Com Costa a banhos, Santos Silva defende o Governo e nega demissões

Fernando Veludo / Lusa

O primeiro-ministro, António Costa

O primeiro-ministro, António Costa

Com o Governo debaixo de fogo, no seguimento do roubo de armas de guerra em Tancos e ainda com a tragédia de Pedrógão Grande na memória, é o ministro dos Negócios Estrangeiros, Augusto Santos Silva, quem o defende, recusando demissões, enquanto António Costa está de férias.

Os pedidos de demissão da ministra da Administração Interna, Constança Urbano de Sousa, e do ministro da Defesa Nacional, Azeredo Lopes, surgem pela voz da presidente do CDS-PP, Assunção Cristas, no seguimento da tragédia de Pedrógão Grande e ainda do roubo de armas de guerra em Tancos.

“Estes ministros não souberam estar à altura das suas responsabilidades, as demissões são inevitáveis e temos de o dizer sem hesitações e sem rodeios: senhor primeiro-ministro, volte e demita-os”, exigiu Cristas depois de ter sido recebida pelo Presidente da República em Belém.

Criticando o “silêncio ensurdecedor” de António Costa, Cristas faz referência às suas férias e apela ao primeiro-ministro para “voltar” de banhos para “restaurar a quebra de confiança” que diz existir neste momento, no Executivo, demitindo os dois ministros.

“Ministros estão à altura do Governo”

Em nome de António Costa, o ministro dos Negócios Estrangeiros, Augusto Santos Silva, que substitui institucionalmente o primeiro-ministro durante as suas férias, recusa a ideia de qualquer demissão.

“Os ministros da Defesa e Administração Interna estão à altura do Governo”, referiu Santos Silva em entrevista à RTP2.

António Costa comentou o assunto das férias, através de um comunicado divulgado pelo seu gabinete, esclarecendo que “o Governo, tendo em consideração o período de Verão, organizou e planificou em tempo o período de férias do primeiro-ministro, bem como dos restantes membros do Governo, de forma a garantir as necessárias substituições para assegurar o normal funcionamento do Governo”.

“O primeiro-ministro está sempre contactável e disponível em caso de necessidade”, acrescenta o comunicado divulgado pela agência Lusa, notando ainda a Lei Orgânica que determina que Costa é substituído pelo ministro dos Negócios Estrangeiros, durante a sua semana de férias.

“Complicado seria se o Presidente estivesse em férias”

Marcelo Rebelo de Sousa já desvalorizou as férias de António Costa, notando que tem tratado “tudo o que é preciso tratar em termos de Estado” com Santos Silva.

Durante a festa do 237.º aniversário da Casa Pia de Lisboa, no Castelo de São Jorge, o chefe de Estado disse ainda que “mais complicado seria se o Presidente da República estivesse em férias, ou quando estiver em férias”, já que toma decisões que não pode delegar em ninguém.

Pela parte do PS, o presidente Carlos César referiu que “todas as pessoas têm o seu período de descanso”. “O que é importante é que quando descansam o país não seja prejudicado por isso e o país não está prejudicado por isso”, acrescentou.

“Evidentemente que o primeiro-ministro, mesmo estando em repouso, não deixa de estar a governar e não deixa de estar a exercer as suas funções de coordenação“, disse.

O jornal i noticiou na segunda-feira que Costa estará de férias numa ilha espanhola, até ao debate do Estado da Nação, que está marcado para o dia 12 de Julho. A publicação notava ainda que o primeiro-ministro poderia interromper o período de descanso durante alguns dias desta semana para resolver assuntos em Lisboa.

ZAP // Lusa

PARTILHAR

1 COMENTÁRIO

RESPONDER

Nokia vai criar para a NASA a primeira rede móvel operacional na Lua

O grupo finlandês Nokia vai fabricar para a NASA aquela que será a primeira rede móvel móvel na Lua, como parte de um projeto de base humana permanente da agência espacial norte-americana, foi esta segunda-feira …

Sarkozy acusado de "associação criminosa". Investigação sobre ligações à Líbia continua

Nicolas Sarkozy, o antigo Presidente francês, está a ser acusado de "associação criminosa" como parte de uma investigação sobre o financiamento da sua campanha presidencial de 2007, particularmente acerca dos seus alegados vínculos com o …

A última década foi a mais quente do Oceano Atlântico em três milénios

A última década foi a mais quente do Oceano Atlântico em quase três milénios, aponta uma nova investigação da Universidade de Massachusetts em Amherst, nos Estados Unidos, e da Universidade de Quebec, no Canadá. As …

NASA apresenta rover "transformer" que vai explorar os penhascos íngremes de Marte

A NASA acaba de apresentar um rover de quatro rodas, denominado DuAxel, que se pode dividir em dois rovers de duas rodas separados. O robô foi projetado para, um dia, explorar alguns dos terrenos mais …

Veneno de vespa pode ter muito "potencial" na composição de antibióticos

Com o passar dos anos, a população começa a ficar mais resistente a certos medicamentos e estes deixam de fazer efeito. Agora, uma equipa de investigadores desenvolveu novas moléculas anti-microbianas a partir do veneno de …

"Ou és infetado ou morres de fome". Trabalhadores da Amazon nas Filipinas denunciam condições precárias

Trabalhadores contratados pela empresa de segurança Ring da Amazon que trabalham em call centers nas Filipinas denunciam condições de trabalho que dizem ser precárias, mostrando-se ainda mais preocupados com a situação por causa da pandemia …

"Momento muito duro". André Almeida sofreu rotura de ligamentos e arrisca paragem longa

O futebolista internacional português André Almeida sofreu uma entorse do joelho direito, que resultou numa “rotura do ligamento cruzado anterior e do ligamento lateral interno”, informou esta segunda-feira o Benfica. O lateral dos encarnados saiu aos …

Apoio à retoma. Empresas com perdas de 25% podem reduzir horário até 33% já esta terça-feira

Empregadores com quebra de faturação igual ou superior a 25% vão poder reduzir até 33% o horário dos trabalhadores, entre outubro e dezembro, segundo a alteração ao regime de retoma progressiva de empresas em crise. O …

Chega quer tornar voto obrigatório e sanções para quem não cumprir

O deputado único do Chega entregou uma nova proposta no âmbito do projeto de revisão constitucional do partido para tornar o voto obrigatório para todos os cidadãos que o possam exercer e sanções para quem …

A Alemanha quer tornar o teletrabalho um direito legal

O Governo alemão prepara-se para publicar um projeto de lei que dará aos trabalhadores do país o direito legar de trabalhar a partir de casa. A medida aplicar-se-á a todos as atividades laborais que possam …