Covid-19: Infarmed diz que nenhum medicamento provou eficácia no tratamento

Massimo Percossi / EPA

O Infarmed assegurou, na terça-feira, estar a acompanhar todos os esforços nacionais e internacionais para o desenvolvimento de potenciais tratamentos e vacinas para a covid-19, mas insistiu que nenhum fármaco provou ainda a sua eficácia no combate à doença.

“À data, existem várias iniciativas que estão a decorrer, relativas a potenciais tratamentos da covid-19. Contudo, à presente data e mediante os dados preliminares, nenhum medicamento se demonstrou ainda eficaz no tratamento da covid-19”, pode ler-se no comunicado divulgado pela autoridade do medicamento.

Sublinhando a importância da “sinergia de esforços, cooperação internacional e medidas de suporte para as empresas”, o Infarmed referiu que está “em articulação” permanente com a Agência Europeia do Medicamento (EMA).

Numa nota de imprensa igualmente publicada hoje, o organismo europeu revelou ter colocado o combate à pandemia provocada pelo novo coronavírus “no topo das prioridades”, além de estar actualmente a acompanhar diversas empresas no “desenvolvimento de cerca de 40 opções terapêuticas”.

Em relação às possíveis terapêuticas sobre as quais já decorrem ensaios clínicos, o Infarmed destacou as seguintes: remdesivir (medicamento experimental utilizado na infeção pelo vírus Ébola), lopinavir/ritonavir (associação autorizada para o tratamento da infeção pelo VIH), cloroquina e hidroxicloroquina (autorizados a nível nacional como tratamentos para a malária e algumas doenças autoimunes), interferões sistémicos, nomeadamente o interferão beta (autorizado para a esclerose múltipla); e anticorpos monoclonais.

Por outro lado, a autoridade nacional do medicamento e produtos de saúde reconheceu que “estão já a decorrer ensaios clínicos de fase I para duas vacinas”, embora tenha admitido ser “complexo” uma aprovação rápida para fazer face à actual pandemia.

“Com base na experiência do desenvolvimento de outras vacinas, considera-se que todo o processo demorará pelo menos um ano até que uma vacina para covid-19 possa estar preparada para a aprovação e disponível em quantidades suficientes para garantir uma utilização em larga escala”, refere o Infarmed.

// Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

O maior salto em cinco anos. Dívida pública atingiu recorde em abril

A dívida pública aumentou para 262,1 mil milhões de euros em abril, o valor mais alto desde 1995, segundo os dados divulgados pelo Banco de Portugal. A dívida pública aumentou para o valor recorde de 262,1 …

Diabéticos e hipertensos. PSD quer debater alteração que retirou estes doentes de regime excecional

O PSD pediu a apreciação parlamentar do decreto-lei que retirou doentes hipertensos e diabéticos do regime excecional de proteção relativo à covid-19. A apreciação parlamentar permite que a Assembleia da República debata, altere e, no limite, …

Norte sem contágios por covid-19. Grande Lisboa regista 96,5% dos novos casos

Portugal regista hoje 1.424 mortes relacionadas com a covid-19, mais 14 do que no domingo, e 32.700 infectados, mais 200, segundo o boletim da Direcção-Geral de Saúde (DGS). 193 dos novos casos são na área …

Aviões deixam de ter lotação reduzida a partir desta segunda-feira

Os aviões deixam, a partir desta segunda-feira, de ter a lotação de passageiros reduzida a dois terços, mas o uso de máscara comunitária é obrigatório. O Governo alinhou, assim, as regras nacionais pelas regras europeias no …

Marcelo pede que não se passe do "8 para o 80" e alerta para imagem do país

O Presidente da República reiterou hoje o apelo à população para que não se passe “do 8 para o 80” nas medidas de prevenção da covid-19, alertando para os riscos da imagem do país “cá …

Só metade das crianças deverá voltar ao pré-escolar esta segunda-feira

As crianças em idade pré-escolar regressam esta segunda-feira aos jardins de infância, que voltam a funcionar com novas regras, depois de encerradas durante mais de dois meses, devido à pandemia da covid-19. Apesar do regresso, que …

Dois astronautas (e um dinossauro de peluche) chegaram à EEI à boleia da SpaceX

Para além dos astronautas Doug Hurley e Bob Behnken, seguia a bordo da Crew Dragon um dinossauro de peluche com lantejoulas. E há uma explicação para isso. Este sábado, o foguetão Falcon 9, da SpaceX, fez …

Pescadores já podem capturar sardinha, mas recuo no consumo é uma preocupação

Os pescadores voltam a poder capturar sardinha, a partir desta segunda-feira, e até 31 de julho, com limites diários e semanais, segundo um despacho publicado em Diário da República. De acordo com o diploma, assinado pelo …

Madeirense contesta quarentena obrigatória em Tribunal (e há uma sentença que lhe dá razão)

Uma cidadã madeirense que chegou no domingo à Madeira e recusa cumprir quarentena num hotel entregou um pedido de ‘habeas corpus’ no Juízo de Instrução Criminal do Tribunal do Funchal. A acompanhar o pedido está …

Idade é o maior factor de risco para se ser internado ou morrer de covid-19

As pessoas com idades entre os 70 e os 79 anos infetadas pelo novo coronavírus têm uma probabilidade de ser internadas em cuidados intensivos 10,4 vezes superior à de uma pessoa até aos 50 anos. Os …