Défice público desceu 971 milhões de euros no primeiro semestre

Paulo Vaz Henriques / Portugal.gov.pt

O ministro das Finanças, Mário Centeno

O ministro das Finanças, Mário Centeno

O défice orçamental do 1º semestre desceu 971 milhões de euros face ao primeiro semestre de 2015, quando até maio tinha-se reduzido 453 milhões. De acordo com o Governo, a redução “resulta de uma estabilização da despesa, acompanhada pelo aumento da receita”.

Em comunicado, o Ministério das Finanças revela que “o défice das Administrações Públicas diminuiu 971 milhões de euros face ao primeiro semestre de 2015, de acordo com a execução orçamental de junho. Esta redução, na óptica da contabilidade pública, foi transversal a todos os subsetores das Administrações Públicas”.

De acordo com a tutela, a redução “resulta de uma estabilização da despesa (+0,2%), acompanhada pelo aumento da receita (2,9%)”.

“A melhoria do défice do primeiro semestre excede largamente o valor previsto no Orçamento do Estado de 2016”, sublinha o Ministério das Finanças.

“A economia e o mercado de trabalho têm apresentado sinais que suportam a evolução favorável das receitas fiscal e contributiva. A receita fiscal cresceu 2,7%, não obstante o acréscimo de reembolsos fiscais em 410 ME. A receita contributiva cresceu 3,8%, em resultado, sobretudo, do crescimento de 4,7% das contribuições e quotizações para a Segurança Social”, lê-se no documento.

O ministério das Finanças refere que “a despesa manteve uma evolução aquém do previsto no Orçamento do Estado em duas prioridades fundamentais da atual política orçamental: a racionalização do consumo intermédio e a política salarial e de emprego público“.

“Na Administração Central e Segurança Social, as despesas com a aquisição de bens e serviços apresentaram uma redução em 2,7% e as despesas com remunerações certas e permanentes cresceram 2,2%. O saldo primário registou um excedente de 2.122 milhões de euros, traduzindo-se numa melhoria de 1.244 milhões face ao mesmo período de 2015. A despesa primária das Administrações Públicas registou uma redução de 194 milhões de euros”, descreve o comunicado.

ZAP

PARTILHAR

3 COMENTÁRIOS

  1. Numa semana a despesa aumenta o dobro do ano passado, na outra semana “o assalto”, desculpem, a receita aumentou ainda mais e o défice recua, já não percebo nada, isto quer dizer o quê? que agora é que os impostos vão descer??
    A austeridade vai acabar este ano??
    Parece que tenho areia nos olhos, e já não enxergo nada…

  2. A Europa vai continuar a acolher terroristas disfarçados de refugiados? Os políticos vão continuar a tomar decisões contrárias à vontade e aos interesses dos cidadãos?

  3. Ninguém acredita nestes números não por não serem reais mas pelo que eles representam.
    Por um lado o estado está “parado”.Não promove os concursos para fazer as obras que são urgentes em escolas,centros de saúde,hospitais,estradas,pontes,etc.etc.E isto desde 2012!!!Assim não lança obras não gasta dinheiro,NÃO TEM DESPESA.Os portugueses que se aguentem com as coisas como estão.
    Depois não paga a quem deve!Aumentam as dívidas aos hospitais,ás farmácias,aos fornecedores do estado em geral.Claro o dinheiro fica em caixa.Aumenta a receita!?
    Finalmente o Governo tem de juntar dinheiro que deveria estar a ser aplicado nas duas situações anteriores para gerar movimento na economia real para mais uma vez “enterrar” no sistema bancário,agora a própria CGD.
    Enfim,estes expedientes sempre foram utilizados por todos os governos.

RESPONDER

Detetadas "partículas fantasmagóricas" que o Modelo Padrão não pode explicar

O observatório IceCube, localizado no Pólo Sul, revelou que a Antena Antena Antártida de Impulso Transitivo (ANITA) detetou alguns "sinais muito estranhos" que "não pode ser explicados" pelo Modelo Padrão da Física. O projeto ANITA, …

Descoberto primeiro asteróide que se move apenas dentro da órbita de Vénus

Uma rede de telescópios robóticos operados à distância observou um asteróide que, além de ser o asteróide mais próximo do Sol, é também o primeiro asteróide descoberto que se move completamente dentro da órbita de …

Mark Zuckerberg tem medo do TikTok (e já se sabe porquê)

Mark Zuckerberg já deixou claro, mais do que uma vez, que não gosta do TikTok. No entanto, agora sabemos o que está por trás desta hostilidade pelo rival: a aplicação está a crescer muito, mesmo …

A empresa mãe da Google já vale um bilião de dólares

Esta quinta-feira, a Alphabet, empresa mãe da Google, conseguiu uma cotação na bolsa de 1 bilião de dólares, cerca de 900 mil milhões de euros. A Alphabet tornou-se, esta quinta-feira, a quarta empresa norte-americana a conseguir …

Cientistas criam "cimento vivo" capaz de se "curar"

Uma equipa de cientistas dos Estados Unidos criou um "cimento vivo" juntando areia e bactérias num material de construção capaz de se auto-reproduzir, de absorver dióxido de carbono e manter a resistência. "Já usamos materiais biológicos …

Sporting 0-2 Benfica | Águia vence dérbi e foge na frente

O Benfica foi o grande vencedor do dérbi lisboeta. Na visita ao Sporting, os “encarnados” marcaram dois golos sem resposta, ambos na segunda parte, por Rafa Silva, entrado no decorrer da segunda parte, após ter …

Um em cada seis homens é vítima de abuso sexual antes dos 18 anos

Um em cada seis homens é vítima de abuso sexual antes dos 18 anos e podem levam décadas até pedir ajuda, por nem sempre aceitarem e entenderem que sofreram violência sexual. Na maior parte dos …

"Messiah", da Netflix, reacende controvérsia sobre os limites da liberdade de expressão

A série Messiah, disponível na plataforma de streaming Netflix, acende a controvérsia em torno dos limites da liberdade de expressão e da criatividade no mundo das artes e do entretenimento. Messiah, uma série produzida por Michael …

Quadro encontrado por jardineiro era mesmo a obra desaparecida de Klimt

Em 1997, Retrato de uma Senhora desapareceu da Galeria de Arte Moderna Ricci Oddi, em Piacenza. Em dezembro, o quadro foi descoberto. Estava escondido numa parede da instituição. O quadro encontrado em dezembro, escondido na reentrância …

Terramotos modificaram a geografia de Porto Rico (e a NASA mostra como)

Os terramotos que Porto Rico tem sentido desde dezembro passado, que causaram pelo menos um morto e milhões de dólares em prejuízos, estão também a mudar a geografia desta ilha das Caraíbas. A agência espacial …