Costa recupera assessor arguido no caso das viagens ao Euro2016

Mário Cruz / Lusa

O secretário-geral do PS, António Costa

O assessor económico de António Costa que foi constituído arguido na sequência da investigação às viagens pagas pela Galp para assitir a jogos do Euro2016, em França, continua a trabalhar com o primeiro Ministro.

O economista Vitor Escária, assessor económico do primeiro-ministro que se demitiu imediatamente antes de ser constituído arguido no caso das viagens ao Euro2016 pagas pela Galp, continua a colaborar com o governo de António Costa, revela o Observador.

Na passada terça-feira, à chegada para uma reunião com o Bloco de Esquerda no seu gabinete, o primeiro-ministro vinha acompanhado do seu ex-conselheiro económico. O economista entrou com António Costa no edifício do Terreiro do Paço onde está provisoriamente instalado o gabinete do primeiro-ministro.

O economista tem estado a acompanhar o processo de negociação do Quadro Financeiro Plurianual da União Europeia e a preparação do próximo quadro comunitário, através da Agência de Desenvolvimento e Coesão, instituto público criado em 2013 para coordenar a “política estrutural e de desenvolvimento regional cofinanciada pelos fundos europeus”.

Licenciado em Economia pelo ISEG e doutorado pela University of York, no Reino Unido, Vitor Escária é actualmente sócio da Augusto Mateus & Associados.  Em julho de 2017 demitiu-se do gabinete de Costa e, logo a seguir, foi constituído arguido no caso das viagens pagas pela Galp a membros do Govern.

(dr) AM CONSULTORES

Vitor Escária exercia funções de assessor económico no Gabinete do Primeiro-Ministro.

O caso surgiu após ter sido noticiado, em agosto do ano passado, que a Galp tinha pago viagens ao Euro 2016 a diversos responsáveis políticos, entre os quais vários secretários de estado, que terão viajado para França a convite da Galp para assistir a encontros da selecção portuguesa no Europeu, que viria a vencer a competição.

Confrontado com a entrada de Vítor Escária com António Costa para a reunião com o BE no edifício do Terreiro do Paço, o gabinete do primeiro-ministro garantiu que o economista “não está a trabalhar no gabinete” de Costa e “não participou na reunião do Orçamento do Estado com Catarina Martins”.

Tratou-de de uma boleia, estavam juntos no mesmo sítio. Foi isso apenas, uma boleia”, garantiu ao Observador a fonte do gabinete do primeiro-ministro.

ZAP //

PARTILHAR

1 COMENTÁRIO

  1. Se é arguido, que se chegue rapidamente à conclusão do processo. O dossier deve estar bem guardado para não apanhar pó, porque bicharada já apanhou.

RESPONDER

Costa: "PS continua a ser o maior partido autárquico nacional"

António Costa canta vitória nas eleições autárquicas, apesar de ainda não se conhecerem os resultados finais de Lisboa, Sintra e Loures. Para o secretário-geral socialista, não há dúvida de que o "PS continua a ser …

O "primeiro amarelo" para Costa e o "CDS superou todos os objectivos"

"O CDS superou todos os objectivos a que se propôs nestas autárquicas". É assim que Francisco Rodrigues dos Santos, líder do CDS-PP, canta vitória, considerando que António Costa "viu o seu primeiro cartão amarelo". Na reacção …

Pegadas provam que as Américas foram povoadas milhares de anos antes do que pensávamos

Investigadores descobriram evidências da presença de humanos nas Américas: pegadas com, pelo menos, cerca de 23.000 anos. A nossa espécie começou a migrar para fora de África há cerca de 100.000 anos. Além da Antártida, as …

Liveblog Autárquicas. PS ganha em Beja, Chega é a terceira força

Realizam-se este domingo Eleições Autárquicas em Portugal, nas quais está em jogo a eleição de 308 presidentes de câmaras municipais, os seus vereadores e assembleias municipais, bem como 3091 assembleias de freguesia. Acompanhe tudo no …

Jerónimo assume que CDU ficou "aquém", mas não é "determinante para a política nacional"

Jerónimo de Sousa reconhece que os resultados da CDU, nas eleições autárquicas, ficaram "aquém" dos objectivos, mas alerta que não são "determinantes para a política nacional" e rejeita a hipótese de deixar a liderança do …

Geringonça à direita... ou à esquerda? Com Moedas e Medina taco a taco, IL e Bloco entram em jogo

Freguesia a freguesia, eis como Fernando Medina e Carlos Moedas estão a disputar a eleição para a Câmara de Lisboa. As sondagens dão um empate técnico e a Iniciativa Liberal já manifestou que está disponível …

Autárquicas: PS reivindica vitória e acredita que ganha em Lisboa

O secretário-geral adjunto do PS reivindicou hoje vitória do seu partido nas eleições autárquicas, dizendo que irá vencer em número de câmaras e de freguesias, e manifestou-se confiante no quinto triunfo consecutivo em Lisboa. Esta posição …

Autárquicas: Santana reconquista a Figueira e fala numa "proeza sem igual"

Pedro Santana Lopes já fez o seu discurso de vitória como presidente da Câmara Municipal da Figueira da Foz, num autoelogio pelo facto de ter ganho a dois "grandes partidos", o PS e o PSD, …

Autárquicas: PS segura Almada

Aposta da CDU em Maria das Dores Meira, atual autarca de Setúbal que atingiu o limite de mandatos naquele concelho, parece não ter sortido os efeitos desejados. O Partido Socialista deverá, segundo as primeiras projeções, conseguir …

Autárquicas: Coimbra muda de mãos com maioria absoluta de José Manuel Silva

Segundo as primeiras projeções desta noite, o ex-bastonário da Ordem dos Médicos e candidato do PSD, José Manuel Silva conquista a Câmara Municipal de Coimbra, com margem confortável Segundo a projeção SIC, José Manuel Silva obterá …