Coreia do Sul confirma que satélite norte-coreano entrou em órbita

johnmcnab / Flickr

O líder da Coreia do Norte, Kim Jong-un

O líder da Coreia do Norte, Kim Jong-un

O satélite lançado no domingo passado pela Coreia do Norte entrou em órbita corretamente, confirmou esta terça-feira o Ministério da Defesa da Coreia do Sul.

A Coreia do Norte anunciou no domingo passado o lançamento de um foguetão de longo alcance para colocar em órbita um satélite espacial de observação terrestre.

Esta terça-feira as autoridades da Coreia do Sul confirmaram que o satélite entrou em órbita, embora não saibam dizer se está a funcionar corretamente, revela a agência Lusa.

Na altura, esta atitude da Coreia do Norte foi bastante criticada pela comunidade internacional, nomeadamente Coreia do Sul, Japão e Estados Unidos, por considerarem que se tratava, de facto, de um teste encoberto de mísseis balísticos.

Em resposta, a Coreia do Norte reclamou, através de um comunicado lido na televisão estatal, que tem o “direito legítimo” de “usar o espaço com fins pacíficos e independentes”.

O comunicado revelava ainda a intenção de “lançar mais satélites no futuro”, no seguimento da política de “dar prioridade à ciência e à tecnologia”.

A Coreia do Sul estima que, depois deste lançamento, o seu país vizinho tenha em sua posse mísseis capazes de percorrer 12 mil quilómetros, uma distância superior à que separa a península coreana do território continental dos EUA.

No entanto, as informações recolhidas por Seul indicam que a Coreia do Norte ainda não conseguiu obter a chamada tecnologia de reentrada, necessária para um míssil voltar à atmosfera.

O Conselho da Organização das Nações Unidas reuniu-se no mesmo dia para uma reunião de emergência por causa do lançamento deste foguetão.

Segundo a Lusa, um porta-voz do Pentágono disse que os Estados Unidos vão colocar o “mais depressa possível” um sistema anti-míssil na Coreia do Sul.

A China opõe-se à colocação deste sistema, uma vez que pode ser usado para monitorizar os seus próprios disparos de mísseis.

Produção de plutónio para breve

Em setembro passado, a Coreia do Norte anunciou que começou novamente a operar o reator nuclear de Yongbyon, considerado a principal fonte de plutónio para abastecer o programa de desenvolvimento de armas nucleares de Kim Jong-un.

De acordo com um comunicado divulgado pelo diretor do Instituto de Energia Atómica norte-coreano, citado pela Lusa, “todas as instalações nucleares em Yongbyon, incluindo a central de enriquecimento de urânio e o reator moderado a grafite de cinco megawatts, foram reorganizadas, alteradas ou reajustadas e já começaram a operar com normalidade”.

Face a esta situação, os Estados Unidos também reagiram e apelaram aos dirigentes da Coreia do Norte para que evitem “provocações irresponsáveis”.

ZAP

PARTILHAR

2 COMENTÁRIOS

  1. Quando foi difundido que a Coreia do Norte teria chegado com sucesso ao fabrico de uma bomba de hidrogénio, muitos analistas consideraram um bluf por via da detonação ter sido registada como de baixa potência. O regime de Pyongyang logo rematou afirmando ter alcançado com êxito o teste de uma bomba miniaturizada dessa qualidade, de hidrogénio, entenda-se. Como devem saber uma detonação de um engenho com essas características em zona de orbitação de satelítes, causaria a “fritura” da maioria dos componentes electrónicos desses por via das ondas electromagnéticas causadas pela explosão. Agora imaginem se o satélite colocado em órbita transporta uma outra bomba miniaturizada…!!!

  2. A arrogância dos gringos exterminadores de índios, quase que me leva a desejar que todo o mundo disponha de armas nucleares e mísseis capazes de alcançar o seu território, para ver se definitivamente temos paz perpétua no mundo.

RESPONDER

WeChat censura mensagem enviada por primeiro-ministro australiano à comunidade chinesa

Uma rede social chinesa apagou na quinta-feira uma mensagem conciliatória enviada pelo primeiro-ministro australiano à comunidade chinesa na Austrália, numa altura de crescentes tensões entre Pequim e Camberra. A aplicação WeChat, semelhante ao WhatsApp, e desenvolvida …

Apenas 27,2% da população quer tomar a vacina contra a covid-19 assim que for possível

Dados da Escola Nacional de Saúde Pública (ENSP), recolhidos em novembro, revelaram que a persiste a desconfiança face à nova vacina contra a covid-19 que chega a Portugal em janeiro, com apenas 27,2% da população …

Covid-19. Portugal com mais 79 mortos e 4.935 novos casos de infeção

Portugal contabiliza esta sexta-feira mais 79 mortos relacionados com a covid-19 e 4.935 novos casos de infeção com o novo coronavírus, segundo o mais recente boletim epidemiológico da Direção-Geral da Saúde (DGS). Desde o início da …

Confinamento ao fim de semana é pouco eficaz, diz estudo

Um novo estudo avaliou as medidas aplicadas em Portugal contra a covid-19, e chegou à conclusão que o impacto da inibição de circulação entre concelhos não é assim tão eficaz. Pelo contrário, optar pelo ensino …

Ação liderada por Ana Gomes reclama indemnização de 400 milhões à Mastercard

Uma associação de defesa de consumidores liderada por Ana Gomes, candidata à Presidência da República, entregou no Tribunal da Concorrência uma ação popular que visa indemnizar todos os consumidores portugueses por práticas lesivas da Mastercard, …

Prémio para profissionais de saúde. Dias de isolamento e doença também contam para receber compensação

O prémio de desempenho para profissionais de saúde do Serviço Nacional de Saúde (SNS) que trabalharam no combate à covid-19 na primeira vaga da pandemia foi publicado esta sexta-feira em Diário da República. "O diploma vem …

Injeção no Novo Banco sem Retificativo? Especialistas levantam dúvidas

O Governo diz conseguir fazer a injeção no Novo Banco sem recurso a um Orçamento Retificativo no próximo ano, mas especialistas em finanças públicas consultados pelo ECO duvidam. Tanto António Costa como João Leão dizem que …

Tudo pronto para Marcelo anunciar recandidatura. Mas recolha de assinaturas está a ser dificultada

Marcelo Rebelo de Sousa já tem o discurso escrito e o local escolhido, mas é improvável que o anúncio da recandidatura avance esta semana. De acordo com o Público, Marcelo Rebelo de Sousa está preparado para …

Biden vai pedir aos norte-americanos 100 dias com máscara (e convida Fauci para a sua equipa)

O presidente eleito dos Estados Unidos, Joe Biden, anunciou esta quinta-feira que vai pedir aos americanos para usarem máscaras faciais durante 100 dias para ajudar a reduzir a disseminação de covid-19 no país. "Vou pedir às …

PSD ataca o Congresso, PCP as Festas Nicolinas. Tudo pelo cumprimento das regras anticovid

Esta quinta-feira, o PSD e o PCP trocaram farpas sobre o cumprimento das regras impostas pela pandemia no Congresso dos comunistas e nas Festas Nicolinas de Guimarães. João Oliveira, líder parlamentar do PCP, defendeu a opção …