Cristiano Ronaldo pode perder quase um terço do salário

Alessandro Di Marco / EPA

Face ao grave surto de Covid-19 em Itália, os clubes transalpinos estão a ponderar fazer cortes. Cristiano Ronaldo pode perder até 9,3 milhões de euros do seu salário.

Com 3.405 vítimas mortais, Itália é, agora, o país com mais mortes registadas por Covid-19. A situação no país está a agravar-se com o passar dos dias, não só a nível sanitário, mas também a nível económico. De tal forma que a pandemia já se começa a fazer sentir até no futebol.

O presidente da Federação Italiana de Futebol, Gabriel Gravina, já tinha deixado em aberto a possibilidade de os clubes cortarem entre 20 e 30% os salários dos jogadores mais bem pagos.

“Neste momento de emergência o corte nos salários dos jogadores não é um tabu. Acho que todos temos de nos sentar à mesa. A crise e a emergência aplicam-se a todos e o mundo do futebol também deve ter a capacidade de se unir. Somos chamados para um gesto de grande responsabilidade, para mostrar que solidariedade não é apenas uma palavra”, disse Gravina, citado pela Sábado.

“O mundo do futebol está a passar por uma grande crise económica e a federação está comprometida em recolher todos os dados que as ligas individuais estão a processar e depois enviá-los ao governo que, com um decreto-lei, reconheceu o estado de crise no desporto. Antes de sair, no entanto, precisamos renegociar alguns contratos internamente e criar um sistema mútuo. É necessário dar um sinal, demonstrar auto-apoio e solidariedade “, acrescentou.

Face a isto, o vencimento de Cristiano Ronaldo será certamente um dos visados. Com um salário a rondar os 31 milhões de euros anuais, o internacional português é de longe o jogador mais bem pago da liga italiana.

As medidas de contenção das equipas podem levar a Juventus a cortar o salário de Ronaldo. Assim sendo, o jogador pode ser atingido por um corte entre os 6,2 e os 9,3 milhões de euros por ano, escreve o jornal italiano Corriere dello Sport.

Lukaku, Dybala, Higuain, Ramsey, De Ligt, Donnarumma, Dzeko são outros nomes que podem ver os seus salários reduzidos devido à pandemia de Covid-19.

ZAP //

PARTILHAR

1 COMENTÁRIO

RESPONDER

Cientistas identificam pela primeira vez expressões faciais emocionais em ratos

Pela primeira vez, cientistas de Neurobiologia do Instituto Max Planck, na Alemanha, identificaram expressões faciais emocionais em ratos. À semelhança dos seres humanos, as expressões faciais dos ratos mudam quando estes animais provam algo doce …

Imprimiram corais artificiais em 3D que podem salvar recifes

Uma equipa de cientistas inspirou-se na natureza para desenvolver estruturas em forma de coral, impressas em 3D, capazes de produzir grandes quantidades de algas microscópicas. Investigadoras da Universidade de Cambridge e da Universidade da Califórnia desenvolveram …

Avalanches submarinas prendem microplásticos no fundo do oceano

As avalanches de sedimentos submarinos transportam os microplásticos para o fundo do oceano e um projeto de colaboração entre as Universidades de Manchester, Utrecht e Durham e o Centro Nacional de Oceanografia acaba de revelar …

Aos 107 anos, Cornelia Ras conseguiu vencer a covid-19

Cornelia Ras, que contraiu o novo coronavírus em meados de março, pode ser a mulher mais velha do mundo a vencer a covid-19. Nunca se é velho demais para vencer o novo coronavírus e a holandesa …

Coreia do Norte pode estar a usar fábricas de fertilizantes para extrair urânio

Um novo estudo norte-americano mostra que a Coreia do Norte pode estar a utilizar fábricas de fertilizantes para produzir mais material nuclear, extraindo urânio de ácidos fosfóricos. Segundo noticiou o Newsweek, na opinião da investigadora Margaret …

Distância social de 1,5 metros é insuficiente para travar contágio

O estudo realizado por investigadores e engenheiros especializados em dinâmica de fluidos concluiu que a distância deve ser de, pelo menos, quatro metros. Um estudo divulgado esta quinta-feira alerta que a distância social de 1,5 metros …

Estados Unidos registam 9 desempregados por segundo

O desemprego está a atingir números preocupantes nos Estados Unidos: só na última semana, 6,6 milhões de pessoas declararam estar sem emprego para poder receber apoios, um número semelhante ao da semana anterior. De acordo com …

Chineses desistem de comprar o BNI Europa. Está agora em mãos angolanas

O contexto de incerteza, provocado pela pandemia de covid-19, levou o Grupo chinês KWG a desistir de comprar 80,1% da participação do BNI Europa. O grupo chinês KWG desistiu de comprar 80,1% da participação do BNI …

Tesla usa peças do Model 3 para construir um ventilador

A Tesla também está a tentar contribuir para colmatar a escassez de ventiladores com um novo protótipo, feito com partes do Model 3. A Tesla construiu um ventilador com recurso a componentes automóveis. A fabricante elétrica …

Há acordo no Eurogrupo: 500 mil milhões de euros "disponíveis imediatamente"

Os ministros das Finanças da Zona Euro chegaram a acordo, esta quinta-feira, sobre os apoios económicos para fazer face à pandemia de covid-19. O Eurogrupo chegou a acordo sobre o pacote de ajuda económica para a …