Críticos de Passos já têm assinaturas para convocar congresso extraordinário

Mário Cruz / Lusa

O primeiro-ministro, Pedro Passos Coelho

O primeiro-ministro, Pedro Passos Coelho

Um grupo de críticos de Passos Coelho está a reunir assinaturas para convocar um congresso extraordinário no partido. Queda nas sondagens e questão das eleições autárquicas são as razões que os deixam insatisfeitos.

Segundo o Expresso, os críticos de Passos Coelho estão a recolher assinaturas para que seja convocado um congresso extraordinário no próximo ano. Para já, este grupo terá conseguido reunir mais de 2.500 assinaturas.

Em causa está o facto de o PSD estar a descer cada vez mais nas sondagens e também por se notar uma falta de mobilização dentro do partido.

Uma dessas pessoas é Carlos Encarnação que, em entrevista à Antena 1, declarou que Passos “devia perguntar-se qual é o papel dele no meio disto tudo”.

O semanário escreve que, caso venha a realizar-se, este congresso não implica necessariamente uma mudança imediata do líder dos sociais-democratas, uma vez que este é escolhido por eleições diretas, mas seria um bom momento para dar início a uma disputa pela liderança.

Rui Rio tem sido o nome mais forte para vir a suceder ao ex-primeiro-ministro na liderança do partido. O antigo presidente da Câmara do Porto não formalizou ainda essa hipótese mas já deixou claro que, se fosse preciso, poderia ser uma alternativa.

O congresso teria de acontecer entre março ou abril do próximo ano, diz o Expresso, uma vez que, depois desse período, se aproximam as eleições autárquicas.

Esse é um tema que tem dado pano para mangas, sobretudo relativamente à cidade de Lisboa. Passos não exclui uma possível aliança com o CDS, quer na capital como no Porto, algo que deixa uma boa parte dos sociais-democratas insatisfeitos.

De acordo com o Diário de Notícias, o ex-chefe do Executivo admite essa hipótese publicamente porque os centristas e os sociais-democratas “são parceiros preferenciais”.

“Se porventura não for possível virmos a ter uma coligação com o CDS em Lisboa e no Porto, isso não quer dizer que não sejamos, na mesma, parceiros naturais”, afirmou.

Esta semana, Morais Sarmento deixou claro que “o PSD tem tido um comportamento autofágico” e que até poderia vir a candidatar-se mas agora “já é muito tarde”.

ZAP //

PARTILHAR

13 COMENTÁRIOS

  1. Não voto PSD.Mar penso que não é salutar para a nossa democracia o ambiente desse Partido.
    Oxalá, saibam rectificar os respectivos comportamentos e atitudes.

  2. Após 4 anos de recuperação económica “significativa”, onde os sacrifícios foram evidentes, os Portugueses elegeram-no como o ROSTO MAIOR E GRANDE VENCEDOR das legislativas, foi uma vitória contra a oposição (+)os velhos do Restelo (Manuela Ferreira Leite, Marques Mendes, Rui Rio etc…etc “CHULOS e TRAIDORES”
    Foi então necessário juntar-se toda a oposição para eleger 1º ministro um tal COSTA como poderia ser um qualquer TINO.
    Agora por SUPERIORES INTERESSES PARTIDÁRIOS “INTERNOS” PRETENDEREM AFASTAR O SEU VENCEDOR…………………….. é o maior GOLPE e “COVARDIA” que já vi neste partido, o meu voto NUNCA MAIS!

      • Exatamente “Geringonça”. Quer até parecer-me que o “Contribuinte Teso” deve ser de classe alta (dos que foram poupados aos sacrificios), pois se fosse de classe média ou pobre não falaria assim.

    • A tua partidarite turva-te a visão, necessitas uns oculos cristas para te ajudar a ver direito o presente e um retrovisor tony costa para te dar a correcta imagem do passado. és um autentico Contribuinte teso em casa de 9utas.

  3. Esta “noticía” é para acreditar?….Quando vão entregar as assinaturas na sede do PSD?….Mas mesmo que fosse verdade, um Congresso até seria clarificador onde com certeza esta gentinha interessada num “centrão politico” para defender os seus interesses escuros, com certeza saíria humilhada….O actual presidente do PSD ganhou tudo que disputou e foi reeleito sem oposição há cerca de 9 meses…..Esta gente custa a convencer-se que já pertence ao passado no PSD….O PSD por imposição das bases renovou-se e mudou….no PSD o tempo das Manuelas, dos Mendes, dos Marcelos, dos Jardins , dos Pachecos, dos Capuchos, dos Encarnações ou até dos Balsemãos já passou!…..Reversões só no PS ou na geringonça….

    • O RAIO está a delirar, ganhou tudo o que disputou? Porque não concorreu só, sem a companhia do PP, às legislativas de 2015? Acredito piamente que, a manter-se a atual direção, o PP vai ultrapassar o PSD.

  4. Recuperação económica???… Para quem?? E a que preço??E a base da pirâmide que se lixe, não é?? Pessoas pobres? Que é isso? Banca é que manda, não é? Nojo de mentalidades. Só vou ficar contente quando o à votação da laranjada baixar o resultado do Santana em 2005. Contra a canalha egoísta e caceteira sempre.

  5. Agitam-se as cadeiras, começam as “comichões” dentro do PSD. É um fartar de “salvadores”.
    Por vezes lêem-se coisas arrepiantes. Falar de Passos Coelho como o “recuperador” económico é cómico, mesmo cómico. Para se perceber a “credibilidade e competência” da criatura basta ler o seu “curriculum” e pensar um bocadinho. Para mim, mantenho a convicção de que Passos entrou no poder com uma clara missão de projeção pessoal “encapotada” na imagem do “salvador da patria”, porém, para ter um “prémio” teria de ter estado no poder 2 mandatos. Objectivamente, 1 só mandato foi curto para levar a efeito tudo o que lhe “mandaram” fazer, como por exemplo, empobrecer um bocado mais o País, continuar a esmagar mais ainda a classe média, aprofundar o conceito da austeridade cega, entrar na segunda fase da razia ao setor empresarial do Estado, privatizando CGD, SEG. SOCIAL, etc. Ora os interessados nesses chorudos negócios “só” conseguiram comer metade do que pretendiam e Passos ficou assim “a meio caminho” de satisfazer esses interesses, logo, não vai ter o cargozinho de administrador de um Banco qualquer, por exemplo um Deutsch Bank ou coisa desse tipo, que lhe assegurasse um chorudo rendimento/ reforma e lhe alimentasse o ego e a vaidade pessoal. Lixou-se!
    Hoje, Passos, tem um dilema. Ou sai, cai no esquecimento e, sem “currículum” e credibilidade, resta dedicar-se à agricultura nas terras dos pais dele ou encaixa-se numa qualquer empresa de algum amigo, ou tenta fazer o que está a fazer, que é a desesperada “luta pela sobrevivência” política, tentando aguentar-se e agarrar-se á liderança do partido, para tentar chegar ao poder novamente para acabar o que começou e “obter o prémio”.
    Nunca confiei nele, nunca acreditei nele mas, sobretudo, nunca gostei da viragem neoliberal que fez no partido, afastando o PSD da postura moderada que supostamente teria.
    Foi uma autêntica “nodoa” como primeiro ministro.

RESPONDER

Portugal com mais 8 mortos e 331 casos positivos em 24 horas

Portugal registou mais oito mortes e 331 casos positivos de infeção pelo novo coronavírus nas últimas 24 horas, de acordo com o boletim epidemiológico divulgado pela Direção-Geral da Saúde. Esta quinta-feira, Portugal registou 1.455 mortes por …

IL rejeita Marcelo Rebelo de Sousa e aposta em Adolfo Mesquita Nunes

O Iniciativa Liberal (IL) não vai apoiar a eventual recandidatura de Marcelo Rebelo de Sousa. Para o partido, um dos nomes em cima da mesa para as Presidenciais é "fácil" e só depende da "vontade …

Comissão Europeia "otimista" na rápida retoma económica em Portugal

A Comissão Europeia diz estar "razoavelmente otimista" sobre uma "rápida recuperação" económica de Portugal após a crise gerada pela covid-19 e considera que a forma como o país "controlou" a pandemia beneficiará a retoma do …

Nova Zelândia decreta em junho erradicação de contágios. Está há 13 dias consecutivos sem novos casos

A Nova Zelândia, país que tem sido apontado internacionalmente como exemplar no combate à pandemia de covid-19, prevê decretar a “erradicação da doença” no país no próximo dia 15 de junho. A informação foi avançada esta …

Secretário da Defesa discorda de Trump no envio de tropas para conter distúrbios. Aliados europeus afastam-se

O Secretário norte-americano da Defesa, Mark Esper, rompeu na quarta-feira com o Presidente, Donald Trump, no apoio ao envio das forças armadas para as cidades e os estados que se recusarem "a tomar as medidas …

Vai "nascer" em Arouca a maior ponte suspensa do mundo. É a esperança para fazer renascer o turismo

O Turismo de Arouca está a enfrentar dificuldades devido à quebra gerada pela pandemia, mas os empresários aguardam com expectativa a abertura daquela que será a maior ponte suspensa do mundo, já descrita como "extraordinária". Ainda …

"Será difícil não voltar a adiar a abertura" dos centros comerciais na região de Lisboa

O presidente da Associação dos Médicos de Saúde Pública, Ricardo Mexia, considerou que "será difícil não voltar a adiar a abertura" dos centros comerciais na Grande Lisboa, tendo em conta os números da região nos …

Atraso na partilha de informação. Responsáveis da OMS recusam responder a perguntas sobre China

Os mais altos responsáveis da Organização Mundial de Saúde (OMS) recusaram-se esta quarta-feira a responder diretamente a perguntas sobre um atraso da China na partilha do mapa genético do novo coronavírus com a agência. Três perguntas …

Espanha reabre fronteiras a 22 de junho. Portugal diz que ainda não há uma decisão tomada

Espanha vai reabrir as fronteiras com Portugal e França a 22 de junho. O país tinha planeado abrir as fronteiras ao turismo estrangeiro a 1 de julho, mas decidiu adiantar a data. Porém, Portugal diz …

Conceição critica arbitragem, mas em Espanha fala-se de penálti de Pepe "que roça o escândalo"

Os 'dragões' perderam no primeiro jogo após a retoma do campeonato. Sérgio Conceição deixou críticas à arbitragem, mas em Espanha fala-se de um penálti escandaloso... de Pepe. O FC Porto ficou com a liderança da I …