Cromossoma revela que Thomas Jefferson teve filhos em segredo com uma escrava

Há mais de 200 anos, o presidente dos EUA Thomas Jefferson foi acusado de manter relações ilícitas com Sally Hemings, uma escrava 20 anos mais nova.

Os primeiros estudos sobre a deteção da paternidade por meio da análise de ADN, que no final dos anos 90 eram os mais recentes da modernidade, resolveram o enigma.

Ao longo da história, milhares de mulheres foram repudiadas por não conceberem filhos varões. Há mais de um século sabemos que o sexo biológico é determinado por um par de cromossomos: XX nas mulheres, XY nos homens.

Como as mulheres são XX, todos os seus óvulos são X. Os espermatozóides, no entanto, podem ser X ou Y. Quando um espermatozóide X fertiliza um óvulo, um embrião XX é formado, a partir do qual uma mulher surgirá. Os espermatozoides Y formam embriões XY, que originam os homens.

É assim que o ADN do cromossoma Y passa inalterado de geração em geração, de pai para filho, o que serve para seguir o traço paterno. A identificação dos marcadores através de técnicas que pareciam ficção científica em 1990 permitem traçar o trilho da família.

Jefferson, autor da introdução e preâmbulo da Declaração da Independência, deverá ter vivido angustiado com a enorme contradição entre suas ideias e sua vida real – entre a ambição como defensor da abolição da escravatura e o amor pelos prazeres terrenos.

Sally Hemings foi herdada por Jefferson da sua mulher, Sarah Wayles. Em 1787, com o político já viúvo, Sally instalou-se em Monticello, a residência rural de Jefferson em Virgínia. As obrigações da jovem incluíam manter o quarto e o armário do político limpo. Desde que começou a servi-lo até 1808, Sally teve vários filhos: Thomas, Beverly, Harriet, Madison, Eston e, pelo menos, mais uma filha, que morreu muito jovem.

Em setembro de 1802, um ano depois de Jefferson ter assumido a sua primeira presidência, o jornalista James Callender publicou uma nota que afirmava que o presidente tinha uma relação de união de facto com uma das suas escravas, com quem tinha filhos.

Em 1805, a meio da presidência, foi iniciado um impeachment, que poderia terminar na sua demissão como presidente. Como aconteceu com Clinton duzentos anos depois, o escândalo sexual não afetou a sua popularidade. Ele ganhou as eleições presidenciais pela segunda vez consecutiva. O impeachment não funcionou e a acusação de Callender não foi provada.

Os rumores sobre a paternidade de Jefferson sustentavam-se em três evidências. Devido às suas responsabilidades públicas, o presidente passava muito tempo fora de Monticello, mas estava lá durante as semanas em que, presumivelmente, Sally estava grávida. Os filhos de Sally, todos mulatos, tinham parecenças físicas com Jefferson. Por fim, o testemunho do quarto filho, Madison, que, já idoso, disse que a sua mãe tinha reconhecido que Jefferson era o pai de todos os filhos.

O assunto não ficou resolvido até à análise genética dos cromossomas Y de cinco descendentes por linhagem paterna do primeiro filho de Sally, Thomas, e do último, Eston. Publicado na revista Nature, provou que o presidente tinha sido pai de pelo menos um dos filhos da escrava – e era muito provável que fosse o pai dos outros.

Jefferson não deixou nenhum filho, por isso o cromossoma Y da sua família foi obtido de cinco descendentes do seu tio paterno Field. Algumas versões dos defensores da sua inocência argumentam que a semelhança entre Jefferson e os filhos de Sally aconteceu porque eram filhos dos sobrinhos Samuel e Peter.

O estudo mostrou que a combinação de marcadores encontrados nos descendentes do Tio Field era original, porque não apareceu numa amostra aleatória de dois mil homens usados ​​como testemunha.

Quatro dos descendentes de Thomas, o primeiro filho de Sally, tinham cromossomas Y característicos da população europeia, sugerindo a possibilidade de um pai branco. O cromossoma do descendente Eston, o último filho de Sally, era igual aos descendentes do Tio Field e completamente diferente dos descendentes de John Carr.

A explicação era clara: Eston era filho de Jefferson – e também era provável que Thomas fosse. Existem outras explicações possíveis, mas nenhum dado histórico as suporta. Jefferson tinha um irmão, Randolph e cinco sobrinhos. Todos eles tinham o mesmo cromossoma Y, por isso qualquer um deles poderia ter sido o pai. Contudo, não estavam em Monticello quando os filhos de Sally foram concebidos.

Depois que Jefferson morreu em 1826, a filha Martha libertou Sally, que morreu em 1835.

PARTILHAR

1 COMENTÁRIO

RESPONDER

Estátua de mulher da elite pré-hispânica encontrada no México

Uma estátua, com 500 anos, de uma jovem mulher com um grande ornamento na cabeça foi descoberta, no início de janeiro, no centro do México. De acordo com o site Live Science, a estátua de dois …

No último adeus à Casa Branca, Trump vai perdoar 100 pessoas (e manifestantes do Capitólio também querem)

O Presidente cessante dos Estados Unidos Donald Trump deverá emitir mais de 100 indultos presidenciais esta terça-feira, durante as suas horas finais na Casa Branca, mas não se pode perdoar a si mesmo ou à …

Sindicato revela que a TAP propôs o despedimento de 458 pilotos

O Sindicato dos Pilotos da Aviação Civil (SPAC) informou, esta segunda-feira, que a TAP apresentou uma contraproposta que inclui a dispensa de 458 pilotos, redução de remunerações e supressão de cláusulas do acordo de empresa. Em …

Acenar com as mãos, pés e cabeça. É assim que as rãs de vidro atraem a atenção dos seus parceiros

A maioria das rãs emite um coaxar característico como forma de atrair a atenção de um potencial parceiro. Contudo, algumas das espécies que "gritam" perto de riachos e cascatas aumentam o potencial de serem notadas, …

Marcelo diz que "atropelar este ano letivo era dramático", mas não fecha a porta ao encerramento das escolas

O Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, considerou, em entrevista ao Correio da Manhã esta segunda-feira, que "atropelar este ano letivo seria dramático", mas não fecha a porta ao encerramento das escolas. Em entrevista ao …

A adesão foi fraca, mas arranca hoje a recolha de votos em lares e de eleitores em confinamento

Os votos para as eleições presidenciais dos quase 13 mil idosos em lares e pessoas em confinamento devido à covid-19 que se inscreveram para votar antecipadamente começam a ser recolhidos por todo o país esta …

Primeiras doses da vacina da Johnson podem estar disponíveis em Portugal no segundo trimestre

O diretor médico da Janssen, Manuel Salavessa, estimou esta terça-feira que as primeiras 1,25 milhões de doses da vacina contra a covid-19 desenvolvida pela Johnson & Johnson possam estar disponíveis em Portugal no segundo trimestre …

Cientistas descobrem anticorpo que bloqueia o vírus da dengue

Uma equipa de investigadores descobriu um anticorpo que bloqueia a propagação do vírus da dengue dentro do corpo. Pode ainda permitir novos tratamentos para outros flavivírus, como o Zika e o Nilo Ocidental. A infeção é …

Cientistas transmitem sinais quânticos usando drones. É o primeiro passo para uma nova era da Internet

A Internet quântica é um sistema teórico que utiliza sinais quânticos para partilhar informações. Um nova investigação demonstrou que, surpreendentemente, os drones podem ter um papel importante neste processo. Uma equipa de cientistas da Universidade de …

Físicos propõem método para extrair energia de buracos negros (e pode ser usado pela humanidade no futuro)

Dois físicos do Chile e dos Estados Unidos acreditam que, um dia, os humanos poderão aproveitar a enorme energia que os buracos negros abrigam para seu proveito. A teoria da relatividade geral de Einstein - que …