Covid: menos 16 mil casos e menos 10 mortos

3

 

Direcção-Geral da Saúde publicou o seu relatório semanal, que mostra que houve quase 50 mil infecções registadas entre os dias 5 e 11 de Julho.

A Direcção-Geral da Saúde publicou nesta sexta-feira o seu relatório semanal mais recente, com os números dos efeitos do coronavírus em Portugal.

O documento relata o aparecimento de 48.906 casos positivos de COVID-19, menos 16.279 em relação ao relatório anterior.

Ao longo de uma semana morreram 119 pessoas em Portugal por causa da pandemia. São menos 10 óbitos comparando com a outra semana.

Portugal apresenta agora uma média de 12 mortos por cada milhão de habitantes, uma descida de 8%.

O número de pessoas internadas (ocupação hospitalar diária) desceu 73 para 1.140, sendo que há 57 em cuidados intensivos – menos 15 em relação à semana anterior.

Lisboa e Vale do Tejo é a região que teve mais casos (21 mil) e mais falecimentos (49).

Em relação às idades, o grupo etário que registou mais casos positivos foi entre os 40 e os 49 anos, com pouco mais de 8 mil. A grande maioria dos óbitos (75) verificou-se em pessoas com idade de, no mínimo, 80 anos.

Estes dados são relativos à semana entre os dias 5 e 11 de Julho; ou seja, entre a terça-feira da semana passada e a última segunda-feira.

Nos números da vacinação destaca-se a faixa etária 25-49 anos: todas as pessoas têm a vacinação completa (as primeiras doses, sem reforço) mas um terço dessas pessoas ignorou a dose de reforço.

  Nuno Teixeira da Silva, ZAP //

3 Comments

  1. Deixem chegar a Setembro que vai tudo confinar em força. São os laboratórios quem dita as regras do jogo.
    O Covid é a maior fraude de todos os tempos.
    Acordem portugueses enquanto é tempo.

  2. Desde quando é que, com estes dados, as pessoas podem estar tranquilas? Oh, senhora Graça Freitas, porque não passam os dados TODOS os dias, nos canais de televisão???

Deixe o seu comentário

Your email address will not be published.