Covid-19. OMS desaconselha ibuprofeno e diz que dinheiro não é veículo de transmissão

Jean-Christophe Bott / EPA

Diretor-geral da OMS, Tedros Adhanom Ghebreyesus

A Organização Mundial da Saúde (OMS) desaconselhou esta terça-feira o uso de ibuprofeno para o alívio dos sintomas da Covid-19, doença provocada pelo novo coronavírus oriundo da China.

“Os especialistas estão a analisar o assunto”, disse o porta-voz da OMS em Genebra, Christian Lindmeier, citado pela agência AFP, em declarações aos jornalistas.

“Por enquanto, recomendamos o uso de paracetamol e não de ibuprofeno como auto-medicação. É importante”, reiterou o responsável da OMS.

Estão a ser levados a cabo estudos sobre o efeito do ibuprofeno em doentes infetados com a Covid-19, devendo os resultados serem conhecidos em maio.

As dúvidas em torno do ibuprofeno começaram a surgir no fim de semana passado, quando as autoridades francesas deixaram o alerta de que medicamentos anti-inflamatórios podem piorar os efeitos da Covid-19. “Tomar anti-inflamatórios (ibuprofeno, cortisona,…) poderá ser um fator de agravamento da infeção [pelo novo coronavírus]. Em caso de febre, tomem paracetamol”, alertou o ministro da Saúde francês.

Depois do alerta, a Direção-Geral da Saúde e a Autoridade Nacional do Medicamento (Infarmed) afirmaram não existir evidências científicas que provem que a toma deste fármaco agrave as condições de saúde dos infetados.

Não existem, atualmente, dados científicos que confirmem um possível agravamento da infeção por covid-19 com a administração de ibuprofeno ou outros anti-inflamatórios não-esteróides”, afirmou o Infarmed em comunicado.

Entretanto, a OMS desmentiu também que o dinheiro seja um veículo de transmissão da Covid-19, rejeitando um relatório publicado nos média britânicos que dava contra do contrário. “Deturparam as nossas palavras”, disse Fadela Chaib, porta-voz da organização, em comunicado citado pelo jornal espanhol ABC.

Nunca” foi dito que o dinheiro era um veículo de transmissão do novo coronavírus, reforçou. “Quando essa questão foi colocada pelos media ingleses alertámos para o facto das pessoas terem de lavar as mãos depois de manusearem o dinheiro por ser uma boa prática de higiene. Não foi uma forma de dizer que o dinheiro transmitia o novo coronavírus”, confirmou Fadela Chaib.

ZAP //

PARTILHAR

7 COMENTÁRIOS

  1. O que é espantoso neste caso é que a WHO tem us site com tanta informação e os nossos governos e as pessoas em geral continuam a receber informações e a tomar decisões com o que se escreve no Facebook e Twitter, ainda mais impressionante que estes são também actualmente as fontes das notícias.
    Um mundo em pânico e governos a tomar decisões com base em má informação.

  2. Ou seja: As superficies inertes podem conter o Virus activo por tempos variáveis segundo a natureza das mesmas. Manipulamos uma das “coisas” mais sujas tanto no sentido literal como no sentido figurado com frequência, (O dinheiro). Se não é um veiculo de transmissão de virus e outros agentes indesejáveis, então não sei o que será . Vou deste passo perguntar a Mamon o que ele pensa desta afirmação proferida por a OMS !

  3. É o pânico e alarmismo geral, tudo por causa de um viruzinho de laboratório!…
    O ministro de saúde francês já tinha avisado há semanas, essa droga Ibuprofeno beneficiava os vírus!!..

  4. Então se o metal é veículo de transmissão onde o virus se aguenta mais tempo inerte, as moedas (dinheiro) não é??! Tudo muito estranho…

RESPONDER

Há mais de 8 mil infetados e 187 mortes por covid-19 em Portugal

Há mais 27 mortes em relação a terça-feira, aumentando o número total de óbitos para 87. O número de casos confirmados em Portugal já ascende as 8 mil pessoas. O boletim epidemiológico divulgado pela Direção-Geral da …

Há falhas no sistema que regista casos de covid-19. A "esmagadora maioria" não vai ser notificada

O sistema que regista os casos de covid-19 em Portugal é "um pesadelo burocrático", denunciam os infecciologistas. A "esmagadora maioria" dos casos vai acabar por não ser notificada, acrescentam. O problema tornou-se público quando a Direção-Geral …

Mais de 3600 empresas já pediram acesso ao lay-off simplificado

O Governo já recebeu 3600 pedidos de empresas para aderirem ao regime lay-off lançado na semana passada, disse, esta terça-feira, a ministra do Trabalho e da Segurança Social. Ana Mendes Godinho, que falava aos jornalistas no …

Em tempos de crise, os emprestados podem ser a solução do Benfica

Bruno Varela, Cristián Lema, Filip Krovinovic, Gedson Fernandes e Diogo Gonçalves são hipóteses que Bruno Lage tem a seu dispor para regressar dos empréstimos. A suspensão das competições desportivas deixa muitos clubes entre a espada e …

Trump muda de discurso. Próximas duas semanas serão "dolorosas" e podem morrer 100 mil pessoas

Esta terça-feira, o Presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, falou ao país com um discurso mudado, mais pessimista e alarmista. Com o número de doentes infetados com covid-19 nos Estados Unidos a superar os 187 mil …

Autódromo do Algarve já pode receber corridas de Fórmula 1

Pista de Portimão deverá receber ainda este ano testes privados de uma das equipas do pelotão da Fórmula 1 e pretende candidatar-se a receber os testes de inverno a partir de 2021. O Autódromo Internacional do …

Medidas de contenção já salvaram 120 mil pessoas na Europa

As medidas de contenção adotadas por vários países europeus salvaram a vida de cerca de 120 mil pessoas na Europa, revela um novo relatório de investigadores britânicos. Um estudo do Imperial College London revela que as …

Ronaldo pode regressar a Manchester. PSG também está na corrida

O Manchester United pondera trazer Cristiano Ronaldo de volta ao clube. O internacional português também está a ser seguido atentamente pelo Paris Saint-Germain. Com a Juventus a enfrentar problemas financeiros devido à pandemia de covid-19, o …

Presidente da República prepara-se para renovar estado de emergência

O Presidente da República decide, esta quarta-feira, sobre o prolongamento do estado de emergência por novo período de 15 dias, com parecer do Governo que reunirá o Conselho de Ministros para esse efeito. A reunião do …

Fisco não se compromete com reembolsos rápidos do IRS

O prazo de entrega da declaração de IRS relativa a 2019 arranca esta quarta-feira e prolonga-se até 30 de junho. Neste momento, a Autoridade Tributária e Aduaneira não se compromete com reembolsos rápidos. De acordo com …