Covid-19 matou 20 pessoas nas últimas 24 horas. É o número mais baixo em três semanas

Simone Venezia / EPA

Portugal regista 948 mortos associados à covid-19, mais 20 do que na segunda-feira, o que constitui o número mais baixo das últimas três semanas. Os casos de infetados confirmados são agora de 24.322, mais 295, segundo o boletim epidemiológico divulgado hoje pela Direcção-Geral da Saúde (DGS).

Comparando com os dados de segunda-feira, em que se registavam 928 mortos, hoje constatou-se um aumento de óbitos de 2,2%.

Relativamente ao número de casos confirmados de infeção pelo novo coronavírus (24.322), os dados da DGS revelam que há mais 295 casos do que na segunda-feira, representando uma subida de 1,2%.

A região Norte é a que regista o maior número de mortos (546), seguida da região Centro (194), de Lisboa e Vale do Tejo (185), do Algarve (12), dos Açores (10) e do Alentejo que regista um caso, adianta o relatório da situação epidemiológica, com dados atualizados até às 24 horas de segunda-feira.

Das mortes registadas, 641 tinham mais de 80 anos, 187 tinham entre os 70 e os 79 anos, 83 entre os 60 e 69 anos, 27 entre 50 e 59, e dez entre os 40 e os 49 anos.

Do total das pessoas infetadas, a grande maioria está a recuperar em casa, totalizando 21.049 (mais 302).

Os dados indicam que 936 estão internados, menos 59 do que na segunda-feira (-3%), e 172 estão em Unidades de Cuidados Intensivos, menos quatro, o que representa uma diminuição de 2,3%.

Os dados da DGS precisam que o concelho de Lisboa é o que regista o maior número de casos de infeção pelo coronavírus (1.413), seguido por Vila Nova de Gaia (1.263), Porto (1.211), Braga (1.019), Matosinhos (1.017), Gondomar (966), Maia (826), Valongo (700), Sintra (568), Ovar (564), Guimarães (507) e Coimbra, com 401 casos.

Desde o dia 01 de janeiro, registaram-se 239.065 casos suspeitos, dos quais 3.563 aguardam resultado dos testes.

Há 211.180 casos em que o resultado dos testes foi negativo, refere a DGS, adiantando que o número de doentes recuperados aumentou para 1.389 (eram 1.357).

A região Norte continua a registar o maior número de infeções, totalizando 14.702, seguida pela região de Lisboa e Vale do Tejo, com 5.593, da região Centro, com 3.289, do Algarve (330) e do Alentejo (201).

Os Açores registam 121 casos de covid-19 e a Madeira 86.

A DGS regista também 29.599 contactos em vigilância pelas autoridades de Saúde.

Do total de infetados, 14.393 são mulheres e 9.929 homens.

A faixa etária mais afetada pela doença é a dos 50 aos 59 anos (4.100), seguida da faixa dos 40 aos 49 anos (4.091) e das pessoas com mais de 80 anos (3.802 casos).

Há ainda 3.380 doentes com idades entre 30 e 39 anos, 2.879 entre os 60 e 69 anos, 2.774 entre os 20 e os 29 anos e 2.174 com idades entre 70 e 79 anos.

A DGS regista ainda 399 casos de crianças até aos nove anos e 723 de jovens com idades entre os 10 e os 19 anos.

Segundo o relatório da DGS, 171 casos resultam da importação do vírus de Espanha, 137 de França e 88 do Reino Unido. Há ainda centenas de casos importados de dezenas de outros países.

De acordo com o boletim, 50% dos doentes positivos ao novo coronavírus apresentam como sintomas tosse, 36% febre, 25% dores musculares, 23% cefaleia, 19% fraqueza generalizada e 15% dificuldade respiratória. Esta informação refere-se a 85% dos casos confirmados.

ZAP // Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

Rara cobra de duas cabeças e dois cérebros independentes encontrada na Florida

Uma rara cobra com duas cabeças e dois cérebros independentes foi resgatada no estado norte-americano da Florida por uma equipa de especialistas do organização Florida Fish and Wildlife Conservation Commission. Na rede social Facebook, a organização, …

Benfica 2-0 Belenenses SAD | Darwinismo rende arranque histórico

O Benfica cumpriu e venceu o Belenenses SAD por 2-0, no Estádio da Luz, na partida que encerrou a quinta jornada da Liga NOS. Foi o quinto triunfo benfiquista no campeonato em cinco partidas, o …

Uma tarefa doméstica está a poluir sorrateiramente o ambiente

O que vestimos e como lavamos as nossas roupas influencia o número de microfibras sintéticas que libertamos no meio ambiente. Há uma tarefa doméstica a poluir sorrateiramente o ambiente. Um novo artigo científico, publicado na PLOS …

A companhia aérea que faliu devido à covid-19 está de volta

A pandemia de covid-19 foi traiçoeira para muitas empresas. A Flybe, uma das primeiras vítimas, está agora a ressuscitar - e pode voltar a rasgar os céus já no próximo ano. A economia mundial foi muito …

Dormir bem antes de tomar a vacina da gripe pode ajudar a aumentar a sua eficácia

Segundo os especialistas, uma boa noite de sono pode mesmo ajudar a aumentar a eficácia da vacina da gripe, que neste ano ganha particular relevância em plena pandemia de covid-19. De acordo com Matthew Walker, autor …

Há um petroleiro abandonado há mais de uma década nas Caraíbas (e é uma "bomba-relógio")

Um navio de armazenamento de petróleo venezuelano está ancorado no Golfo de Paria, um trecho de mar fechado entre a Venezuela e a ilha de Trinidad, há mais de uma década. Antes de os Estados Unidos …

Portugal deve bater recorde de doentes em cuidados intensivos ainda esta semana

Portugal deverá ultrapassar, esta quarta-feira, o recorde de doentes em unidades de cuidados intensivos, alertou a ministra da Saúde, Marta Temido, em conferência de imprensa sobre a capacidade do Serviço Nacional de Saúde para combater …

A Budapest Eye foi restaurante por um dia (e com estrela Michelin)

Um restaurante com estrela Michelin em Budapeste, na Hungria, ofereceu aos clientes uma experiência gastronómica na famosa roda gigante Budapest Eye. Atraiçoado pela queda de faturação após o desaparecimento de turistas estrangeiros, o restaurante Costes, premiado …

Antigo ministro da Saúde Leal da Costa admite novo estado de emergência

O antigo ministro da Saúde Fernando Leal da Costa defendeu hoje que em algum momento deve ser decretado de novo o estado de emergência, para que o Governo possa tomar medidas na luta contra a …

Marcelo promulga uso obrigatório de máscara na rua por 70 dias

O Presidente da República promulgou esta segunda-feira o decreto da Assembleia da República que determina o uso obrigatório de máscara na rua, por um período de 70 dias, sempre que não seja possível cumprir o …