Crise da manteiga ameaça croissants e deixa franceses em “pânico”

A França vive o cenário de pior “escassez” de manteiga desde a II Guerra Mundial, o que está a deixar consumidores e pasteleiros em “pânico”, tanto mais quando se aproxima a época do Natal. Os preços dos croissants e do bolo-rei podem disparar.

A corrida dos franceses à manteiga que ainda resta nas prateleiras das lojas já se começa a notar, com o crescente receio de que este produto tão necessário na pastelaria venha a faltar. O jornal Economie Matin refere que 30% dos franceses que queriam comprar manteiga, já não o conseguiram fazer.

De acordo com a publicação, o país vive um cenário de “verdadeira escassez, a pior já vista desde a Segunda Guerra Mundial”, o que está a deixar em “pânico” consumidores e pasteleiros.

Alguns já começaram a virar-se para a margarina como alternativa e há empresários de pastelaria, nomeadamente os que fabricam os famosos croissants, que ameaçam aumentar o preço desta iguaria tão apreciada pelos franceses.

Com o aproximar da época de Natal, os consumidores podem esperar aumentos de preços em outros doces como o bolo-rei.

Preços dispararam 180%

Esta “crise da manteiga”, como já é apelidada, deve-se a uma conjugação de factores, a começar pela baixa de produção verificada no sector leiteiro. A França vive com este problema desde 2009 e o fim das quotas leiteiras na União Europeia, em 2015, veio agravar a situação.

“Uma baixa da lactação das vacas e uma baixa da colecta durante o período de Verão, conjugadas com uma procura muito forte de países estrangeiros que fez aumentar os preços”, explica o ministro da Agricultura, Stéphane Travert, citado pelo Le Monde.

A imprensa francesa destaca que o preço da tonelada de manteiga passou, em apenas seis meses, dos dois mil euros para os sete mil euros. Trata-se de uma subida da ordem dos 180%.

O ministro refere que, “progressivamente, as coisas vão voltar ao normal”, logo que se entre no ciclo de produção de Outono-Inverno, com a reposição dos níveis de produção.

Mas para a associação de Jovens Agricultores (JA), esta “crise da manteiga” é alimentada pelos distribuidores por não quererem pagar “o preço justo” aos produtores.

“Não há falta de manteiga, é uma intoxicação mantida pelos distribuidores”, salienta o presidente da JA, Iban Pebet, citado pelo jornal La République des Pyrénées.

“Produzimos matéria-prima suficiente, e portanto manteiga, para alimentar as grandes superfícies. São eles que não querem pagar o preço certo”, acrescenta Pebet.

SV, ZAP //

PARTILHAR

1 COMENTÁRIO

  1. dos dois mil euros para os sete mil euros. Trata-se de uma subida da ordem dos 180% – Pelas minhas contas a subida é na ordem dos 350% 🙂

RESPONDER

Novo primeiro-ministro belga nomeado após 16 meses de crise política

O atual ministro das Finanças da Bélgica, Alexander de Croo, toma posse esta quinta-feira como primeiro-ministro, depois de ter sido na quarta-feira formalmente nomeado para o cargo, pondo fim a uma longa maratona de 16 …

Cortes de água, luz, gás e telecomunicações regressam esta quinta-feira

A partir desta quinta-feira, regressam os cortes de água, eletricidade, gás natural e telecomunicações para todos os consumidores em situação de desemprego, com uma quebra de rendimentos de, pelo menos, 20% ou que estejam infetados …

Moderna contradiz Trump. Não haverá vacina até às eleições

O diretor-executivo da farmacêutica Moderna Therapeutics, que está a desenvolver uma das mais avançadas vacinas para a covid-19, disse que esta não estará pronta até às eleições presidenciais dos Estados Unidos. Em declarações ao jornal Financial …

Brigadas dos lares arrancam com menos profissionais do que o previsto

As Brigadas de intervenção Rápida para os lares atingidos por surtos de covid-19 arrancam esta quinta-feira - mas há menos enfermeiros e cuidadores do que o previsto. Em declarações à Renascença, o presidente do Instituto da …

PS segue PSD e propõe voto antecipado para eleitores em confinamento

O Partido Socialista (PS) decidiu juntar-se ao Partido Social Democrata (PSD) na ideia de alargar o direito de voto antecipado aos eleitores que estejam em confinamento à data das próximas eleições presidenciais. De acordo com o …

Santos Silva assume "contactos" para reforço dos EUA da base das Lajes (e desdramatiza eventual crise política)

Augusto Santos Silva, ministro dos Negócios Estrangeiros, disse, em entrevista ao Público e à Renascença, que há "contactos" com os Estados Unidos para reforço norte-americano da base das Lajes e desdramatizou a aprovação do Orçamento …

3.800 euros por mês. Genebra aprova o primeiro salário mínimo (e é o mais alto do mundo)

Os habitantes de Genebra, na Suíça, aprovaram, este domingo, a proposta de um salário mínimo de 23 francos suíços por hora (equivalente a cerca de 21,30 euros) para todos os que trabalham na cidade. De acordo …

No day after do debate caótico, Biden pede regras rígidas e Trump queixa-se do moderador

O debate caótico entre Donald Trump e Joe Biden motivou críticas generalizadas que suscitam dúvidas sobre se será de manter os outros dois debates ou se, mantendo-os, será necessário alterar as regras. Um dia após a …

OE2021. Pontas soltas, alguns avanços e uma certeza: se houver entendimento, há acordo por escrito

Se houver entendimento em algumas matérias com o Bloco de Esquerda e o PCP, haverá um "compromisso escrito", adiantou Duarte Cordeiro, secretário de Estado dos Assuntos Parlamentares. Em entrevista ao podcast Política com Palavra, do PS, …

Covid-19. Hospitais da região de Lisboa pedem camas uns aos outros

Os hospitais da região de Lisboa e Vale do Tejo continuam a bater à porta uns dos outros a pedir camas para internar doentes com covid-19. Segundo a edição desta quinta-feira do jornal Público, os …