Caso de corrupção que envolve Vitorino também implica o genro de Dias Loureiro, a Galp e o BES

ISCTE / Flickr

O antigo comissário europeu e ex-dirigente socialista António Vitorino

A justiça espanhola está a investigar um caso de corrupção e branqueamento de capitais que inclui transferências suspeitas para contas de António Vitorino, ex-ministro da Defesa de Guterres, e da sua empresa. Os suspeitos são o ex-embaixador de Espanha em Portugal, Raul Morodo, e o filho Alejo Morodo que é casado com a filha do também ex-ministro Dias Loureiro (PSD).

O processo investiga o pagamento de eventuais “luvas” pela facilitação de negócios e o alegado desvio de mais de 4,4 milhões de euros da PDVSA, a petrolífera estatal venezuelana. Parte do valor, cerca de 2,6 milhões de euros, terá saído de contas da PDVSA no BES em Lisboa, com destino à offshore Furnival Barristers, sediada no Panamá e pertencente a Alejo Morodo.

A Furnival Barristers terá servido para distribuir o dinheiro por contas da Aequitas Abogados y Consultores, a empresa de Alejo Morodo, num alegado esquema de branqueamento de capitais que envolve também a sociedade Intercatera Desarrollo SL, detida em 50% por Ana Catarina Loureiro, a filha de Dias Loureiro, que também é mencionada no processo.

Na investigação do Departamento Especial Contra a Corrupção e a Criminalidade Organizada do Ministério Público (MP) de Espanha a que o Observador teve acesso referem-se transferências suspeitas das empresas Morodo Abogados Y Asociados SL, detida por Raul Morodo, e Aequitas Abogados y Consultores para a empresa de Vitorino e da sua mulher, a Emab Consultores, Lda. Um das transferências, da ordem dos 70 mil euros, terá sido feita pela Aequitas Abogados directamente para uma conta pessoal de Vitorino.

Estão em causa valores da ordem dos 325 mil euros que representam 28% do total das receitas da empresa de Vitorino, entre 2012 e 2018, conforme os relatórios de contas consultados pelo Público.

“Parece necessário investigar se os serviços de consultadoria prestados pela Emab Consultores Lda. e António Manuel Carvalho Ferreira Vitorino que deram lugar a estas transferências são reais e se existe documentação que prove os mesmos serviços“, refere o relatório da Unidade de Apoio da Autoridade Tributária Espanhola citado pelo Observador.

A Galp Energia também surge mencionada no processo devido a alegados serviços prestados pelas empresas dos Morodo a sociedades subsidiárias da empresa portuguesa. Alejo Morodo terá sido consultor da Galp Energia España, SA entre 2012 e 2013. As transferências detectadas são vistas pelos investigadores espanhóis como eventuais pagamentos pela facilitação do acordo que a Galp assinou com a PDVSA em 2008, para a instalação de quatro parques eólicos na Venezuela e para a compra de petróleo, e que teve a intermediação de José Sócrates e Hugo Chávez que eram, na altura, o primeiro-ministro de Portugal e o presidente venezuelano, respectivamente.

Alejo Morodo é suspeito de ter actuado como testa-de-ferro do seu pai que foi embaixador de Espanha na Venezuela, entre 2004 e 2007, depois de ter sido também Embaixador em Portugal, entre 1995 e 1999. Foi nessa altura que Vitorino se começou a relacionar com os Morodo, conforme o próprio admite em nota enviada ao Público.

O actual director-geral da Organização Internacional para as Migrações (OIM) da ONU assegura, na mesma nota, que “em momento algum esses serviços de consultadoria tiveram qualquer relação com a Venezuela“. Vitorino esclarece que prestou esses serviços “em assuntos referentes à União Europeia e às relações entre Portugal e Espanha” a uma das duas sociedades de advogados mencionadas no processo, entre 2011 e 2017. Mas não faz qualquer referência à transferência da empresa de Alejo Morodo para a sua conta pessoal.

Noutro comunicado enviado ao Público em Janeiro passado, quando surgiram as primeiras notícias sobre o tema, Vitorino garantia que a sua empresa “se encontra suspensa e sem qualquer actividade desde 2018”, assegurando ainda que nunca foi notificado de nada pela Justiça espanhola. O ex-ministro também refutava “veementemente as insinuações” noticiadas e garantia que ia actuar no sentido de “repor o [seu] bom-nome, o bom-nome da sua mulher e da empresa”.

ZAP //

PARTILHAR

7 COMENTÁRIOS

  1. os camaradas xuxas estão em quase todas, qd não são eles são os camaradas mais light da esquerda cá do burgo, PSD e CDS.

    e a nível geralmente mais pequenino, mas tb a xuxarem andam sempre os camaradas das extremas esquerdas.

    estamos bem entregues, estamos.

  2. Isto é tudo boa gente. Mas este até já tinha um afilhado e um compadre que andavam enrolados com a justiça. Parece que é tudo em família.

  3. Da direita ao centro e passando pela esquerda é corrupção até dizer chega. A propósito o novo partido pulha de nome Chega também já deu mostras suficientes da pulhice, afinal ele logo iniciou as funções pulhíticas falseando as assinaturas e sabe Deus que mais.

RESPONDER

"Claramente abusivo". Isabel dos Santos contesta arresto de ações da NOS

As empresas da empresária angolana Isabel dos Santos que, em conjunto com a Sonaecom, controlam a maioria do capital da operadora NOS, consideraram que o arresto das suas participações na empresa é “abusivo” e “excessivo”. A …

Boris Johnson hospitalizado para fazer mais exames à covid-19

O primeiro-ministro britânico, que deu positivo para o novo coronavírus há dez dias, foi hospitalizado, este domingo, para novos exames. "A conselho do seu médico, o primeiro-ministro foi internado no hospital para exames esta noite", indicou …

Mistura de nanopartículas carregadas pode ser o cocktail fatal das células cancerígenas

Uma equipa de investigadores da Coreia do Sul descobriu que podem dar um golpe fatal nas células cancerígenas com uma cuidadosa mistura de nanopartículas carregadas. Os lisossomas são os caixotes do lixo das células. Contêm enzimas …

Diretora-geral da Saúde da Escócia demite-se após furar confinamento que impôs

A diretora-geral da Saúde da Escócia, Catherine Calderwood, anunciou na noite de domingo a sua demissão após ter desrespeitado as regras de confinamento que impôs, ao deslocar-se por duas vezes à sua segunda casa durante …

Maduro pede aos norte-americanos que impeçam "novo Vietname" perto de casa

O Presidente da Venezuela, Nicolás Maduro, dirigiu este domingo uma carta aos norte-americanos, apelando a que travem as alegadas intenções de Trump de avançar para um conflito armado com a Venezuela e impeçam "outro Vietname …

Apareceu um enorme buraco na camada de ozono por cima do Pólo Norte

O Arctic Ozone Watch da NASA relatou a formação de um grande buraco na camada de azono acima do Pólo Norte, que pode ser o maior já registado no norte. Em março, os relatórios de balões …

Descoberto novo candidato a superterra habitável a 12 anos-luz

Um sistema estelar recém-descoberto a 12 anos-luz inclui três mundos na faixa de tamanho entre a Terra e Neptuno, um deles na "zona habitável" da estrela, onde o calor do hospedeiro permite a existência de …

Na Terra ou em Marte: reator híbrido converte CO2 em produtos orgânicos

Uma equipa de investigadores desenvolveu um reator híbrido que utiliza bactérias "ciborgues" incorporadas em nanofios para produzir alimentos, combustível e oxigénio. Segundo o comunicado da Universidade da Califórnia, em Berkeley, este sistema é muito semelhante ao …

Já pode visitar o ponto mais profundo dos 5 oceanos (mas há um preço)

Graças a um explorador rico, em maio, alguns sortudos poderão escapar da pandemia de covid-19 durante um curto período de tempo, mergulhando ao ponto mais profundo conhecido dos oceanos da Terra. O Challenger Deep é o …

Os tubarões são mais fáceis de capturar em águas mais frias

As áreas equatoriais quentes são o local onde a vida marinha é mais biodiversa. No entanto, os navios de pesca são mais propensos a capturar tubarões e atum em regiões oceânicas frias. Vivem mais espécies perto do …