Um terço dos diplomados no curso de Aeroespacial vai trabalhar para o estrangeiro

NASA

A Estação Espacial Internacional, em órbita

A nota mínima de entrada no curso de Engenharia Aeroespacial do Técnico bateu um novo recorde. As oportunidades e os salários levam os diplomados para o estrangeiro.

O único curso de Engenharia Aeroespacial no ensino superior público português tem visto a sua nota mínima de candidatura aumentar ano após ano, até atingir na primeira fase deste ano 18,95 valores. Este é um recorde entre todas as licenciaturas e mestrados integrados e acontece mesmo depois do aumento de vagas de 15% em relação ao ano anterior.

Na maioria dos casos, este curso superior garante aos jovens um emprego com facilidade, ainda que não seja especificamente na área da indústria aeroespacial nem em Portugal, uma vez que é lá fora que se encontram mais oportunidades e melhores salários.

De acordo com os dados provisórios do último inquérito do IST aos diplomados, analisados pelo Expresso, 36,4% dos que se formaram em 2017 estão a trabalhar no estrangeiro. O inquérito aos diplomados de 2016 indicava um número semelhante (31,6%). A Agência Espacial Europeia, CERN, Airbus, Rolls-Royce, consultoras internacionais e empresas de serviços informáticos são alguns dos empregadores.

Daniel Coelho, que concluiu o mestrado no ano passado, confessou ao matutino que, “em Portugal, não se ganha muito, nem há muitos empregos nesta área específica”. “Sempre gostei muito de aviões. Talvez por causa do meu pai que era maluco por máquinas da II Guerra Mundial. E porque dominar o fundo dos mares e os céus é o futuro tecnológico que nos falta atingir. Quero evitar ao máximo sair de Portugal. Mas se o emprego que gosto, com boas condições financeiras, estiver lá fora, vou ter de sair”, afirma o jovem do Barreiro.

O último inquérito revela que a remuneração média mensal bruta chega quase aos 4.300 euros; em Portugal fica-se pelos 1.505 euros. Metade conseguiu o primeiro emprego antes de concluir o curso e 96% até seis meses após a conclusão do curso.

O curso de Engenharia Aeroespacial foi criado em 1991 e, na altura, tinha apenas 35 vagas. Agora, no ano de 2019/20, o curso tem 92 vagas. A diversidade de cadeiras e de especialização possíveis é um dos trunfos que acaba por pesar entre os candidatos de ciências que estão na dúvida para que engenharia ir.

ZAP //

PARTILHAR

1 COMENTÁRIO

  1. Compreendo que este pessoal saia do país depois de formados, uma vez que não encontram aqui condições de trabalho. Ficar aqui, certamente ajudaria o desenvolvimento do país. Além disso, os nossos impostos estão beneficiando as pobres empresas internacionais, que não gastam um tostão na formação destes jovens.

Pela primeira vez, uma astronauta corrige página da Wikipédia a partir do Espaço

Pela primeira vez na história da Humanidade, a astronauta norte-americana Christina H. Koch fez a edição de uma página da Wikipedia na Internet a partir da Estação Espacial Internacional (EEI), enquanto orbitava o planeta Terra. A …

Rover Mars 2020 vai procurar fósseis microscópicos

Cientistas do rover Mars 2020 da NASA descobriram o que poderá ser um dos melhores locais para procurar sinais de vida antiga na Cratera Jezero, onde o veículo vai pousar no dia 18 de fevereiro …

MP quer passar a ouvir todas as crianças expostas a violência doméstica

A procuradora-geral da República quer que os magistrados do Ministério Público peçam sempre ao juiz de instrução criminal que as crianças expostas a violência doméstica sejam ouvidas em tribunal para memória futura. A procuradora-geral da República, …

Greta Thunberg no Parlamento entre final do mês e início de dezembro

A ativista sueca aceitou participar numa sessão na Assembleia da República, em Lisboa, promovida pela comissão parlamentar de Ambiente, Energia e Ordenamento do Território, que se realizará entre o final deste mês e início de …

Phineas Fisher. O "hacker fantoche" que está a pagar para piratearem bancos e petrolíferas

Phineas Fisher é um hackers mais infames do mundo e procura agora renovar esse estatuto ao oferecer 100 mil dólares a quem piratear instituições capitalistas, como bancos e empresas petrolíferas. O hacker ficou conhecido após ter …

Conselho Superior da Magistratura arquiva processo disciplinar a Carlos Alexandre

O Conselho Superior da Magistratura decidiu arquivar o processo disciplinar relativo ao juiz do Tribunal de Instrução Criminal por declarações sobre o sorteio da fase de instrução do processo Operação Marquês. "O plenário de hoje do …

Jardins e complexo de estufas descobertos num dos bunker de Hitler

Um grupo de especialistas descobriu jardins e um complexo de estufas, que serviu para cultivar legumes e frutas, num dos maiores quartéis generais de Adolf Hitler durante a II Guerra Mundial, o bunker conhecido como …

Ataque a Alcochete. Advogados pedem impugnação do auto de notícia da GNR

Uma discrepância nas datas de elaboração e de assinatura do auto de notícia que relata a invasão à academia do Sporting motivou, esta terça-feira, a apresentação de um requerimento de impugnação subscrito por vários advogados. No …

Japão diz que é seguro libertar água radioativa de Fukushima no Pacífico

O Ministério da Economia, Comércio e Indústria do Japão afirmou esta segunda-feira que é seguro libertar água contaminada de Fukushima no Oceano Pacífico, de acordo com o jornal local Japan Today. A central nuclear, recorde-se, sofreu …

Dez autarcas e quatro clubes entre os 68 acusados na operação Ajuste Secreto

O Ministério Público da Feira deduziu acusação contra 68 arguidos, incluindo dez autarcas e ex-autarcas, quatro clubes desportivos e os seus respetivos presidentes, no âmbito da operação "Ajuste Secreto". Numa nota publicada no seu site oficial, …