Covid-19. Há oito novos casos suspeitos em Portugal (e vieram todos de Itália)

A Direção-Geral da Saúde confirmou 25 casos suspeitos, 18 dos quais tiveram resultados negativos depois de realizados testes laboratoriais. Nas últimas 24 horas, foram registados oito novos casos suspeitos.

Dos novos casos suspeitos, cinco no Hospital de São João, dois no Hospital Curry Cabral e um no Hospital Dona Estefânia. Todos os cidadãos são provenientes do norte de Itália — seis mulheres, seis homens e duas crianças.

Em Itália, foi confirmada a 12.ª vítima mortal esta quarta-feira. A pessoa era da região de Lombardia, a zona mais afetada pela epidemia, que tinha 69 anos e uma doença respiratória anterior. Há registo de pelo menos 374 pessoas infetadas no país.

No Irão, 22 pessoas morreram devido ao surto do coronavírus, registando ainda 141 pessoas infetadas com o Covid-19.

O novo vírus continua a alastrar-se a outros países. Foram confirmados, esta quarta-feira, primeiros casos de infeção na Dinamarca, Áustria, Croácia, Suíça, Grécia, Finlândia, Noruega, Roménia, Macedónia do Norte, Geórgia, Argélia e Paquistão.

Pela primeira vez, foram registados mais novos casos de infeção fora da China do que dentro do país, onde a doença teve origem. A informação foi avançada à comunicação social por Tedros Adhanom, diretor-geral da organização, e é resultado do abrandamento da propagação do Covid-19 na China e do aumento no número de casos em país como a Itália, Irão e Coreia do Sul. Apesar disso, a Organização Mundial de Saúde continua a recusar declarar o atual surto de coronavírus uma pandemia.

Até ao momento, o vírus provocou a morte de cerca de 2.700 pessoas, na sua maioria no território continental da China. Há mais de 80 mil casos de infeção em todo o mundo.

EUA detetam primeiro caso de contaminação local

Os Estados Unidos detetaram o primeiro caso de contaminação local pelo coronavírus Covid-19, com o número de infetados a aumentar para os 60.  O paciente em questão, que não viajou recentemente para o exterior nem esteve em contacto com um caso de coronavírus confirmado, vive no norte do estado da Califórnia.

Os funcionários do CDC começaram a rastrear os contactos mantidos pela pessoa afetada para descobrir como pode ter sido infetado e quem mais poderá ter sido exposto. Com a confirmação deste novo caso de coronavírus, o número total nos EUA aumentou para 60.

No mesmo dia, o Presidente norte-americano indicou o vice-Presidente, Mike Pence, para a coordenação da resposta à epidemia do novo coronavírus nos Estados Unidos, apesar de considerar que o risco para o país é “muito fraco”.

gageskidmore / Flickr

Donald Trump com o seu vice-presidente, Mike Pence

O secretário da Saúde norte-americano, Alex Azar, preveniu que o risco de propagação do Covid-19 nos EUA podia “evoluir rapidamente”. “O grau de risco é suscetível de evoluir rapidamente e pode-se esperar ver mais casos nos EUA”, salientou.

China quer ter epidemia sob controlo no final de abril

A China espera ter o surto do cornavírus Covid-19 sob controlo no final de abril, disse esta quinta-feira o chefe da equipa de médicos especialistas da Comissão Nacional de Saúde da China, o pneumologista Zhong Nanshan.

A China está confiante de que vai controlar o surto, em termos gerais, até ao final de abril”, disse Zhong, numa conferência de imprensa, em Cantão, a capital da província de Guangdong. O médico garantiu que, “embora tenha havido um grande surto em Wuhan, a doença não se espalhou de forma maciça noutras cidades”.

O especialista em doenças respiratórias disse que o número de casos na China começou a diminuir após 15 de fevereiro “devido à forte intervenção do Estado” e aos “cancelamentos de viagens após as férias do Ano Novo Lunar”, entre 24 e 30 de janeiro, mas que foram prolongadas para evitar a propagação da doença.

Arábia Saudita suspende entrada de peregrinos

A Arábia Saudita suspendeu esta quinta-feira temporariamente a entrada de peregrinos que visitam a mesquita do profeta Maomé e os lugares sagrados do Islão em Meca e Medina, bem como turistas de países afetados pelo coronavírus Covid-19.

O Ministério dos Negócios Estrangeiros saudita publicou uma lista de medidas para “prevenir e eliminar” a expansão do novo coronavírus, que inclui a “suspensão temporária da entrada no reino para os propósitos da umra”, uma peregrinação a Meca que pode ser realizada a qualquer altura do ano.

O Ministério também informou que a entrada no reino com vistos de turista está impedida a pessoas de países afetados pelo novo coronavírus.

A suspensão foi anunciada quando faltam alguns meses para o hach, a grande peregrinação anual e um dos cinco pilares do Islão. Até o momento, a Arábia Saudita não registou casos de coronavírus, embora alguns dos seus cidadãos residentes noutros países tenham testado positivo desde o início do surto.

ZAP // Lusa

PARTILHAR

1 COMENTÁRIO

RESPONDER

Cientistas identificam pela primeira vez expressões faciais emocionais em ratos

Pela primeira vez, cientistas de Neurobiologia do Instituto Max Planck, na Alemanha, identificaram expressões faciais emocionais em ratos. À semelhança dos seres humanos, as expressões faciais dos ratos mudam quando estes animais provam algo doce …

Imprimiram corais artificiais em 3D que podem salvar recifes

Uma equipa de cientistas inspirou-se na natureza para desenvolver estruturas em forma de coral, impressas em 3D, capazes de produzir grandes quantidades de algas microscópicas. Investigadoras da Universidade de Cambridge e da Universidade da Califórnia desenvolveram …

Avalanches submarinas prendem microplásticos no fundo do oceano

As avalanches de sedimentos submarinos transportam os microplásticos para o fundo do oceano e um projeto de colaboração entre as Universidades de Manchester, Utrecht e Durham e o Centro Nacional de Oceanografia acaba de revelar …

Aos 107 anos, Cornelia Ras conseguiu vencer a covid-19

Cornelia Ras, que contraiu o novo coronavírus em meados de março, pode ser a mulher mais velha do mundo a vencer a covid-19. Nunca se é velho demais para vencer o novo coronavírus e a holandesa …

Coreia do Norte pode estar a usar fábricas de fertilizantes para extrair urânio

Um novo estudo norte-americano mostra que a Coreia do Norte pode estar a utilizar fábricas de fertilizantes para produzir mais material nuclear, extraindo urânio de ácidos fosfóricos. Segundo noticiou o Newsweek, na opinião da investigadora Margaret …

Distância social de 1,5 metros é insuficiente para travar contágio

O estudo realizado por investigadores e engenheiros especializados em dinâmica de fluidos concluiu que a distância deve ser de, pelo menos, quatro metros. Um estudo divulgado esta quinta-feira alerta que a distância social de 1,5 metros …

Estados Unidos registam 9 desempregados por segundo

O desemprego está a atingir números preocupantes nos Estados Unidos: só na última semana, 6,6 milhões de pessoas declararam estar sem emprego para poder receber apoios, um número semelhante ao da semana anterior. De acordo com …

Chineses desistem de comprar o BNI Europa. Está agora em mãos angolanas

O contexto de incerteza, provocado pela pandemia de covid-19, levou o Grupo chinês KWG a desistir de comprar 80,1% da participação do BNI Europa. O grupo chinês KWG desistiu de comprar 80,1% da participação do BNI …

Tesla usa peças do Model 3 para construir um ventilador

A Tesla também está a tentar contribuir para colmatar a escassez de ventiladores com um novo protótipo, feito com partes do Model 3. A Tesla construiu um ventilador com recurso a componentes automóveis. A fabricante elétrica …

Há acordo no Eurogrupo: 500 mil milhões de euros "disponíveis imediatamente"

Os ministros das Finanças da Zona Euro chegaram a acordo, esta quinta-feira, sobre os apoios económicos para fazer face à pandemia de covid-19. O Eurogrupo chegou a acordo sobre o pacote de ajuda económica para a …