Desempregados têm nova plataforma de emprego

SXC

foto: sxc

foto: sxc

O Banco de Inovação Social (BIS), promovido pela Santa Casa da Misericórdia de Lisboa (SCML), lançou hoje o projecto UAW — United At Work, de criação de empresas e promoção de emprego entre jovens e seniores desempregados.

Com a duração de dois anos, o programa é financiado pela União Europeia em 850 mil euros e destina-se a jovens até aos 35 anos, desempregados e com qualificação superior e seniores entre os 55 e os 64 anos, também desempregados e com experiência profissional.

Uma das condições do programa, que se assume como “promoção de empreendedorismo intergeracional”, é que jovens e seniores trabalhem em conjunto.

O objectivo é a criação e sustentabilidade de novas empresas e, simultaneamente, acelerar a aprendizagem entre as gerações.

O BIS vai promover nos próximos três meses um período de debate público e, a partir de Janeiro, os interessados podem candidatar-se ao programa.

“Lançamos um apelo aos jovens que, antes de emigrarem, olhem para isto”, disse a directora do BIS, Maria do Carmo Marques Pinto.

Afirmando que nunca foi lançado um projecto semelhante em Portugal, a responsável disse que o UAW oferece “as condições e os instrumentos” e que cabe aos jovens e seniores serem empreendedores.

Parceira neste projecto, a Câmara Municipal de Lisboa (CML) fez-se representar na cerimónia de apresentação do UAW pelo presidente António Costa, para quem este projecto ajuda a enfrentar a “crise social que vivemos e, em particular, o desemprego”.

Referindo que a Europa é o continente mais envelhecido e que mais dificuldade tem em encontrar um futuro para as jovens gerações, o autarca frisou que este projecto tem o “paradoxo de encontrar boas respostas” para duas gerações diferentes.

António Costa disse ainda que a CML disponibiliza espaços de incubação para os projectos se desenvolverem.

Por seu lado, o provedor da SCML defendeu que se está “num tempo em que são importantes as start-up, o voluntarismo e a capacidade de ser determinante”.

Pedro Santana Lopes espera que, até final de 2015, este projecto tenha ajudado à criação de 600 a 800 postos de trabalho, mas frisou que “depende de capacidade de desenvolvimento” dos jovens e dos seniores.

“Não há super instituições”, disse o provedor, admitindo que a SCML e a CML possam desenvolver novas parcerias no futuro porque “os tempos exigem outros projectos e instituições como a SCML e a CML têm de desenvolver mais”.

“Os grandes projectos têm de ser em partilha, em rede”, defendeu.

Além da CML, são também parceiros a Fundação Calouste Gulbenkian, Beta-i, Inatel, ACIDI, ISCTE e Instituto de Emprego e Formação Profissional, entre outros.

/Lusa

PARTILHAR

1 COMENTÁRIO

  1. E continua o sistema de eleição de descriminação em relação a idade. Os que tem entre 35 e 55 podem continuar no desemprego, pois não tem direito a “merda nenhuma”. Quando será que os que estão entre os 35 e os 55 terão os mesmos direitos que os restantes cidadãos? São estes considerados os novos cidadãos de segunda, para não falar em terceira categoria? Não tem o mesmo direito que os restantes?
    Onde esta a igualdade de direitos para todos? Para que o resto do mundo saiba Portugal não existe direito de igualdade. E aqui esta mais uma prova de tal… Tal como nos Centros de Emprego espalhados por todo o pais, onde apenas podem ter acesso a formação os mesmos que possuem as idades acima mencionadas. Não deveriam tb impedir os cidadãos entre os 35 e os 55 anos de votar? E que apenas falta isso!!!!

RESPONDER

Roménia quer adotar o euro até 2024

A Roménia espera adotar o euro até 2024 e pretende contribuir durante a sua presidência da União Europeia, que começa a 1 de janeiro, para reduzir as distâncias entre antigos e novos membros. "O nosso objetivo …

Há risco de irrealismo no preço das casas em Lisboa e Porto, alerta a Moody's

A Moody's prevê que os preços das casas continuem a subir em Portugal, mas adianta que em algumas zonas os aumentos não foram normais. De acordo com a agência de rating Moody's, os preços das casas …

PSD quer cortar metade do IRS dos senhorios nos contratos com mais de 10 anos

O PSD leva esta quinta-feira à Assembleia da República dez projetos-lei sobre habitação e arredamento. Um dos projetos que vai a votos propõe que se reduza a taxa de IRS para senhorios em metade nos …

Antiga Feira Popular dá "jackpot" à Câmara de Lisboa. Medina quer gastar em casas acessíveis

A Câmara de Lisboa arrecadou esta quarta-feira mais 85,5 milhões do que estimava no leilão dos terrenos de Entrecampos, dinheiro que será investido em habitação a custos acessíveis, adiantou o presidente, Fernando Medina "O resultado desta …

Um cometa verde vai passar pela Terra na segunda-feira (e qualquer pessoa vai poder vê-lo)

A cada 5,4 anos, o cometa 46P/Wirtanen orbita o Sol, passando pelos céus da Terra durante o caminho. Este ano, a sua visita é este mês. Geralmente, o cometa 46P/Wirtanen está demasiado longe para o podermos …

May consegue adiar a sua queda, mas não tira o Brexit da corda bamba

Mais de treze horas de incerteza em que o coração de Theresa May voltou a bater depressa demais. A primeira-ministra sobreviveu à moção de censura, mas tem pela frente mais um osso duro de roer: …

Ministra da Saúde reage às demissões no D. Estefânia (e acaba por criticar a sua secretária de Estado)

A ministra da Saúde, Marta Temido, assumiu esta quarta-feira que o Hospital pediátrico D. Estefânia é “uma das jóias da coroa” e não pode ser desfalcado, mas lembrou que “não abundam pediatras no país” e …

Sócios do Sporting vão decidir em AG se Bruno de Carvalho continua suspenso

Os sócios do Sporting vão decidir no sábado em Assembleia Geral se Bruno de Carvalho vai permanecer suspenso, na apreciação do recurso do ex-presidente do clube. Da ordem de trabalho para a reunião magna, marcada para …

CDS cola Governo de Costa a Sócrates. "Um país a cair aos pedaços"

O CDS-PP "colou" nesta quarta-feira vários ministros de António Costa ao Governo de José Sócrates, responsabilizando-os pelos problemas financeiros que dificultam a recuperação de infraestruturas de "um país a cair aos pedaços". "As infraestruturas públicas estão, …

Stormy Daniels condenada a pagar 257 mil euros a Donald Trump

Stormy Daniels foi condenada a pagar 293 mil dólares, cerca de 257 mil euros, a Donald Trump para cobrir os gastos do Presidente dos EUA com a justiça. A atriz pornográfica Stormy Daniels, cujo nome real …