Coreia do Norte lançou foguetão de longo alcance

petersnoopy / Flickr

O líder da Coreia do Norte, Kim Jong-un

O líder da Coreia do Norte, Kim Jong-un

A Coreia do Norte anunciou que o lançamento de um foguete de longo alcance, realizado este domingo, foi bem sucedido e que colocou em órbita um satélite espacial de observação terrestre.

O anúncio foi feito através da emissora de televisão estatal norte-coreana e, segundo a mensagem lida por uma apresentadora, o “satélite de observação da terra Kwangmyong 4” está em órbita.

Fontes dos Governos da Coreia do Sul e dos Estados Unidos confirmaram o êxito da operação, que é considerada pela comunidade internacional como um teste encoberto de mísseis balísticos.

No comunicado lido na televisão, a Coreia do Norte reclama o seu “direito legítimo” de “usar o espaço com fins pacíficos e independentes” e promete “lançar mais satélites no futuro”, no seguimento da política de “dar prioridade à ciência e à tecnologia”.

A emissora divulgou ainda imagens do líder da Coreia do Norte, Kim Jong-un, a celebrar o êxito da operação ao lado de funcionários que estiveram na sala de comando.

Peritos da Coreia do Sul estimam que o foguete possa ter um alcance de mais de 10 mil quilómetros, uma distância superior à que separa a península coreana do território continental dos Estados Unidos.

Pyongyang realizou um teste nuclear no passado dia 6 de janeiro e havia anunciado na semana passada o lançamento, este mês, de um foguetão transportando um satélite, que a maioria da comunidade internacional vê como uma dissimulação para um teste de mísseis balísticos, que viola resoluções do Conselho de Segurança da Organização das Nações Unidas.

Reunião de emergência

O Conselho da Organização das Nações Unidas vai reunir-se ainda este domingo para uma reunião de emergência em Nova Iorque por causa do lançamento deste foguetão, noticiou a agência AFP, citando fontes diplomáticas.

A reunião foi pedida pelos Estados Unidos e pelo Japão, membros do Conselho de Segurança, e pela Coreia do Sul.

Numa carta conjunta enviada à presidência do Conselho de Segurança, citada pela AFP, Estados Unidos e Japão ressaltam que “o lançamento hoje de um suposto ‘satélite’ pela Coreia do Norte viola resoluções da ONU” que proíbem Pyongyang de qualquer atividade balística ou nuclear.

A presidente sul-coreana, Park Geun-Hye, por sua vez, afirmou que “o Conselho de Segurança das Nações Unidas devia tomar rapidamente medidas punitivas fortes” contra a Coreia do Norte.

No sábado, o presidente norte-americano, Barack Obama, e o presidente chinês, Xi Jinping, concordaram em responder às “provocações da Coreia do Norte”.

“Os líderes salientaram a importância de uma resposta internacional forte e unida às provocações da Coreia do Norte, incluindo por meio de uma resolução do Conselho de Segurança da ONU com impacto”, informou a presidência norte-americana.

ZAP / ABr

PARTILHAR

2 COMENTÁRIOS

RESPONDER

A Via Láctea roubou minúsculas galáxias à sua vizinha

Utilizando dados obtidos pelo Telescópio Gaia, os cientistas chegaram à conclusão que a Via Láctea "sequestrou" galáxias da Grande Nuvem de Magalhães, uma outra galáxia que a orbita. No nosso Universo, a regra é orbitar: a …

Pode ter sido encontrada (e ignorada) vida em Marte em 1976, defende antigo cientista da NASA

O antigo cientista da agência espacial norte-americana Gilbert V. Levin afirma que foram encontradas evidências de vida em Marte na década de 70. No entender do especialista, deviam ter sido levado a cabo mais investigações …

Era marketing. Fortnite voltou (e está diferente)

Depois de 10 temporadas, um buraco negro engoliu a ilha na qual diariamente milhões de jogadores tentavam sobreviver, matando-se uns aos outros. Durante um dia e meio, ninguém podia jogar. O susto acabou esta terça-feira, …

Cientistas determinam o que diminui a fertilidade das mulheres com o avanço da idade

Investigadores da Universidade de Copenhaga mapearam alguns dos mecanismos que podem afetar a fertilidade das mulheres desde a adolescência até a menopausa. A fertilidade natural das mulheres flutua entre altos e baixos na forma de uma …

Dono do Paris Saint-Germain quer comprar o Leeds (e torná-lo no novo Manchester City)

A Qatar Sports Investments (QSI), empresa que é detida por Nasser Al Khelaifi, quer dar o salto para o mercado inglês e adquirir o Leeds United, emblema que milita atualmente no segundo escalão. Na semana em …

Município italiano proíbe Google Maps. App faz com que muitas pessoas se "percam"

O autarca do município italiano de Baunei, na Sardenha, proibiu o uso do Google Maps na região, argumentando que "muitas" pessoas se perderam por causa de "sugestões enganosas" do serviço de localização. A informação é …

Pedalar mais dá direito a prémios. Tecnologia portuguesa desperta interesse de Copenhaga

Depois de se ter estreado em Matosinhos e de ter despertado interesse em Nova Iorque, um programa português que premeia comportamentos de mobilidade ambientalmente sustentáveis chamou a atenção em Copenhaga. O AYR, desenvolvido pela empresa CEiiA …

Associação de Armas americana editou artigos da Wikipédia para desacreditar o Holocausto

A National Rifle Association (Associação Nacional de Armas) dos Estados Unidos tem estado a editar artigos da Wikipédia de forma a desacreditar o Holocausto. Um trabalho de investigação da Splinter identificou pelo menos 150 edições em …

Bebé recém-nascida encontrada enterrada viva numa sepultura na Índia

Uma bebé recém-nascida enterrada viva foi encontrada na Índia por um pai que estava a enterrar a filha, que morreu após o parto, revelou o chefe da polícia local, Abhinandan Singh. A menina foi encontrada dentro …

Reutilização é a verdadeira alternativa a plástico descartável

A alternativa aos produtos de plástico descartáveis tem sido outros produtos também descartáveis, mas a melhor solução passa pela reutilização, indica um relatório divulgado esta terça-feira, que dá exemplos de sucesso. O documento, “The Reusable solutions: …