Depoimentos de Bataglia e Salgado ilibam Sócrates, diz a defesa

João Relvas / Lusa

O ex-primeiro-ministro, José Sócrates (D), cumprimenta o seu advogado, João Araújo, à chegada à casa

O ex-primeiro-ministro, José Sócrates (D), cumprimenta o seu advogado, João Araújo, à chegada à casa

A defesa de José Sócrates considerou esta quinta-feira, 2 de Março, que os depoimentos de Ricardo Salgado e Helder Bataglia, no inquérito da “Operação Marquês”, vêm confirmar que não existe qualquer ligação do ex-primeiro-ministro “aos tantos milhões noticiados”.

O comunicado dos advogados João Araújo e Pedro Delille surge após a publicação pelas revistas Sábado e Visão do teor dos interrogatórios ao ex-presidente do BES e do empresário luso-angolano, sobre a transferência de dinheiro do Grupo Espírito Santo (GES), que o Ministério Público (MP) entende ter como último destinatário José Sócrates através do empresário e seu amigo Carlos Santos Silva.

“Estes novos depoimentos esclarecedores apenas vêm confirmar que nenhuma ligação do engenheiro José Sócrates aos tantos milhões noticiados existe, que a tese de uma fortuna escondida está desmentida nos autos e que a alegada proximidade com as pessoas interrogadas, aliás desmentida por ambos, é pura e simplesmente uma ficção“, refere a defesa.

Nesta reacção à publicação dos interrogatórios, em que a revista Sábado titula “Interrogatórios fatais: tudo o que Salgado e Bataglia revelaram sobre os milhões de Sócrates” e a Visão escreve ” Salgado conta tudo, revelações inéditas no interrogatório judicial”, João Araújo e Pedro Delille acusam o MP de dar a alguns jornalistas elementos dos autos que recusam entregar aos advogados de defesa.

Segundo a defesa de Sócrates, com a divulgação de elementos dos interrogatórios, a intenção do MP é “acrescentar novas complexidades às desculpas do costume para, depois de violados todos os prazos, legais e judiciais, manter aberto um inquérito que, há muito, devia estar encerrado e arquivado”.

A Sábado escreve que Helder Bataglia revelou, no interrogatório do MP, que Ricardo Salgado lhe pediu para utilizar as suas contas para fazer chegar discretamente dinheiro a Carlos Santos Silva, amigo de longa data de Sócrates e arguido no mesmo processo.

Confrontado com o depoimento de Bataglia, Ricardo Salgado negou tudo, disse que mal conhecia Carlos Santos Silva e que nunca foi íntimo de Sócrates, adianta a revista.

A Visão escreve que Ricardo Salgado teve de explicar ao MP porque foi “desviado” dinheiro do GES para uma ‘offshore’ em seu nome; porque deu milhões de euros aos arguidos Zeinal Bava e Henrique Granadeiro e ainda porque 1,2 milhões de euros acabaram nas mãos de Dirceu, ex-braço direito de Lula da Silva”, ex-Presidente do Brasil.

A Operação Marquês conta actualmente com 23 arguidos, incluindo o ex-ministro socialista Armando Vara, a ex-mulher de Sócrates, Sofia Fava, Joaquim Barroca, do grupo Lena, o ex-responsável da farmacêutica Octapharma Lalanda e Castro e Diogo Gaspar Ferreira, responsável da empresa gestora do empreendimento Vale do Lobo (Algarve).

José Sócrates, que esteve preso preventivamente mais de nove meses, está indiciado por fraude fiscal qualificada, branqueamento de capitais e corrupção passiva para ato ilícito.

Dois anos após o início do inquérito, que a 20 de Novembro de 2014 fez as primeiras detenções, a investigação do MP continua sem que exista acusação ou arquivamento, estando prevista uma decisão para 17 de Março.

// Lusa

PARTILHAR

16 COMENTÁRIOS

  1. Que chatice, estes 2 disseram aquilo que os “justiçeiros” não queriam ouvir/ler. Por isso não são fiáveis mas, e se incriminassem Socrates? Já seriam muitíssimo fiáveis (para os ” justiceiros ” de praça publica, claro). Dasss!…
    Haja pachorra pra tanta cegueira, pra tanta vontade de “ver sangue”, seja ele culpado ou não.

  2. Chega de tanta lengalenga. Se o MP tem causações fundamentadas para acusar, que acuse, se não tem não andem a brincar ao faz de conta .
    Dia 17 acaba o prazo. Acusem ou saiam de cena.

  3. Por isso é que nunca se chega a lado nenhum, porque ainda há pessoas que acreditam que há milagres,são enganados e gostam
    Isto é tudo uma cambada de ladroes ou ainda têm dúvidas
    São mesmo otarios

  4. Sou Português mas não sou parvo, quer queiram quer não queiram o freguês está envolvido da cabeça aos pés o resto é tudo cantigas, um miserável vivia como vive esse grande aldrabão? quem não gostar que ponha de lado mas a mim não me enfiam o garruço. Vígaro uma vez vigaro toda a vida, o exemplo começou pela licenciatura e está tudo dito.

  5. pois.. o dinheiro ía do BES para o Bataglia, e dele para o Carlos Santos… o grande amigo filantropo e testa de ferro de Sócrates.
    Como é que Sócrates fica fora deste filme ?

  6. Estes doentes que estão aqui a favor deste ladrão só pode haver uma explicação. Deve ser o próprio a escrever ou então alguém pago para isso. Ele mandou o amiguinho comprar os livros dele, não me admiraria fazer o mesmo aqui!

  7. Acho de imbecilidade chocante pessoas serem movidas por simples ódio político, não entenderem que um processo que dura quase 4 anos sem acusação comece a fazer sentir que há algo errado na acusação…que há somente expectativa de aparecer algo novo que os legalize as teorias da acusação a construção da prova..se isto se passasse com algum deles, inocente, que um inquérito levasse tanto tempo, que se sentisse completamente inocente (estou a falar no sentido de nunca ter feito nada e não digo que seja o caso), como se sentiria? Como é que a opinião não tem decoro, parte sempre de que é um bandido e tem conseguido fugir no meio dos pingos da chuva, que depois de tantas “aberturas” do segredo de justiça pelo lado de interesse da acusação do Ministério Público, manifestamente existe uma acusação (no éter da comunicação) aberta pelos jornais ou jornalistas de média sem critério ou escrúplos, obedecendo a certo indicador político ou populismo, interpretarem com facilitismo, declarações intencionalmente e objectivamente favoráveis ao ministério público nas teorias cada vez mais questionáveis e posteriormente desconjuntadas…prova é o tempo que leva e que, para quem acompanha, vejam as novas declarações de Salgado e Bataglia, não conduzem nunca aonde certa imprensa pretende levar com impulso do Ministério Público. Este tem uma tese mas é desmontável para quem acompanha o caso. Há muito crime, há muita vontade destrutiva de fulanizar!

    • Absolutamente de acordo Mario. Estou fartinho de defender essa opinião por aqui mas sabe, não vale a pena. Efectivamente o ódio “cega” as pessoas, lá diz o povo, e é bem verdade, basta ver as reacções ordinárias de muitos imbecis que por aqui andam, que já nem conseguem ser tolerantes perante afirmações comedidas e perfeitamente racionais sobre esta temática.
      O ódio, alimentado pela imprensa mais reles e especulativa, lançando “dejectos” em forma de “notícias” num tom dogmätico, conspurcaram as cabecinhas de muita gente, manipulando-as (que facil foi). É por isto mesmo, que muitos já perderam a capacidade de pensar por si próprios. Encaram com normalidade, alguém ser detido, com espetacularidade mediática e para vergonha do país, com um CM no sitio certo e, pasme-se, á hora certa, mais parecendo uma encenação teatral, é também normal para eles fazer uma detenção sem acusação nem informação dos factos que lhe são imputados (só isto, já é por si só, uma violação grave da Constituição Portuguesa), como é também “normal” 4 anos de sucessivas violações de prazos, cuja argumentação ardilosa consiste, a cada fim de prazo, no suposto conhecimento de “novos indicios”, para prolongar o tempo de “investigação”.
      Acabo esta prosa como comecei, não fale mais nisto pois estão aqui uns grunhos que vão começar a dizer que o senhor é “doente”, é “idiot.”, é “pago por Socrates”, e outras alarvidades mais só possiveis de sair das tais cabecinhas, já “formatadas” e desprovidas de massa critica construtiva e racional.

  8. E ao contrário. O facto de “pretensamente” estar ilibado de uma acusação, não é garante de honestidade. Mas as manobras políticas no seu segundo governo, o controlo ditatorial que exercia sobre diversas áreas, dos quais temos inúmeros relatos devidamente documentados, os negócios esquisitos de empresas portuguesas com países estrangeiros após visitas suas a esses mesmos países, destruição de provas apresentadas a tribunal …
    Nada disto abona a favor da inocência do réu em questão. Admira-me somente que haja quem foi, como eu prejudicado, e apesar das provas, ainda o defenda.
    Há gente assim …

  9. O Super Juiz e o Procurador do MP, já deviam ter a noção de que, acusam com fundamento e provas ou então metam o rabo entre as pernas e assumem algo que lhes vai nas suas almas ( Vingança ) seja ela qual for mas é vingança por algo que José Sócrates fez, ou determinou no Governo em que era Primeiro Ministro, eleito democraticamente. Com os depoimentos de Bataglia e Salgado, não bate a bota com a perdigota.

  10. Oiço e leio as noticias vindas a público, sobre o caso J.Sócrates..Respeitando a opinião de alguns comentários, não sei o que é ódio politico, pois que não o tenho, sempre pensei, penso e pensarei sempre pela minha cabeça. Custa-me a crêr , como se consegue ter uma vida de grande luxo, se não tem dinheiro como o próprio afirmou, e tantos mais pormenores interessantes e sem respostas correctas, como é possível ? Está a ser demasiadamente longo o aparecimento das provas, por outro lado, dizem esperar por outras provas que foram solicitadas a outros países…Será assim ? Alguma coisa existiu, porque J.Sócrates não é nenhum santo…longe disso……

  11. Depois do linchamento do Sócrates por fugas de informação programadas pelo MP é natural que que qualquer pessoa mal formada condene o homem mesmo antes de haver qualquer acusação do MP até à data.Não tivesse o Sócrates retirado regalias ao magistrados e talvez não fosse perseguido.

RESPONDER

Trump novamente acusado de assédio sexual. "Enfiou a língua na minha garganta", disse Amy Doris

O Presidente dos EUA, Donald Trump, foi acusado esta quinta-feira de agressão sexual por uma ex-modelo, num episódio que alegadamente terá ocorrido num torneio de ténis, em 1997. A ex-modelo Amy Dorris relatou ao jornal britânico …

Ventura pondera suspender mandato para se dedicar à campanha presidencial

O presidente do Chega afirmou hoje que o seu partido "está a analisar" no plano jurídico a questão da suspensão temporária do seu mandato de deputado para se dedicar às campanhas dos Açores e presidenciais. Em …

Schumacher está em estado vegetativo e dificilmente recupera, avisa neurologista

Um neurologista ouvido num documentário da RMC Sport diz que o ex-piloto de Fórmula 1 Michael Schumacher está em estado vegetativo e dificilmente recuperará. Já passaram quase sete anos desde que Michael Schumacher sofreu um acidente …

Processos com acórdãos a meias entre Rangel e Galante estão em risco

Durante dez anos, centenas de acórdãos do Tribunal da Relação de Lisboa foram feitos a meias entre Rui Rangel e Fátima Galante. Agora, esses processos estão em risco. A Procuradoria-Geral da República anunciou esta sexta-feira a …

Espanha. Jovem é esfaqueado após alertar para o uso de máscara

Três homens foram detidos em Madrid sob suspeita de terem esfaqueado um jovem que chamou a atenção de um deles por não usar máscara no interior de uma mercearia. Espanha é dos países do mundo mais …

Dez apostas que podem despontar o seu talento na Liga NOS

Nos últimos anos, dificilmente se encontra um mercado de Verão tão interessante como este. Contra todas as expectativas, dado que a pandemia trouxe alguma incerteza, os clubes portugueses têm investido mais e melhor, desde o …

Mulher morre devido a um ataque de ransomware a um hospital na Alemanha

Uma mulher morreu esta semana devido a um ataque de ransomware direcionado ao sistema operativo de um hospital em Duesseldorf, na Alemanha. Segundo as autoridades alemãs, a mulher precisava de cuidados médicos urgentes e foi encaminhada …

Portugal está "numa terceira fase de crescimento" da pandemia, avisa epidemiologista

"Estamos numa terceira fase de crescimento" de novos casos de covid-19, garante Baltazar Nunes, epidemiologista do Instituto Nacional de Saúde Dr. Ricardo Jorge. O número de novos casos voltou a aumentar esta sexta-feira, batendo o recorde …

Áustria corrige Trump. Os seus cidadãos não vivem em florestas

O Governo austríaco decidiu corrigir a afirmação do Presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, que afirmou que as pessoas naquele país europeu vivem em "cidades da floresta". Trump referiu recentemente a Áustria e outros países europeu …

UE em rota de colisão com a Polónia. Em causa estão os crimes de ódio

A relação entre a União Europeia e a Polónia está cada vez mais comprometida. As duas partes têm chocado no que toca à discussão dos crimes de ódio. No seu primeiro discurso sobre o estado de …