. O que é dito é a realidade de quem quer tudo privatizado defesa da banca e dos grandes grupos económicos dos patrões austeros, despedimentos sem justa causa , do ultraliberalismo que é o que não serve nada os portugueses. Fazem promessas , muito palavreado e nada cumprem.O tempo em que fizeram parte da governação toda a gente sabe que nada fizeram e tudo se transformou num caos total com impostos à bruta, desemprego, emigração, cortes aos reformados, subsídios de férias , submarilhos. Se a má memória ficou não merece nem de longe nem de perto que seja repedida. Austeridade e mais austeridade que não serviu para nada.

  5. No tempo da Crostas foi o pior.Um partido anão.O Pauleta das feiras que atraiçoou os reformados.Os submersíveis e outras peripécias.

RESPONDER

Autocarro do Benfica apedrejado. Casas de jogadores vandalizadas com ameaças

O autocarro benfiquista foi apedrejado após o jogo com o Tondela. Além disso, a casa de alguns jogadores foram grafitadas com ameaças, nomeadamente a de Pizzi. O autocarro do Benfica foi atacado após o empate frente …

Rio só está à espera de Marcelo. E não se compromete com o Orçamento

O presidente do PSD deu uma entrevista à TSF, na qual afirmou que só está à espera que Marcelo Rebelo de Sousa avance para anunciar o apoio do partido à sua recandidatura. Em entrevista à TSF, …

Contrariando as autoridades, Hong Kong assinala aniversário de Tiananmen. "Podem reprimir as nossas atividades mas não o nosso espírito"

Evocando razões de saúde pública devido à pandemia, as autoridades de Hong Kong proibiram a vigília de quinta-feira que visava assinalar o 31.º aniversário do massacre de Tiananmen. As aglomerações com mais de oito pessoas …

Governo pondera criar nova contribuição sobre a banca para financiar Segurança Social

O Governo de António Costa está a estudar a criação de uma contribuição adicional de solideriedade sobre o setor bancário para ajudar a financiar a Segurança Social e fazer face aos custos de resposta à …

Arqueólogos encontram rara ferramenta de caça com 300 mil anos

Arqueólogos encontraram uma ferramenta de madeira utilizada na caça há 300 mil anos. É muito raro encontrar artefactos paleolíticos feitos de madeira, realça o autor do estudo. Uma equipa de investigadores da Universidade de Tübingen e …

Twitter não descarta suspender conta de Donald Trump

Um alto responsável da plataforma digital Twitter não excluiu a suspensão da conta da Donald Trump caso o Presidente norte-americano prossiga a publicação de mensagens incendiárias que transgridam as regras daquela rede social. Com 81,7 milhões …

Patrões agradados com o plano do Governo. PSD diz que "é muito fraco"

Enquanto patrões e sindicalistas ficaram bastante satisfeitos com o Programa de Estabilização Económica e Social apresentado pelo Governo, o PSD deixou duras críticas. Esta quinta-feira, no final do Conselho de Ministros, onde foi aprovado o plano …

Na resposta a uma crise, ligações humanas podem piorar ainda mais as coisas

Um novo estudo sugere que a conexão humana nem sempre é uma coisa boa, sobretudo quando se trata de ultrapassar uma crise com sucesso. De acordo com o site Science Alert, os investigadores reuniram 2480 voluntários …

Brasil ultrapassa Itália e torna-se no terceiro país com mais mortes

O país sul-americano, que tem uma população estimada em 210 milhões de habitantes, contabiliza 34.021 vítimas mortais e 614.941 casos confirmados. O Brasil ultrapassou a Itália e tornou-se no terceiro país do mundo com mais mortes …

PCP é o primeiro partido a retomar comícios ao ar livre

O PCP foi o último partido a fazer um comício, em março, antes de o país "parar" devido à pandemia de covid-19 e vai ser o primeiro a organizar uma iniciativa deste tipo, no domingo, …