Coronavírus “sem controlo” na Catalunha. Espanha não conta casos confirmados após a morte

partyofeuropeansocialists / Flickr

O primeiro-ministro espanhol, Pedro Sánchez

Espanha revelou, nas últimas 24 horas, mais 580 casos positivos de covid-19, mais 190 do que na véspera. Mas na Catalunha, o número avançado é de 1.293 novos contágios. Isto quando se noticia que o país vizinho continua sem contabilizar os casos de infecção confirmados após a morte.

Na quinta-feira, Espanha anunciou mais 580 novos casos positivos de covid-19, o que constitui um novo máximo desde o fim do estado de alarme no país. São mais 190 novas infecções do que na véspera de acordo com dados do Ministério da Saúde espanhol.

Segundo o boletim oficial, 70% dos novos casos estão concentrados em Aragão (266) e na Catalunha (142).



Contudo, estes dados não batem com os números oficiais da Catalunha que anunciou 1.293 novos contágios na quinta-feira, mais 1.151 do que na véspera.

Uma disparidade que o jornal espanhol El Periodico explica com a divergência na forma como são contabilizados os casos.

De acordo com o diário, na Catalunha contam-se não apenas os testes PCR, que são “os mais fiáveis” e os únicos contabilizados pelo Ministério da Saúde de Espanha, mas também os testes serológicos que podem dar positivo, mesmo que o vírus esteja inactivo, bem como os “diagnósticos epidemiológicos”.

O La Vanguardia refere que a Catalunha revelou, nas últimas 24 horas, “762 novos positivos por covid-19 confirmados por PCR ou epidemiologicamente”.

Na Catalunha, foram contabilizados até agora 79.595 casos positivos de coronavírus, contabilizando as provas serológicas, e 12.631 mortes.

Sem os testes serológicos, o número de casos positivos é 69.903.

Situação na Catalunha e em Aragão é “preocupante”

Na Catalunha e em Aragão há “contágios sem controlo”, como aponta o El Periodico, citando declarações do director do Centro de Coordenação de Alertas e Emergências Sanitárias, Fernando Simón, que fala numa situação “complicada e preocupante”.

As duas localidades terão focos de contágio comunitário, com “pequenos grupos que não respeitam as medidas de controle”, de acordo com o mesmo especialista.

Os novos infectados que estão a aparecer surgem em idades mais jovens, nomeadamente em pessoas que “se contagiam em ambientes festivos e nocturnos”, repara o El Periodico.

Fernando Simón também sinaliza no jornal o facto de haver algum incremento de “pessoas mais jovens” do que há uns meses nas unidades de cuidados intensivos.

Também há casos associados a trabalhadores temporários, algo que poderá ocorrer com “alta probabilidade” em “pequenos surtos” durante “todo o Verão”, segundo aponta o mesmo especialista.

Mortes por covid-19 podem ser mais de 43 mil

O número de infectados confirmados com coronavírus em Espanha ascende a 258.855 pessoas e a 28.416 mortes, de acordo com os últimos dados divulgados pelo Ministério da Saúde do país.

Mas há quem questione o número real de vítimas. Isto porque o país vizinho continuará sem contabilizar os casos de covid-19 confirmados após a morte, conforme avança o jornal El Mundo.

O Instituto de Saúde Carlos III, instituto espanhol de pesquisa em saúde pública, fala em mais de 43 mil mortes.

Um dado que foi lembrado pelo líder do Partido Popular, Pablo Casado, durante a homenagem às vítimas da pandemia no país, onde lamentou que não se sabe “o número real de mortes”.

Entretanto, informações avançadas no país vizinho indicam que mais de 57% dos pacientes hospitalizados por causa da covid-19 desenvolveram algum tipo de sintoma neurológico. Esta terá sido também a principal causa de morte em 4% dos mortos por causa do coronavírus, de acordo com dados da Sociedade Espanhola de Neurologia.

Um relatório divulgado pela Universidade de Cambridge, no Reino Unido, concluiu também que Espanha foi o país que pior geriu a pandemia num ranking de 33 países.

A Coreia do Sul aparece no primeiro lugar deste ranking, como o país que melhor geriu a crise de covid-19, com 0,90 pontos, enquanto Espanha soma apenas 0,39 pontos, ficando no último lugar, atrás do Reino Unido que surge no 31º lugar com 0,43 pontos.

Portugal surge no 25º lugar deste ranking com 0,55 pontos.

ZAP ZAP //

PARTILHAR

3 COMENTÁRIOS

  1. A situação está má na Catalunha e em todo o lado e muitos países encobrirão os reias resultados tudo a pensar na economia e turismo, o que agrava ainda mais a situação, ao pensarem enganar os outros ficam enganados também e em nada ajuda a encontrar um caminho certo para um ataque eficaz.

RESPONDER

Metrobus vai circular no Porto no final de 2023. Terá sete paragens da Boavista à Praça do Império

Ao que tudo indica, os autocarros 100% elétricos devem começar a circular no final de 2023. A ligação de metrobus entre a Rotunda da Boavista e a Praça do Império, no Porto, terá sete paragens …

Homem de 95 anos tornou-se o mais velho dador de órgãos na história dos EUA

Uma norte-americana que se encontra a recuperar de um transplante de fígado não só tem um novo órgão que provavelmente lhe salvou a vida, como também um que fez história. Segundo a cadeia televisiva CNN, esta …

PAN acusa partidos de boicotarem ida de Rui Pinto à comissão do Novo Banco

André Silva fala em sucessivos adiamentos do agendamento da audição ao hacker, pedida pelo PAN, o que leva o deputado a referir “manobras e expedientes dilatórios”. Como recorda o Público, o PAN foi o único partido …

O vulcão em erupção na Islândia está agora à venda

O vulcão no sudoeste da Islândia, na Península de Reykjanes, que entrou em erupção no final de março, está agora à venda (e já há várias propostas em cima da mesa). De acordo com o jornal …

Após críticas, Cravinho garante que cartões de Antigo Combatente já estão a ser enviados

O Ministro da Defesa garantiu hoje que os cartões de Antigo Combatente já estão a ser produzidos e alguns já foram distribuídos aos beneficiários, assegurando que o processo vai continuar. João Gomes Cravinho abordou o tema …

Palácio onde Churchill nasceu muda nome do "Quarto Indiano" (para afastar polémica sobre ligações coloniais)

O Palácio de Blenheim mudou o nome da sua “Sala Indiana” para evitar polémica sobre ligações coloniais numa nova exposição sobre Winston Churchill. Uma exposição intitulada "O Grande Britânico" no local de nascimento do líder do …

militares a cantar hino do Sporting na parada

Exército investiga vídeo de militares a cantar hino do Sporting na parada

O vídeo que mostra recrutas de um quartel do Funchal, na Madeira, a entoar cânticos de apoio ao Sporting durante uma parada militar está a ser investigado pelo Exército. O episódio terá acontecido depois de …

Autoridade Marítima diz que multas nas praias ainda não podem ser aplicadas

A Autoridade Marítima Nacional explicou hoje que a fiscalização das praias se vai pautar pela sensibilização para o cumprimento das medidas de prevenção da covid-19, indicando que as coimas por incumprimento só podem ser aplicadas …

Trabalhadores das cantinas e refeitórios em greve na 2.ª feira por aumentos salariais

Os trabalhadores das cantinas, refeitórios, fábricas de refeições e bares concessionados vão estar em greve na segunda-feira, por aumentos salariais, segundo a Federação dos Sindicatos de Agricultura, Alimentação, Bebidas, Hotelaria e Turismo de Portugal (FESAHT). Além …

469 novos casos, 7 mortes e 386 recuperados em Portugal nas últimas 24 horas

Portugal registou, nas últimas 24 horas, sete mortes atribuídas à covid-19 e 469 novos casos de infeção pelo coronavírus SARS-CoV-2, segundo o boletim epidemiológico da Direção Geral da Saúde. O número de internamentos continua a descer. …