Debate “virtual” com eleitores põe em evidência diferenças entre Trump e Biden

Brainstorm Health, Gage Skidmore / Flickr

Joe Biden, Donald Trump

Donald Trump, e o o seu rival democrata, Joe Biden, voltaram a mostrar esta quinta-feira as suas diferenças ao responderem a questões dos eleitores em vez de participarem no que seria o segundo debate para as eleições presidenciais de Novembro.

Os dois eventos foram transmitidos à mesma hora e, mais uma vez, os candidatos mostraram profundas diferenças, não só de estilo, mas uma profunda discordância na gestão da pandemia.

“Fizemos um trabalho fantástico. As vacinas estão a chegar e os tratamentos estão a chegar”, disse o Presidente dos EUA, no canal de televisão NBC em Miami, na Florida, um dos estados essenciais para conseguir a maioria dos votos do colégio Eleitoral, e que Trump venceu por uma pequena margem em 2016.

“Encontramo-nos numa situação em que temos mais de 210 mil mortos e o que está ele (Trump) a fazer? Nada”, criticou, Joe Biden no canal de televisão ABC, transmitido a partir de Filadélfia, na Pensilvânia, outro estado fortemente disputado e que Trump também venceu por pouco nas últimas eleições.

Os dois eventos substituíram um debate que tinha sido proposto para o mesmo dia em formato virtual por causa do risco da pandemia de covid-19, debate esse que Trump rejeitou, chamando-lhe “uma perda de tempo”. O Presidente recusou novamente dizer a data em que teve um teste negativo ao coronavírus.

O candidato republicano mostrou-se tenso e irritado com as perguntas, especialmente sobre o porquê de usar descartar frequentemente o uso da máscara, repetindo um argumento que tem usado. “Sou Presidente, tenho de ver pessoas, não posso estar fechado numa bela sala algures na Casa Branca”, ironizou.

Donald Trump também recusou condenar explicitamente o movimento de conspiração QAnon, que acredita e divulga teorias da conspiração especialmente bizarras. “Não sei nada sobre QAnon”, disse, antes de assegurar que concordava com as posições do movimento “contra a pedofilia”.

Em contraste, Biden, que lidera a corrida nas sondagens, respondeu às perguntas da audiência num registo muito mais calmo. É necessário “ouvir o outro”, disse a um eleitor que lhe perguntou como tencionava restaurar a “cortesia e a honra” na política norte-americana.

Nesta altura, mais de 17 milhões de norte-americanos já votaram por correspondência ou em voto antecipado, muito mais do que na mesma altura em 2016, segundo um contador do U.S. Elections Project da Universidade da Florida, cita a Reuters.

O antigo vice-presidente democrata lidera por quase 10 pontos percentuais a média nacional das sondagens de opinião para as eleições presidenciais de 3 de Novembro.

Está ainda agendado um debate entre os dois candidatos para 22 de Outubro em Nashville, Tennessee.

ZAP // Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

João Leão infetado com covid-19

João Leão, ministro das Finanças, testou positivo à covid-19. O governante encontra-se assintomático e em confinamento domiciliário. O ministro de Estado e das Finanças, João Leão, testou positivo à covid-19. A informação foi adiantada este sábado …

Ricardo Salgado quer anular multa de 75 mil euros

A defesa de Ricardo Salgado recorreu ao Supremo Tribunal de Justiça para tentar anular uma decisão do Tribunal da Relação de Lisboa que confirmou uma multa de 75 mil do Banco de Portugal por causa …

Portugueses começam a votar nas Presidenciais este domingo. Há 246 mil inscritos

Os portugueses começam a votar já neste domingo, uma semana antes das eleições Presidenciais de 24 de janeiro, no chamado voto antecipado em mobilidade para que se inscreveram mais de 246 mil eleitores. As europeias e …

Maduro ofereceu oxigénio ao Amazonas (quando há venezuelanos a morrerem por falta dele)

O presidente da Venezuela, Nicolás Maduro, ofereceu oxigénio hospitalar ao Estado do Amazonas, no Brasil, para ajudar a combater a falta deste gás devido ao elevado número de casos de covid-19. Uma generosidade que está …

Pior dia da pandemia. Portugal regista 10.947 infetados e 166 mortos em 24 horas

O boletim epidemiológico da Direção-Geral da Saúde (DGS) revela que, este sábado, Portugal atingiu dois recordes num só dia. Portugal voltou a registar um novo máximo este sábado, no dia dois do novo confinamento. Nas últimas …

Vírus duplica incidência em Espanha. Já provocou quase 2.500 mortos em 2021

Nos primeiros 15 dias de 2021, o número de infeções por covid-19 duplicaram em Espanha, com mais 300 mil novos contágios e 2.477 mortes, segundo números das autoridades sanitárias. Espanha começou o ano de 2021 com …

Apoio do Governo para pagar conta da luz em Janeiro não passa dos 2,40 euros por família

O apoio extraordinário que o Governo vai dar às famílias portuguesas para o pagamento da conta da luz, neste mês de Janeiro, devido ao confinamento e às temperaturas anormalmente baixas, é modesto. A verba máxima …

Crónica ZAP - Nota Artística por Nuno Miguel Teixeira

Nota artística: um clássico que valia 14 pontos

https://soundcloud.com/nuno-teixeira-264830877/fc-porto-1-1-benfica-o-musical-1 Chegámos.   Chegámos ao grande jogo do campeonato. Desta vez aparece no calendário só a meio de Janeiro, mas cá está ele. O grande jogo. "Ai não! Há Sporting, há Boavista, há Braga!". O Sporting e o …

Armin Laschet sucede a Angela Merkel na liderança da CDU

Este sábado, Armin Laschet foi eleito líder do partido alemão União Democrata-Cristã (CDU), depois de Angela Merkel ter abandonado o cargo, em setembro. Armin Laschet, chefe do governo da Renânia do Norte-Vestfália, é o novo líder …

"Não há vagas". Ambulâncias fazem fila à porta dos hospitais (até parece Itália em Março)

Os engarrafamentos de ambulâncias à entrada das urgências dos Hospitais de Torres Vedras e de Santa Maria, em Lisboa, ilustram a gravidade do que está a acontecer no Serviço Nacional de Saúde (SNS) com o …