Corpo de Maëlys de Araújo foi encontrado

jennifer.cleyetmarrel / Facebook

Maëlys de Araújo com os pais

O suspeito de ter matado a lusodescendente Maëlys de Araújo, Nordahl Lelandais, confessou hoje o crime e os restos mortais da menina de nove anos foram encontrados, revelou o procurador de Grenoble, Jean-Yves Coquillard.

“Até agora, os pais estavam na pior das situações, na ignorância do que tinha acontecido à criança. Esta noite, eles sabem que a filha morreu, que foi morta e há alguns minutos descobrimos os restos mortais da criança”, indicou o procurador em conferência de imprensa.

Jean-Yves Coquillard indicou que foi na sequência da descoberta de uma mancha de sangue na mala do carro que o suspeito decidiu falar com os juízes de instrução. Segundo o Correio da Manhã, só foi possível encontrar o vestígio de sangue depois de as autoridades desmantelarem o carro.

“O advogado foi visitar o cliente na terça-feira e Nordahl Lelandais pediu aos juízes de instrução para o ouvirem hoje porque tinha revelações a fazer e queria levar a justiça ao local onde colocou o corpo de Maelis”, continuou o procurador.

De acordo com o mesmo responsável, “Nordahl Lelandais disse que matou Maëlys involuntariamente e desfez-se do corpo” e “pediu desculpas aos pais de Maëlys, a Maëlys e aos juízes de instrução”.

O procurador precisou, ainda, que Nordahl Lelandais não explicou as circunstâncias da “morte involuntária” porque disse que “primeiro queria que o corpo fosse encontrado e explicaria depois”.

As autoridades encontraram o crânio e alguns outros restos do corpo da menina durante as buscas, em que Nordahl Lelandais estava presente.

Mãe de Maëlys deixa mensagem ao assassino

Nas redes sociais, Jennifer Cleyet Marrel, a mãe da menina lusodescendente, deixou uma mensagem ao raptor da criança. “Foram precisos cinco meses e meio para o monstro falar, tu, o assassino da minha filha”, escreveu depois de Nordhal confessar o crime.

Maëlys vai assombrar-te todas as noites na prisão até que ardas no inferno“, escreve Jennifer Cleyet Marrel. “A Maëlys tinha a vida pela frente, tu tiraste-a de nós, nunca mais a vimos por tua causa, não poderei mais tomá-la nos meus braços e dizer-lhe o quanto a amo”, acrescentou.

“Meu anjinho, não pude proteger-te deste predador, e essa culpa vai perseguir-me por muito tempo”, escreve depois Jennifer.

“Maëlys estou tão orgulhosa de ti, meu pintainho, és tão linda, tão sorridente, és a minha maravilha, meu raio de sol e estarás sempre no meu coração”, escreve Jennifer. “Esse monstro já não vai magoar ninguém agora… Que seja feita justiça e que nunca mais uma criança sofra de tal ato”, acrescentou.

“Sentimos tanto a tua falta. A tua luta vai levá-lo até ao fim, minha princesa”, acrescenta a mãe de Maelys, num “post” a que acrescenta três fotografias da família.

ZAP //

PARTILHAR

RESPONDER

Máscaras e luvas usadas para proteger contra covid-19 enchem rios europeus

Os principais rios da Europa estão cheios de máscaras cirúrgicas e luvas médicas descartadas por pessoas que utilizaram estes equipamentos para se protegem contra o novo coronavírus, denunciaram cientistas. Segundo noticiou na segunda-feira a agência AFP, …

Dez milhões de crianças "podem nunca voltar à escola" após coronavírus

A pandemia de coronavírus causou uma "emergência educacional sem precedentes", com 9,7 milhões de crianças afetadas pelo encerramento de escolas em risco de nunca voltar às aulas, alertou na segunda-feira a Organização Não Governamental (ONG) …

Nos Estados Unidos, há uma máquina obsoleta a dificultar a resposta à pandemia. Chama-se fax

O facto de vários departamentos de saúde pública norte-americanos ainda utilizarem o fax para trocarem informação com hospitais, centros de saúde e laboratórios que realizam testes de deteção do novo coronavírus é um grande problema …

Uber passa a estar disponível em todo o país

A plataforma de transporte pode, a partir desta terça-feira, ter operadores em todo o território nacional, considerando ser um passo importante num contexto em que o turismo interno ganha relevância, no âmbito da pandemia da …

Profissionais do SNS já trabalharam oito milhões de horas extra no primeiro semestre

No primeiro semestre de 2020, contam-se mais 1,2 milhões de horas suplementares trabalhadas, sendo que só em maio a subida foi superior a 471 mil. Segundo o Jornal de Notícias, nos primeiros seis meses deste ano, …

Rui Moreira diz que não é possível prevenir festejos de adeptos do FC Porto

O presidente da Câmara Municipal do Porto disse, esta terça-feira, não ser possível tomar medidas de prevenção em relação a possíveis festejos de adeptos do FC Porto pela conquista do título, pedindo apenas que se …

Mulher assintomática provoca surto de 71 infetados na China. Bastou entrar sozinha num elevador

A passagem de uma mulher infetada com covid-19, mas assintomática, por um elevador de um edifício habitacional na China deu origem a um surto de 71 contagiados. De acordo com o estudo publicado pelo Centro de …

Detido em França um dos pedófilos da "darknet" mais procurados do mundo

A polícia francesa prendeu um suspeito de gerir portais na "darknet" que permitiram a "milhares de internautas de todo o mundo ter acesso a fotografias ou vídeos de caráter pedopornográfico", anunciou, esta segunda-feira, o Ministério …

Mais seis mortes e 233 novos casos de covid-19 em Portugal

Portugal regista, esta terça-feira, mais seis mortes e 233 novos casos de infeção por covid-19 em relação a segunda-feira. Segundo o boletim diário da Direção-Geral de Saúde (DGS), dos 233 novos casos, 143 são na região …

Itália restitui a França obra de Banksy roubada do Bataclan

Itália anunciou, esta terça-feira, que vai devolver a França uma obra atribuída a Banksy, uma homenagem às vítimas dos ataques terroristas em Paris, em 2015, roubada em 2019 e encontrada numa quinta perto de Roma. Antes, …