Denúncias contra adopções ilegais da IURD foram arquivadas pela Segurança Social

jeso.carneiro / Flickr

Edir Macedo, fundador da IURD, terá montado um rede de adoção ilegal em 1990

As primeiras suspeitas em torno de irregularidades nas adopções de crianças do lar da Igreja Universal do Reino de Deus (IURD), em Lisboa, surgiram em 2000 e foram reportadas à Segurança Social, mas o processo foi arquivado.

O jornal Correio da Manhã (CM) apurou que em 2000, o Instituto da Criança “denunciou corrupção” nos processos de adopção de crianças do lar da IURD, que se situava então na Avenida Gago Coutinho, em Lisboa.

A “primeira denúncia chegou ao Ministério da Segurança Social em 2000, então tutelado por Ferro Rodrigues, e o processo foi arquivado no ano seguinte, em Janeiro”, refere o jornal.

Citando um relatório “explosivo”, o diário nota que “as suspeitas de adopções ilegais não foram investigadas” porque a Segurança Social considerou que a IURD, não tendo intervenção no processo, não poderia ser suspeita.

A investigação da Segurança Social centrou-se, assim, em aspectos como as “condições de salubridade do espaço“, refere o CM.

Lar funcionou ilegalmente durante quase 10 anos

A TVI está a divulgar uma série de reportagens sobre uma alegada rede de adopções ilegais, que terá sido posta em prática no lar da IURD pelo bispo responsável por esta religião, o brasileiro Edir Macedo.

Num debate sobre estas reportagens, na TVI24, a jornalista Judite França, que fez a investigação a par de Alexandra Borges, revelou que a Segurança Social assumiu, num email que lhes foi enviado, que “o lar é ilegal”, mas que não explicou “porque é que enviou para lá crianças”.

“Agora, depois de ser alertada diversas vezes, pediu uma fiscalização ao DIAP (Departamento de Investigação e Acção Penal) para saber em que moldes é que isto aconteceu”, sublinha Judite França. O Ministério Público está a investigar o caso desde a participação apresentada pela Segurança Social no início de Dezembro.

O Instituto da Segurança Social só reconheceu, oficialmente, o lar da IURD em 2004, altura em que assinou “um acordo de cooperação com a instituição”, conforme reporta a Sábado. Assim, o lar terá funcionado de forma ilegal durante quase 10 anos.

A IURD resolveu encerrar a instituição em 2011, alegadamente devido à crise financeira, por considerar excessivos os gastos que tinha que suportar com o espaço.

ZAP //

PARTILHAR

4 COMENTÁRIOS

  1. Como é possível? Possivelmente será para encobrir alguém. Pois segundo a investigação feita estas “Assistentes Sociais” deram falsas declarações sobre a mãe daquelas crianças, será que ganharam alguma coisa com isso? Deveria ser investigado até à exaustão. E agora não serão responsabilizadas por tais atos? Deveriam-lhes ter feito isso a elas, e eu queria ver se o entendimento seria o mesmo, ou se soubessem que iriam ser responsabilizadas, ou pelo menos desmascaradas … “Não devemos fazer aos outros o que não queremos que nos façam a nós”.

  2. O Edir Macedo, uma simbiose de macumbeiro, pseudo hebraico, neo pentecostal com poder sobre Deus, banqueiro, empresário – um dos mais ricos do país – iniciou esta seita, IURD , com cadeiras de plástico -, explorador de miseráveis e agora envolvidos em adoções ilícitas… Contrabando de órgãos, tráfico de pessoas, trabalho escravo…Vá saber os paradeiros destes portuguezinhos…

  3. A Biblia alerta-nos para os lobos que viriam vestidos em peles de cordeiro, para enganar o povo. Por isso, alerta-nos para orarmos e vigiarmos para não sermos enganados. Eu oro a Deus para que esses criminosos possam ser desmascarados, e julgados, por Deus e pelos tribunais.

RESPONDER

Tel Aviv vai ter estradas elétricas que recarregam autocarros em movimento

Tel Aviv, em Israel, está a trabalhar na criação de estradas elétricas sem fios para carregar e fornecer energia aos transportes públicos da cidade. As estradas elétricas são parte de um programa piloto liderado pelo município …

Suicídio entre militares norte-americanos aumenta 20% em época de covid-19

Os suicídios entre os militares subiram 20% este ano em comparação com o mesmo período de 2019, registando-se um aumento nos incidentes de comportamento violento à medida que as tropas lutam contra a covid-19 e …

Turista apanhado a gravar as suas iniciais no Coliseu de Roma. Arrisca ser condenado a prisão

Um turista foi apanhado a gravar as suas iniciais no Coliseu de Roma, em Itália, e arrisca ser punido com um até um ano de prisão. De acordo com o diário italiano La Repubblica, o turista, …

Função Pública. Fesap exige subida de remuneração mínima para 693 euros

A Federação de Sindicatos da Administração Pública (Fesap) exige que a primeira posição da Tabela Remuneratória Única avance para 693,13 euros em 2021 e uma atualização do subsídio de refeição para seis euros. Estas duas medidas …

Escolas encerradas empurram milhões de crianças para o trabalho infantil

Milhões de crianças correm o risco de serem forçadas a fazer trabalho infantil, como resultado da pandemia do novo coronavírus. Isto poderá levar ao primeiro aumento no trabalho infantil, depois de 20 anos de progresso. De …

Oito anos depois, um Schumacher volta à F1

Mick Schumacher vai conduzir um Alfa Romeo em Nürburgring, na 1.ª sessão de treinos livres. Jovem piloto deverá ser campeão da Fórmula 2, já neste ano. Michael Schumacher esteve na Fórmula 1 em 19 épocas, não …

Restauração, cinema e alojamento com condições especiais nas moratórias

Restauração, transportes aéreo, ferroviário e marítimo, educação, atividades de saúde e desportivas, alojamento e cinema são alguns dos setores com condições especiais de pagamento nas moratórias bancárias, segundo diploma publicado. O decreto-lei, esta terça-feira publicado em …

Ex-diretor da agência Elite Models europeia investigado por violação e abuso sexual

Gérald Marie, ex-diretor de uma das maiores agências de modelos do mundo, está a ser investigado pelas autoridades francesas, por suspeitas de agressão sexual e violação, inclusivamente a uma menor. Segundo a Procuradoria-Geral da República francesa, …

Parceiros sociais apanhados de surpresa com alterações ao sucessor do lay-off

O presidente da Confederação Empresarial de Portugal (CIP) disse que o Governo não apresentou aos parceiros sociais as alterações que anunciou para regime de apoio à retoma progressiva, o sucedâneo do lay-off simplificado. "Compreendemos que o …

Apesar de "isto estar mais para os partidos de extremos", Santana Lopes nega ligações ao Chega

Em entrevista à TVI24, Santana Lopes referiu que a saída do Aliança não é o fim da sua carreira política, ainda assim recusa um regresso ao PSD. O ex- primeiro-ministro assume as ligações à direita, …