Com Costa a banhos, Santos Silva defende o Governo e nega demissões

Fernando Veludo / Lusa

O primeiro-ministro, António Costa

O primeiro-ministro, António Costa

Com o Governo debaixo de fogo, no seguimento do roubo de armas de guerra em Tancos e ainda com a tragédia de Pedrógão Grande na memória, é o ministro dos Negócios Estrangeiros, Augusto Santos Silva, quem o defende, recusando demissões, enquanto António Costa está de férias.

Os pedidos de demissão da ministra da Administração Interna, Constança Urbano de Sousa, e do ministro da Defesa Nacional, Azeredo Lopes, surgem pela voz da presidente do CDS-PP, Assunção Cristas, no seguimento da tragédia de Pedrógão Grande e ainda do roubo de armas de guerra em Tancos.

“Estes ministros não souberam estar à altura das suas responsabilidades, as demissões são inevitáveis e temos de o dizer sem hesitações e sem rodeios: senhor primeiro-ministro, volte e demita-os”, exigiu Cristas depois de ter sido recebida pelo Presidente da República em Belém.

Criticando o “silêncio ensurdecedor” de António Costa, Cristas faz referência às suas férias e apela ao primeiro-ministro para “voltar” de banhos para “restaurar a quebra de confiança” que diz existir neste momento, no Executivo, demitindo os dois ministros.

“Ministros estão à altura do Governo”

Em nome de António Costa, o ministro dos Negócios Estrangeiros, Augusto Santos Silva, que substitui institucionalmente o primeiro-ministro durante as suas férias, recusa a ideia de qualquer demissão.

“Os ministros da Defesa e Administração Interna estão à altura do Governo”, referiu Santos Silva em entrevista à RTP2.

António Costa comentou o assunto das férias, através de um comunicado divulgado pelo seu gabinete, esclarecendo que “o Governo, tendo em consideração o período de Verão, organizou e planificou em tempo o período de férias do primeiro-ministro, bem como dos restantes membros do Governo, de forma a garantir as necessárias substituições para assegurar o normal funcionamento do Governo”.

“O primeiro-ministro está sempre contactável e disponível em caso de necessidade”, acrescenta o comunicado divulgado pela agência Lusa, notando ainda a Lei Orgânica que determina que Costa é substituído pelo ministro dos Negócios Estrangeiros, durante a sua semana de férias.

“Complicado seria se o Presidente estivesse em férias”

Marcelo Rebelo de Sousa já desvalorizou as férias de António Costa, notando que tem tratado “tudo o que é preciso tratar em termos de Estado” com Santos Silva.

Durante a festa do 237.º aniversário da Casa Pia de Lisboa, no Castelo de São Jorge, o chefe de Estado disse ainda que “mais complicado seria se o Presidente da República estivesse em férias, ou quando estiver em férias”, já que toma decisões que não pode delegar em ninguém.

Pela parte do PS, o presidente Carlos César referiu que “todas as pessoas têm o seu período de descanso”. “O que é importante é que quando descansam o país não seja prejudicado por isso e o país não está prejudicado por isso”, acrescentou.

“Evidentemente que o primeiro-ministro, mesmo estando em repouso, não deixa de estar a governar e não deixa de estar a exercer as suas funções de coordenação“, disse.

O jornal i noticiou na segunda-feira que Costa estará de férias numa ilha espanhola, até ao debate do Estado da Nação, que está marcado para o dia 12 de Julho. A publicação notava ainda que o primeiro-ministro poderia interromper o período de descanso durante alguns dias desta semana para resolver assuntos em Lisboa.

ZAP // Lusa

PARTILHAR

1 COMENTÁRIO

RESPONDER

Alunos do ensino profissional vão poder entrar no ensino superior sem exames nacionais

Os estudantes que terminem um curso profissional ou artístico terão melhores condições de acesso ao ensino superior já no próximo ano. O ministro da Ciência, Tecnologia e Ensino Superior, Manuel Heitor, anunciou esta quarta-feira que os …

Trump indulta ex-governador que tentou "vender" lugar de Obama no Senado

O Presidente dos Estados Unidos (EUA), Donald Trump, indultou na terça-feira o ex-governador de Illinois Rod Blagojevich, preso por corrupção após ser considerado culpado de tentar "vender" o lugar de Barack Obama no Senado, depois …

"Toca a reunir" no PS para aprovar eutanásia (e 6 médicos admitem que já a praticaram)

O PS está a mobilizar os seus deputados no sentido de garantir que, desta feita, a eutanásia passará no Parlamento. Tudo indica que venha a ser aprovada numa altura em que os médicos estão divididos …

CP está a escapar à multas por falhas nos serviços

A CP - Comboios de Portugal está a escapar às multas por falhas nos serviços, como atrasos e supressões de comboios, porque ainda não entrou em vigor o contrato de serviço público assinado com o …

Marega e Pepe vão ser alvos de processos disciplinares

A Comissão de Disciplina da FPF abriu processos disciplinares a Moussa Marega e Pepe devido a alegadas agressões sobre Taarabt, no jogo com o Benfica. Os jogadores do FC Porto Moussa Marega e Pepe vão ser …

Costa arrasa proposta "forreta" de orçamento europeu

A proposta de quadro financeiro plurianual para 2021-2027 do presidente do Conselho Europeu, Charles Michel, vai morrer na praia. António Costa diz que os líderes europeus não devem ceder à pressão dos quatro países “forretas”. "Esta …

Malásia suspeita que desaparecimento do voo MH370 foi ataque suicida

O ex-primeiro ministro australiano Tony Abbott disse que altos responsáveis do governo da Malásia suspeitam há muito tempo que o desaparecimento do avião da Malasian Airlines, há quase seis anos, tenha sido um ataque suicida …

Champions. O viking norueguês, a revolta de Neymar e a lição tática do "Cholismo"

Haaland foi a estrela da noite ao marcar os dois golos da vitória do Dortmund frente ao PSG. O Atlético de Madrid conseguiu ainda quebrar a invencibilidade do Liverpool. A Liga dos Campeões está de volta …

Auditoria ao Novo Banco vai custar três milhões. É o triplo do que custou a da CGD

A auditoria especial da Deloitte ao Novo Banco vai custar cerca de três milhões de euros, segundo avança o jornal ECO. Este valor é três vezes superior ao custo da auditoria da EY à Caixa …

Passos Coelho ataca falhas de Costa (e revela que segurou Maria Luís)

O antigo primeiro-ministro Passos Coelho esteve na apresentação do livro de Carlos Moedas no El Corte Inglés, onde aproveitou para criticar António Costa. Passos preferiu falar do passado, lembrando o momento em que esteve perto …