Cristas fora da corrida às autárquicas. Direção do CDS soube da decisão numa “rede social”

Na quarta-feira, a ex-presidente do CDS-PP Assunção Cristas indicou que não quer ser candidata à presidência da Câmara de Lisboa. Horas depois, a direção do partido reagiu, dizendo ter sabido da decisão “através de uma rede social”.

No comunicado assinado pela porta-voz do partido, Cecília Anacoreta Correia, citado pelo semanário Expresso, a liderança do CDS disse ter tomado conhecimento da “indisponibilidade” de Assunção Cristas para a corrida autárquica “através de uma rede social”.

Na mesma nota, a porta-voz dos democratas-cristãos garantiu que a direção “respeita a legítima opção” que Cristas quer fazer pela sua vida profissional e “agradece” pelo seu papel autárquico. Recorde-se que a ex-líder obteve uns históricos 20,5% quando se candidatou a Lisboa em 2017.



Segundo a direção, a “ambição” do CDS é construir um projeto autárquico alternativo ao socialismo, “nos órgãos e calendário próprios”, para cumprir “três objetivos”: o crescimento da sua implantação autárquica, a derrota do PS e a construção de uma maioria de centro direita para as legislativas de 2023.

Um membro da direção garantiu ao mesmo semanário que o nome de Cristas chegou a ser colocado, como líder ou não de uma coligação, em reuniões com o PSD. Porém, nunca houve uma reunião entre a atual direção e a antiga presidente.

A mesma fonte argumenta que Cristas rejeitou falar do assunto em janeiro, sublinhando que o tempo era de discutir as presidenciais. “Perdeu por falta de comparência política”, atacou o membro.

No início de janeiro, o Expresso adiantou que o líder do CDS, Francisco Rodrigues dos Santos, já tinha garantido que Assunção Cristas teria o “apoio incondicional” do partido se quisesse ser candidata à Câmara Municipal de Lisboa e afirmado que a ex-líder seria um “peso pesado” para enfrentar Fernando Medina.

“Se a Assunção manifestar essa vontade, o CDS não lhe cortará as pernas”, garantiu um membro da Comissão Executiva, o órgão de decisão mais restrito dos centristas.

Porém, esta quarta-feira, Cristas indicou que não quer ser candidata a Lisboa por não estarem “reunidas as condições de confiança”. “Apesar do apoio das estruturas locais do partido, não estão reunidas as condições de confiança necessárias para ponderar uma candidatura”.

“Três razões essenciais pesaram na minha reflexão: a discordância da estratégia do CDS na negociação de uma coligação alargada com o Partido Social Democrata; o discurso contraditório da direção do CDS, que me considera simultaneamente responsável pela degradação do partido no último ano e uma boa candidata a Lisboa, somado ao parco interesse em falar comigo, num tempo e numa forma que fica aquém do que a cortesia institucional estima como apropriado; e os desafios profissionais que tenho pela frente”, sublinhou.

Maria Campos Maria Campos, ZAP //

 

 

 

 

 

 

PARTILHAR

RESPONDER

Benfica 4-3 Sporting | Águia vence dérbi espectacular

Mas que grande dérbi! Benfica e o novo campeão Sporting presentearam os adeptos com um jogo espectacular, um dos melhores dos últimos anos em Portugal, com futebol de ataque e golos, muitos golos. Foram nada menos …

Portugal é o 2.º país com mais divórcios e menos casamentos na UE

A taxa de casamentos na União Europeia caiu drasticamente nos últimos 55 anos, ao mesmo tempo que a taxa de divórcios subiu. Portugal é o segundo país onde esta tendência mais prevalece. De acordo com dados …

"É parte da nossa identidade". Pequena cidade na Suécia luta para preservar uma antiga língua moribunda

A organização Ulum Dalska, sediada numa pequena cidade sueca chamada Älvdalen, tem uma missão. Durante décadas, os seus membros têm trabalhado arduamente para ajudar a salvar a língua elfedaliana, um remanescente do nórdico antigo. "Tivemos a …

Papa diz que abuso infantil é uma espécie de “assassinato psicológico”

O Papa Francisco criticou hoje o abuso infantil dizendo que é “uma espécie de ‘assassinato psicológico’ e, em muitos casos, um cancelamento da infância” e pediu para “parar de encobrir” o fenómeno da pedofilia. Francisco falava …

Jerónimo considera “precipitado” discutir Orçamento de 2022 e “deitar borda fora” o atual

O secretário-geral do PCP, Jerónimo de Sousa, considerou hoje “no mínimo precipitado” antecipar a posição do partido sobre o próximo Orçamento do Estado e “deitar borda fora” a concretização do atual. À margem de uma visita …

Plano da CIA para capturar Bin Laden originou um problema de saúde pública no Paquistão

Um novo estudo indica que um plano secreto da CIA para capturar Osama Bin Laden, no início de 2011, teve como consequência uma queda significativa das taxas de vacinação no Paquistão. O plano, que usava uma …

GNR deteve nove pessoas em Vilar Formoso por situações de emigração ilegal

A GNR deteve sete homens estrangeiros por permanência ilegal no país e dois homens, também estrangeiros, por suspeita de auxílio à emigração ilegal, com idades entre 30 e 40 anos, na fronteira de Vilar Formoso, …

Norte-americana ganhou 26 milhões na lotaria (mas destruiu bilhete durante lavagem de roupa)

A mulher garante que é a premiada da Loteria da Califórnia e, como tal, a dona dos 26 milhões de dólares. Contudo, segundo revela a imprensa americana, o bilhete ficou esquecido no bolso das suas …

Metrobus vai circular no Porto no final de 2023. Terá sete paragens da Boavista à Praça do Império

Ao que tudo indica, os autocarros 100% elétricos devem começar a circular no final de 2023. A ligação de metrobus entre a Rotunda da Boavista e a Praça do Império, no Porto, terá sete paragens …

Homem de 95 anos tornou-se o mais velho dador de órgãos na história dos EUA

Uma norte-americana que se encontra a recuperar de um transplante de fígado não só tem um novo órgão que provavelmente lhe salvou a vida, como também um que fez história. Segundo a cadeia televisiva CNN, esta …