Corpo de Maëlys de Araújo foi encontrado

jennifer.cleyetmarrel / Facebook

Maëlys de Araújo com os pais

O suspeito de ter matado a lusodescendente Maëlys de Araújo, Nordahl Lelandais, confessou hoje o crime e os restos mortais da menina de nove anos foram encontrados, revelou o procurador de Grenoble, Jean-Yves Coquillard.

“Até agora, os pais estavam na pior das situações, na ignorância do que tinha acontecido à criança. Esta noite, eles sabem que a filha morreu, que foi morta e há alguns minutos descobrimos os restos mortais da criança”, indicou o procurador em conferência de imprensa.

Jean-Yves Coquillard indicou que foi na sequência da descoberta de uma mancha de sangue na mala do carro que o suspeito decidiu falar com os juízes de instrução. Segundo o Correio da Manhã, só foi possível encontrar o vestígio de sangue depois de as autoridades desmantelarem o carro.

“O advogado foi visitar o cliente na terça-feira e Nordahl Lelandais pediu aos juízes de instrução para o ouvirem hoje porque tinha revelações a fazer e queria levar a justiça ao local onde colocou o corpo de Maelis”, continuou o procurador.

De acordo com o mesmo responsável, “Nordahl Lelandais disse que matou Maëlys involuntariamente e desfez-se do corpo” e “pediu desculpas aos pais de Maëlys, a Maëlys e aos juízes de instrução”.

O procurador precisou, ainda, que Nordahl Lelandais não explicou as circunstâncias da “morte involuntária” porque disse que “primeiro queria que o corpo fosse encontrado e explicaria depois”.

As autoridades encontraram o crânio e alguns outros restos do corpo da menina durante as buscas, em que Nordahl Lelandais estava presente.

Mãe de Maëlys deixa mensagem ao assassino

Nas redes sociais, Jennifer Cleyet Marrel, a mãe da menina lusodescendente, deixou uma mensagem ao raptor da criança. “Foram precisos cinco meses e meio para o monstro falar, tu, o assassino da minha filha”, escreveu depois de Nordhal confessar o crime.

Maëlys vai assombrar-te todas as noites na prisão até que ardas no inferno“, escreve Jennifer Cleyet Marrel. “A Maëlys tinha a vida pela frente, tu tiraste-a de nós, nunca mais a vimos por tua causa, não poderei mais tomá-la nos meus braços e dizer-lhe o quanto a amo”, acrescentou.

“Meu anjinho, não pude proteger-te deste predador, e essa culpa vai perseguir-me por muito tempo”, escreve depois Jennifer.

“Maëlys estou tão orgulhosa de ti, meu pintainho, és tão linda, tão sorridente, és a minha maravilha, meu raio de sol e estarás sempre no meu coração”, escreve Jennifer. “Esse monstro já não vai magoar ninguém agora… Que seja feita justiça e que nunca mais uma criança sofra de tal ato”, acrescentou.

“Sentimos tanto a tua falta. A tua luta vai levá-lo até ao fim, minha princesa”, acrescenta a mãe de Maelys, num “post” a que acrescenta três fotografias da família.

ZAP //

PARTILHAR

RESPONDER

Disney+ alerta para estereótipos racistas. Filmes clássicos com avisos sobre "maus tratos"

Embora já exibisse mensagens padrão desde o ano passado, a nova plataforma de vídeo Disney+ mostra agora um aviso, que não pode ser passado à frente, no início de vários filmes clássicos - como Dumbo …

Curados da covid-19 continuam com sintomas meses depois de terem contraído o vírus

Um estudo da Universidade de Oxford indica que 64% dos pacientes hospitalizados com o novo coronavírus apresenta falta de ar 2 a 3 meses depois de serem infetados. E quase 40% tem sintomas de depressão. Já …

Portugal vai estar no Mundial sub-20 (sem jogar o apuramento)

Todas as fases do Europeu sub-19 foram canceladas e a seleção portuguesa foi uma das eleitas para participar no Mundial do próximo ano. Portugal já sabe que vai estar na fase final do Mundial sub-20 (se …

Novos implantes cardíacos podem salvar 10 mil vidas por ano

O chamado envelope antibiótico envolve o implante cardíaco e previne infeções no paciente. Por ano, morrem cerca de 10 mil pessoas devido a infeções geradas pelo implante. O pacemaker é um pequeno aparelho que é colocado …

Banda dá concerto com músicos e público envoltos em bolhas de plástico para evitar contágio

A banda norte-americana Flaming Lips utilizou bolhas insufláveis ​​de tamanho humano num concerto em Oklahoma, uma solução para proteger os músicos e o público do novo coronavírus, enquanto tenta encontrar uma forma segura para atuar …

EUA. Especialista diz que as próximas semanas "vão ser as mais negras de toda a pandemia"

Um especialista em doenças infecciosas disse que no caso dos Estados Unidos, as próximas seis a 12 semanas vão ser as mais negras de toda a pandemia de covid-19. Michael Osterholm, diretor do Centro de Investigação …

Chelsea inscreve... Petr Cech

Antigo guarda-redes poderá voltar aos relvados nesta época, embora seja pouco provável, para já. Petr Čech entrou em campo pela última vez em maio de 2019, há quase um ano e meio. Já tinha anunciado a …

Disparos de satélites e naves do Star Trek? Relatório revela como seria uma guerra no Espaço

A criação da Força Espacial dos Estados Unidos evocou todos os tipos de noções fantasiosas sobre o combate no Espaço. Assim, um novo relatório explica o que é física e praticamente possível quando se trata …

Japão prepara-se para lançar água tratada de Fukushima no mar

O Japão vai libertar mais de um milhão de toneladas de água tratada da usina nuclear de Fukushima no mar, numa operação que levará cerca de 30 anos para ficar concluída. Ambientalistas e pescadores locais …

Turismo de mergulho? Submarino da "frota perdida" de Hitler aguarda o seu destino no fundo do Mar Negro

Coberto por “redes fantasmas” deixadas por pescadores, os destroços de um submarino U-20 enviado para o Mar Negro pela Alemanha nazi tornou-se recentemente tema de um documentário produzido na Turquia. Localizado a uma profundidade de 20 …