Tancos. Coronel da GNR nega pacto de silêncio

Paulo Cunha / Lusa

Edifício no complexo militar de Tancos

O ex-diretor de investigação criminal da GNR disse, esta segunda-feira, desconhecer qualquer pacto de silêncio com a Polícia Judiciária Militar que envolvesse a colaboração na investigação do furto das armas de Tancos.

Na sessão desta segunda-feira da fase de instrução do processo do caso das armas roubadas, e depois recuperadas, dos paióis da base militar de Tancos, o juiz começou por ouvir o arguido Taciano Correia, antigo diretor do Departamento de Investigação Criminal (DIC) da GNR que foi substituído pelo seu adjunto e também arguido Amândio Marques, cujo depoimento terminou da parte da tarde.

O coronel Taciano Correia explicou que recebeu dois telefonemas do diretor da Polícia Judiciária Militar (PJM), que também é arguido no processo, a pedir a colaboração da GNR numa investigação, mas que desconhecia que era sobre o furto do armamento de Tancos, disse o seu advogado.

Por sua vez, Amândio Marques declarou ao juiz Carlos Alexandre que “não houve qualquer pacto de silêncio” para encobrir a PJM ou para que fossem realizadas investigações paralelas.

Pelo contrário, segundo a sua advogada, Amândio Marques desde o início que teve uma postura de “colaboração com a justiça sobre aquilo que entendeu serem as suas suspeições, a sua leitura sobre os factos e conforme lhe foram apresentados”.

Segundo Lúcia Dias, “não houve qualquer pacto de silêncio, não houve qualquer conhecimento dos factos [da acusação] e não há prova que os sustente“.

Amândio Marques está acusado dos crimes de associação criminosa, tráfico de armas, denegação de justiça, prevaricação, falsificação de documentos e favorecimento pessoal, tendo ficado suspenso de funções.

No final da sessão, o advogado Cruz Campos, defensor de Lima Santos, outro dos arguidos e militar da GNR, afirmou estar satisfeito com o depoimento dos dois militares porque começaram a assumir responsabilidades das ordens que deram.

“Está na altura de os coelhos começarem a sair da toca e assumirem as suas responsabilidades. Neste processo está em causa o interesse nacional e a recuperação das armas tinham uma importância extrema”, disse aos jornalistas sem adiantar a que elemento se referia em concreto.

O advogado reiterou que o seu cliente, que ocupou o cargo de chefe do Núcleo de Investigação Criminal de Loulé da GNR, “em momento algum desobedeceu a ordens”, dizendo que foram dadas e validadas por superiores hierárquicos que “têm de assumir as suas responsabilidades”.

Na versão do Ministério Público, Taciano Correia, Amândio Marques e Lima Santos tiveram conhecimento de toda a “encenação” para a recuperação do armamento furtado e pactuaram com esta.

Na quarta-feira vão depor como testemunhas, a pedido de Amândio Marques, o diretor da Polícia Judiciária, Luís Neves, o vice-diretor da PJ e, à altura dos factos, um dos procuradores responsáveis pelo processo, João Melo, e outro dos procuradores que assinou a acusação, Vitor Magalhães.

// Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

Médico presente na sala de emergência revela detalhes da morte de John F. Kennedy

Um médico que estava presente na emergência do Parkland Memorial Hospital, para onde John F. Kennedy (1917-1963) foi transferido depois de ser baleado numa visita política ao estado do Texas, revelou novos detalhes sobre a …

Aprovado prolongamento do prazo para entrega de teses de mestrado e doutoramento

O parlamento aprovou esta segunda-feira uma proposta de aditamento ao OE2021 que permite que seja prorrogado até ao final do ano letivo o prazo de entrega e apresentação das teses de mestrado e doutoramento. “É prorrogado, …

Chinês de 105 anos quebra recorde do Guinness. É a pessoa mais velha do mundo a voar de parapente

Yu Te-Hsin, um homem chinês de 105 anos, quebrou o recorde do Guinness e tornou-se a pessoa mais velha a voar de parapente. Durante a passada primavera, Yu Te-Hsin, de 105 anos, foi fazer um piquenique …

5G. Altice Portugal avança com providência cautelar contra Anacom e duas queixas em Bruxelas

A Altice Portugal entregou, na sexta-feira, uma providência cautelar contra a Anacom e duas participações à Comissão Europeia, no âmbito do leilão do 5G. "A Altice Portugal já avançou, na passada sexta-feira, com uma providência cautelar …

Em 2022, embalagens descartáveis de refeições vão ter taxa de 30 cêntimos

O Parlamento aprovou, esta terça-feira, uma proposta do PAN para taxar em 30 cêntimos, a partir de 2022, as embalagens descartáveis para refeições usadas em serviços de entrega ao domicílio e take away. A proposta foi …

China declara que erradicou a pobreza extrema

A China declarou na segunda-feira que a pobreza extrema foi eliminada em todo o país, uma das bandeiras do Partido Comunista Chinês (PCC) para reduzir as desigualdades na sociedade. Nove condados, na província de Guizhou, foram …

Campanha anticorrupção. Presidente das Filipinas já despediu cerca de 800 funcionários

O Presidente das Filipinas, Rodrigo Duterte, despediu cerca de 800 funcionários governamentais por atividades ilegais, desde que iniciou o mandato em 2016, no âmbito de uma campanha anticorrupção. "Continuarei a perseguir todos os trabalhadores do governo …

Crónica ZAP - Nota Artística por Nuno Miguel Teixeira

Nota artística: vais trabalhar à 1h da manhã, mas vais contente

https://soundcloud.com/nuno-teixeira-264830877/sacavenense-1-7-sporting-o-musical Eles sabem que, provavelmente, vão perder. Perderão, quase de certeza. Mas este é o jogo da vida deles. É o jogo em que eles demonstram ainda mais o amor pela camisola, o amor pelo jogo. …

Coligação negativa obriga Governo a fazer avaliação ambiental estratégica do novo aeroporto

O Governo terá de proceder, no próximo ano, a uma avaliação ambiental estratégica para o novo aeroporto de Lisboa, segundo duas propostas de alteração ao Orçamento do Estado para 2021 aprovadas, esta terça-feira, através de …

Companhia aérea australiana vai exigir vacinação contra a covid-19 a passageiros internacionais

A companhia aérea australiana Qantas vai exigir que os passageiros de voos internacionais sejam previamente vacinados contra a covid-19, anunciou o presidente executivo da empresa. O requisito de ser vacinado contra a covid-19 para viajar na …