A crise na Venezuela está tão má que os criminosos já nem conseguem comprar as suas próprias balas

A espiral económica paralisante da Venezuela está a ter um impacto negativo num grupo improvável da sociedade: os criminosos.

Os bandidos estão com dificuldades em comprar as suas próprias balas e não conseguem encontrar coisas para roubar, à medida que a riqueza do país se afunda rapidamente.

A Associated Press (AP) conversou com dois criminosos em Petare, uma notória favela nos arredores da capital da Venezuela, Caracas, que disse que agora estão com dificuldades em ganhar a vida com os assaltos, uma fonte de renda anteriormente lucrativa.

Embora as balas estejam amplamente disponíveis no mercado negro, muitos assaltantes já nem podem pagar o preço de um dólar, disse um criminoso conhecido como “Cão” à organização de notícias.

Um venezuelano comum ganha cerca de 6,50 dólares por mês, de acordo com a AP, citada pelo Business Insider. A hiperinflação disparada torna o dinheiro mais inútil a cada dia que passa. “Uma pistola costumava custar uma dessas notas”, disse Cão enquanto mostra uma nota de dez bolivares. “Agora, isto não é nada.”

Outro criminoso, “El Negrito”, que lidera uma gangue chamada Crazy Boys, considera que é cada vez mais difícil apoiar a sua esposa e a filha com os assaltos. Agora, disparar uma bala é um luxo, disse. “Se esvaziar a pistola, disparei 15 dólares”, disse à AP. “Se perder a pistola ou a polícia me apanhar, são 800 dólares para o lixo”.

Mortes violentas têm diminuído desde que a economia da Venezuela começou a afundar. Em 2015, o país sul-americano teve uma taxa de homicídios de 90 pessoas por cem mil habitantes, segundo o Observatório Venezuelano da Violência. A taxa caiu quase 10% no ano passado – embora a Venezuela continue a ser um dos países mais violentos do mundo.

A organização sem fins lucrativos, que agrega os dados dos necrotérios e dos relatórios dos meios de comunicação, atribui parcialmente a diminuição à redução de assaltos – porque não há nada para roubar.

Como muitos venezuelanos lutam para pagar por bens básicos como comida, remédios ou roupas, há menos carros ou objetos de luxo que os criminosos possam roubar. A maioria das pessoas mal usa dinheiro a mais do que o estritamente necessário por causa da inflação crescente.

ZAP //

PARTILHAR

7 COMENTÁRIOS

  1. Os criminosos de Washington tenhen as armas do bloqueio mundial, uma outra vez máis na Historia, e o control dos media empresariais, para que vostedes pensen que criminosos están nos governos dos países assediados

  2. Que conversa fiada, pais assediado?, só um pais governado por um incompetente chorão, todo o mal é culpa alheia, monta uma indústrias ai, para não depender de tudo de fora, acho que para plantar batatas e não morrer de fome não precisa de ajuda externa, mas nem isso consegue.

  3. Se viessem para Portugal tinham a vida feita!Neste país entram todos, em nome la liberdade e da democracia!É pena é não terem dinheiro para as viagens…

  4. Coitados! Têm de conseguir roubar as balas primeiro!
    Mas, em Portugal os gatunos nem de armas precisam! Basta pedirem dinheiro a um amigo, ou à CGD 😀

Cientistas explicam porque trabalhar à noite faz mal aos intestinos

As pessoas que trabalham à noite têm mais probabilidades de desenvolver inflamações intestinais, porque há células que contribuem para a saúde intestinal que deixam de receber informações vitais do cérebro, indica um estudo divulgado esta …

Marinha dos EUA admite que vídeos de OVNI's são verdadeiros (e não era suposto ninguém saber)

A Marinha dos EUA confirmou que imagens de OVNIs que surgiram nos últimos anos são reais e que nunca pretenderam que o vídeo fosse visto pelo público. As imagens que apareceram pela primeira vez online em …

O Pólo Norte vai ter um hotel de luxo (iluminado pelas auroras boreais)

https://vimeo.com/360873720 O hotel "mais a norte do mundo" só existirá durante um mês e o glamping de luxo será para muito poucos: o custo é de 95 mil euros por pessoa por três dias. Em 2020, o …

Whitney Houston vai regressar aos palcos (em holograma)

Whitney Houston vai "regressar" aos palcos, em formato holograma. Foi anunciada uma digressão da cantora por várias salas do Reino Unido, em 2020. Os planos para uma digressão de holograma de Whitney Houston têm sido discutidos …

Victor Vescovo diz que chegou ao ponto mais profundo dos oceanos. James Cameron não concorda

James Cameron levantou dúvidas sobre as recentes declarações de Victor Vescovo sobre ter quebrado o recorde do mergulho mais profundo no oceano, dizendo que o empresário não pode ter descido mais, uma vez que não …

Par de patinadores no gelo mais medalhado de sempre anuncia fim da carreira

Os canadianos Tessa Virtue e Scott Moir, o par de patinadores no gelo mais medalhado da história do olimpismo, anunciaram esta quarta-feira o fim da carreira. “Olá a todos. Temos novidades para todos os que nos …

Elon Musk é o líder mais inspirador da tecnologia da atualidade

Elon Musk foi nomeado o líder mais inspirador no setor da tecnologia, de acordo com um estudo publicado pela Hired, uma plataforma para contratação de pessoal em 14 cidades em todo o mundo. O estudo, chamado …

De portas abertas para quem precisa. Frigoríficos solidários crescem em Paris

A Cantina do 18.º bairro parisiense foi o primeiro espaço deste projeto solidário, inaugurado há dois anos. Atualmente existem 38 restaurantes em França que acolhem os frigoríficos solidários. Em dois anos, o projeto dos frigoríficos solidários …

Imigrante do Bangladesh em Itália encontra e devolve carteira com 2 mil euros

Mossan Rasal, um bangladeshiano de 23 anos que vive em Roma, encontrou na rua uma carteira com dois mil euros, documentos de identificação, cartões de crédito, carta de condução. Em vez de retirar o dinheiro e …

Austrália conclui que China foi responsável por ciberataque ao parlamento

A agência de inteligência cibernética da Austrália (ASD) concluiu que a China foi a responsável por um ataque informático, no início deste ano, contra o parlamento nacional. Os serviços de inteligência australianos (Australian Signals Directorate) concluíram …