Deputado do PS suspeito no caso Sócrates

António Gameiro / Facebook

O deputado do PS António Gameiro é um dos nomes investigados no âmbito da Operação Marquês que também envolve José Sócrates. Em causa estão suspeitas de tráfico de influências em negócios do Grupo Lena em Angola.

O jornal Sol reporta que o Ministério Público suspeita que António Gameiro, “em conluio com José Sócrates, Carlos Santos Silva e um angolano facilitador de negócios, estará envolvido numa teia de tráfico de influências, subornos e alegadas extorsões a partir de Angola e a favor do Grupo Lena”.

O jornal avança que o deputado socialista terá servido de “ponte” entre Delfim Albuquerque, um luso-angolano com boas relações com o governo de Angola, e Carlos Santos Silva, com o intuito de favorecimentos ao Grupo Lena em obras públicas no país africano.

António Gameiro confirmou ao jornal que foi “extraída uma certidão sobre essa matéria” no Departamento Central de Investigação e Acção Penal, mas garante que não é arguido e que, até agora, não foi notificado “de coisa nenhuma”.

O deputado, que faz serviços de assessoria jurídica em Angola, assume encontros com Carlos Santos Silva e com Delfim Albuquerque, mas diz-se de “consciência tranquila”.

“À minha frente, nunca trataram, que me apercebesse, de negócios. Nem sabia que Santos Silva, de quem sou amigo há muitos anos, tinha negócios com o Grupo Lena, pensava que ele apenas tinha uma empresa de projectos”, constata.

A publicação atesta que o MP suspeita que Delfim Albuquerque mexeu os cordelinhos para garantir ao Grupo Lena uma fatia dos negócios, no âmbito de obras na rede rodoviária angolana, em troca de “luvas” e, pelo meio, reporta ameaças do empresário ao conglomerado para receber dinheiro, caso contrário “entregaria” o contrato público a outras empresas.

O empresário luso-angolano terá, inclusive, conseguido “autorização” para a saída de Angola de “vários milhões de euros para as contas do Grupo Lena”, revela o jornal Sol.

O semanário ainda nota que António Gameiro terá estado presente em vários outros encontros com intermediários suspeitos de tráfico de influências, no âmbito de esquemas alegadamente montados por José Sócrates, para facilitar negócios do Grupo Lena e da Octapharma noutros países, nomeadamente na Venezuela e no Brasil.

ZAP

PARTILHAR

10 COMENTÁRIOS

  1. Este não sabia que Santos Silva tinha neocios no Grupo Lena. Na minha terra diz-se que o c**** é o ultimo a saber. Mais um do PS a querer fazer do povo português, estúpido.

    • o pasquim tem pouca credibilidade mas a papagaia que fez o artigo atesta-lha. artigo assinado pela cabra feliz cuja honestidade foi aferida pelo teixeira e todos aqueles que a ela recorrem pra aliviar a tensão.

  2. Para o Correio das Manhãs e Sol os únicos corruptos deste país são do PS , os outros são virgens e ingénuos , a máquina tem muita força .

  3. Através do jornal Sol e do CM é que se vão sabendo algumas verdades! Pode haver muita coisa empolada, mas se são mentiras, a canalha que processe judicialmente esses jornais e exija responsabilidades. Pelo avante e outros que tais é que o Povão nunca saberá nada das tramoias feitas por essa corja parida pela abrilada de 74!!

  4. Que grande falta de lógica! Então um primeiro ministro com acesso a Deus e aos anjos precisa dum “guia” de 2ª classe para chegar aonde mora? E o seu “irmão” de sangue, pagador de todas as contas e titular de todo o património de Sócrates, vai “estragar” dinheiro para arranjar um canal manhoso? Que raio de história é esta?

  5. não acredito que este tipo esteja envolvido neste esquema e tão só porque tem uma cara de alarve que não indicia ser capaz de ser desonesto

  6. De facto, é mais um, a querer fazer dos portugueses, imbecis. Coitados. Todos, um por um, irão caindo, com o peso da hipocrisia.

RESPONDER

"Dirty Dancing" está de volta e conta com Jennifer Grey

John Feltheimer, CEO da Lionsgate, confirmou ao The Guardian que a produtora está a desenvolver uma sequela de Dirty Dancing. O clássico dos anos 80 que agora regressa foi protagonizado originalmente por Patrick Swayze e …

A Bugatti está a vender um carro elétrico "para crianças". Chama-se Baby II e custa 30 mil euros

A Bugatti e a Little Car Company, sediada em Londres, uniram-se para criar 500 Bugattis elétricos em miniatura para crianças. Agora, fruto dos desenvolvimentos mundiais, alguns veículos ficaram disponíveis para compra. O mais recente brinquedo da …

50 anos de monarquia e uma guerra de dias. A pandemia "matou" a micronação mais antiga da Austrália

O reinado de 50 anos de uma micronação na Austrália chegou ao fim devido ao impacto económico da pandemia de covid-19, que fez com que o autodeclarado principado se rendesse ao país. Hutt River, um principado …

NASA vai rebatizar planetas e outros corpos celestes com nomes ofensivos

A agência espacial norte-americana (NASA) anunciou que vai rebatizar alguns planetas, galáxias e outros corpos celestes que possuem nomes "ofensivos". Em comunicado publicado esta quinta-feira, a NASA explica que vai abandonar os nomes "não-oficiais" a …

O maior parque de crocodilos da Índia está à beira da falência. Abriga mais de 2.000 animais

O maior parque de crocodilos da Índia, localizado perto da cidade de Chennai, no sul do país asiático, encontra-se à beira da falência depois de a pandemia de covid-19 ter obrigado a fechar o espaço …

Campanha científica acrescenta mais de 37 mil quilómetros quadrados ao mapa do mar português

A campanha científica que o navio hidro-oceanográfico D. Carlos I da Marinha Portuguesa realizou durante nove semanas nos Açores, para levantamentos hidrográficos, permitiu “acrescentar cerca de 37.500 quilómetros quadrados sondados ao mapeamento do mar português”. Numa …

Apesar dos alertas, houve quem plantasse as sementes misteriosas da China (e já começaram a crescer)

Durante as últimas semanas, pessoas em todo o mundo têm recebido, sem ter encomendado, nas suas caixas de correio sementes com origem na China. Apesar dos avisos em contrário, houve quem plantasse os misteriosos presentes. As …

Marcelo veta redução de debates sobre a Europa. Não foi uma "solução feliz"

O Presidente da República vetou esta segunda-feira a redução do número de debates em plenário para o acompanhamento do processo de construção europeia de seis para dois por ano, defendendo que não foi uma “solução …

Boris Johnson admite alargar quarentena a mais países

O primeiro-ministro britânico, Boris Johnson, admitiu esta segunda-feira alargar o sistema de quarentena a pessoas que cheguem de países atualmente isentos para reduzir o risco de infeção com a doença covid-19 no Reino Unido. "No contexto …

Novo lay-off. Ajuda da Segurança Social para pagar subsídios de Natal pode chegar só em 2021

O apoio ao pagamento do subsídio de Natal previsto pelo Governo para apoiar as empresas no âmbito do novo regime de lay-off, que entrou em vigor em agosto, poderá só ser pago pela Segurança Social …