Corte no subsídio de desemprego acaba em Janeiro

José Sena Goulão / Lusa

A deputada Mariana Mortágua, do Bloco de Esquerda

O fim do corte de 10% aplicado ao subsídio de desemprego vai entrar em vigor já a partir de Janeiro de 2018 e irá abranger todos os desempregados, incluindo os que já estão a receber a prestação, anunciou o Bloco de Esquerda.

O corte de 10% aplicado ao subsídio de desemprego a partir do sétimo mês de pagamento vai desaparecer a partir de Janeiro do próximo ano. O corte, que tinha sido imposto pelo governo PSD/CDS-PP durante o período da Troika, está em vigor desde 2012 e tinha sido apresentada como “incentivo à procura activa de emprego por parte dos beneficiários”

Segundo o Jornal de Negócios, o fim do corte no subsídio foi anunciado no Parlamento por Mariana Mortágua, do Bloco de Esquerda, que garante que a medida está fechada com o Partido Socialista. “Está acordado com o Governo“, disse a deputada bloquista em conferência de imprensa.

A medida, explicou a deputada, “alarga a eliminação do corte que tinha já sido aprovada para os desempregados que recebem uma prestação de valor inferior a um Indexante de Apoios Sociais”, ou seja, inferior a 421,32 euros.

A medida está a ser negociada entre o Governo, Bloco e PCP desde abril, altura em que o Partido Socialista chumbou uma proposta nesse sentido. Em Outubro, o secretário-geral do PCP, Jerónimo de Sousa, tinha já anunciado a eliminação do corte e que a medida fora aceite pelo Executivo de António Costa “mesmo sem compensação”.

Segundo o Público, a aprovação da medida foi confirmada ao início da noite desta sexta-feira pelo líder parlamentar do PS, Carlos César. Esta foi a única proposta de outros partidos que o responsável do partido confirmou que o PS irá aprovar.

ZAP //

PARTILHAR

6 COMENTÁRIOS

  1. “incentivo à procura activa de emprego por parte dos beneficiários” – Traduzindo para Português honesto: Miserável herança da PAF que tudo fez para espezinhar os que menos tinham e reduzir a classe média à miséria e à escravatura dos grandes interesses do capital.

    Bendita a hora em que a Geringonça conseguiu maioria parlamentar! Acabou-se o culto da disparidade social e a agenda da separação feudalista dos cidadãos por castas de senhores e vassalos.

    PAF: Cortes nas pensões mais baixas, fim da insenção de taxas moderadoras e medicamentos para os deficientes profundos, cortes no subsídio de desemprego, subida do IVA da restauração para o DOBRO, etc…

    Geringonça: Subida do ordenado mínimo em 3 anos consecutivos, restituição das pensões, restituição do subsídio de desemprego, descida do IVA da restauração pra METADE, isenção de IRS para os que ganham menos de 630 euros, aumentos e descongelamento de carreiras na função pública, etc…

    Só mesmo uma cegueira clubístico-partidária é que pode achar que a PAF foi melhor nalguma coisa, para o cidadão médio. Aliás, atacar este Governo não é ser anti-esquerdista. É ser anti-classe média e anti-equidade social. É não ser pessoa de bem.

    • O pior mesmo é os que votam na direita a defenderem aqueles corruptos que cortam tudo aos pobres mas dão milhões a bancos e empresas para fecharem as portas e tirarem direitos aos trabalhadores, depois acusam o governo da esquerda pela seca como se o problema fosse de um governo…

    • Este homem quando não toma a medicação fica assim.
      PSD / CDS – Recuperaram em 4 anos um país falido que os seus amigos roubaram de todas as maneiras possíveis e imagináveis.

      E quanto aos pobrezinhos… olhe que a medida tomada quer do subsídio de desemprego quer do RSI pelo PSD / CDS levou muita gente que estava no estrangeiro a voltar… Por que será?
      E muitos que recebiam o RSI e mais dois ou três mil euros por fora a instalar ar condicionados e a fazer trabalhos elétricos e outros afins ficaram, e muito bem, sem o RSI.

      Entretanto tome a medicação para ver se lhe passa a neura.

  2. Quando se põe um anuncio de emprego, respondem mas apenas para que lhes carimbem a declaração para entregarem na Segurança Social e assim continuarem a receber o subsidio sem trabalharem.
    Quem vai querer trabalhar se receber igual o mais do que estando a trabalhar?
    Estão em casa e não tem despesas de transportes nem de refeições fora

  3. E os retroativos serão considerados também?
    Os que ficaram sem o seu trabalho e com menos subsídio para se fazer face à crise, não são mais nem menos que os professores…

  4. estive na situação de receber com corte o valor do subsidio de desemprego, para o qual contribui largamente ao longo dos meus anos de desconto. Agora, onde e a quem entrego o meu NIB para me ser devolvido o que me foi foi cortado?

RESPONDER

Governo vira-se para Rio para mudar a Lei e garantir o novo aeroporto

O Governo está a preparar uma alteração à Lei para evitar que o projecto do novo aeroporto do Montijo seja chumbado. Uma medida que passará, necessariamente, pela necessidade de um entendimento entre PS e PSD …

"Entretenimento saudável". Santa Casa desvaloriza estudo sobre raspadinhas

O Departamento de Jogos da Santa Casa da Misericórdia de Lisboa desvalorizou a investigação da Universidade do Minho que aponta para o vício das raspadinhas. Esta sexta-feira, um artigo científico publicado na The Lancet alertou para …

"Diga-lhe para ligar ao FBI". Autocarro com a cara do príncipe André circula em Londres

Um autocarro escolar, com a cara do príncipe André, andou a circular por Londres, esta sexta-feira, numa campanha da advogada Gloria Allred para pressionar o filho da Rainha a falar com o FBI. Esta sexta-feira, um autocarro …

Suspeito de terrorismo ouvido em tribunal (com o juiz a recusar ver os seus vídeos por não ter Internet)

O arguido Rómulo Costa, um dos oito portugueses acusados por financiamento ao terrorismo e recrutamento, adesão e apoio ao Estado Islâmico, foi interrogado, esta sexta-feira, na fase de instrução do processo que vai decorrer no …

FC Porto recorre do castigo de um jogo à porta fechada

O FC Porto vai recorrer do castigo de um jogo à porta fechada, aplicado pelo Conselho de Disciplina (CD) da Federação Portuguesa de Futebol (FPF) por ofensa a um agente desportivo. "O FC Porto vai recorrer …

Moita Flores investigado por corrupção. Antigo PJ fala em "coincidência" com empréstimo aos filhos

Francisco Moita Flores, antigo inspector da Polícia Judiciária e ex-presidente da Câmara de Santarém, está a ser investigado por suspeitas de corrupção. Há transferências de dinheiro de uma construtora para empresas a que esteve ligado …

SOS Animal vai constituir-se assistente no processo contra João Moura

A SOS Animal anunciou, esta sexta-feira, que se vai constituir assistente no processo criminal contra o cavaleiro tauromáquico detido, na quarta-feira, por suspeitas de maus-tratos a cães em Monforte, no distrito de Portalegre. Em comunicado, a SOS …

SMS de Rangel revelam teia de corrupção na Relação de Lisboa. Juiz Vaz das Neves tem empresa contra a lei

O ex-presidente do Tribunal da Relação de Lisboa, Luís Vaz das Neves, que foi constituído arguido na Operação Lex, tem uma empresa que se dedica à arbitragem extrajudicial de conflitos, o que constitui uma violação …

Presidente da PwC esteve em Lisboa para controlar danos do Luanda Leaks

O presidente mundial da PricewaterhouseCoopers (PwC) esteve em Lisboa, há duas semanas, para controlar os danos provocados pelo caso Luanda Leaks. Bob Moritz, presidente mundial da PricewaterhouseCoopers (PwC), esteve em Lisboa, há duas semanas, para perceber até …

CM Lisboa vai negociar avenças em parques para moradores da envolvente da Baixa

O presidente da Câmara de Lisboa afirmou, esta sexta-feira, que a autarquia irá tentar acordar com os operadores dos parques de estacionamento da envolvente da Zona de Emissões Reduzidas da Baixa-Chiado a criação de "avenças …