Coreia do Norte anuncia ter testado bomba H

zennie62 / Flickr

O líder da Coreia do Norte, Kim Jong-un

A Coreia do Norte garante que realizou com sucesso o primeiro teste com uma bomba de hidrogénio. O anúncio está a causar alarme em todo o mundo, embora a informação não esteja ainda confirmada, podendo tratar-se de mera propaganda.

“O primeiro teste da República com uma bomba de hidrogénio realizou-se com sucesso”, eis o anúncio feito na televisão estatal norte-coreana que está a gerar preocupação em todo o mundo e que já levou o Conselho de Segurança das Nações Unidas a convocar uma reunião de emergência.

A Coreia do Norte nota que com este teste junta-se ao lote dos “estados nucleares desenvolvidos”.

“Vamos começar o ano de 2016 com o som excitante da nossa primeira explosão de uma bomba de hidrogénio para que o mundo inteiro possa olhar para a nossa República socialista nuclearmente armada”, refere o líder norte-coreano, Kim Jong-Un, numa mensagem escrita, divulgada pela televisão do país, a par do documento que assinou autorizando este alegado teste termonuclear.

A comunidade internacional procura agora confirmar se o teste envolveu mesmo uma bomba de hidrogénio, havendo a ideia generalizada de que a Coreia do Norte ainda não terá capacidade para desenvolver um engenho destes.

De resto, o sismo de 5.1 provocado pelo teste será muito fraco relativamente àquilo que ocorreria numa situação de explosão de facto de uma bomba de hidrogénio, conforme atestam especialistas internacionais.

Uma bomba de hidrogénio usa a fusão numa reacção em cadeia que desencadeia uma explosão muito mais potente do que as geradas pelo urânio ou plutónio apenas.

De qualquer modo, a comunidade internacional condena a Coreia do Norte, nomeadamente o principal aliado do país, a China, que nota que se opõe “firmemente” a esta situação.

Os Estados Unidos prometem “responder apropriadamente a qualquer e todas as provocações da Coreia do Norte”.

Também a presidente da Coreia do Sul, Park Geun-Hye, fala de uma “provocação grave” e apela a uma resposta internacional firme.

No Japão, o primeiro-ministro Shinzo Abe refere que está em causa uma “ameaça séria” ao seu país e uma “confrontação grave” dos esforços internacionais contra a proliferação de armas nucleares.

A confirmar-se, este será o quarto teste nuclear da Coreia do Norte depois de situações semelhantes se terem verificado em 2006, 2009 e 2013.

A bomba de hdrogénio mais potente jamais testada, a “Bomba do Czar” (acima), foi detonada pelo exército da Rússia a 30 de outubro de 1961, a 4km de altitude, por cima do Oceano Ártico.

Foi vista a 1000 km de disatância e a sua onda de choque percorreu 3 vezes a Terra antes de se dissipar.

SV, ZAP

PARTILHAR

4 COMENTÁRIOS

  1. ahahahahahaha
    Estes norte coreanos são uma fraude!
    Alguém acredita nisto? claro que não…
    juntaram umas toneladas valentes de polvora e fizeram uma explosão para o povo deles realmente perceberem que houve algo lol
    Mas bomba H ???? só rir….

  2. Toda esta gente e responsáveis de Países que fizeram bombas atómicas e estão a planear bombas de hidrogénio deveriam ser pendurados e mortos a vista do resto do Mundo pois estes filhos da p….. a que vão acabar por destruir o que é de todos.

RESPONDER

"Evento raro". Nasceu uma baleia-branca no maior aquário do mundo (e o momento foi gravado)

Whisper, uma baleia-branca de 20 anos, deu à luz uma cria saudável em 17 de maio após uma gravidez de 15 meses, marcando a chegada do mais novo cetáceo do Georgia Aquarium, numa altura em …

Telemóveis são uma ferramenta poderosa contra a desigualdade de género em África

Ao dar às mulheres acesso a informação que, de outra forma, era quase impossível de obter, os telemóveis estão a salvar e a transformar vidas. De acordo com o site IFLScience, o estudo responsável por esta …

Desde março, morreram mais de 100 elefantes no Botsuana. Ninguém sabe porquê

As autoridades do Botsuana estão a investigar a morte de 110 elefantes na região do Delta do Okavango desde março, anunciou esta semana o Ministério do Meio Ambiente, Conservação de Recursos Naturais e Turismo daquele …

Um robô aprendeu a fazer uma omelete. E ficou melhor do que o esperado

Uma equipa de engenheiros da Universidade de Cambridge, no Reino Unido, treinou um robô a preparar uma omelete. Para os investigadores, avaliar se um robô cozinhou uma refeição com sucesso é uma fonte interessante de …

Covid-19 já matou mais no Reino Unido do que os bombardeamentos alemães da II Guerra

A pandemia de covid-19 já matou mais pessoas no Reino Unido do que os bombardeamentos alemães durante a II Guerra Mundial. O novo coronavírus oriundo da China já matou cerca de 50.000 pessoas em território …

Estudo mostra que os cães querem mesmo resgatar os seus donos do perigo

Um novo estudo mostra que os nossos amigos de quatro patas querem realmente salvar-nos em momentos de aflição, mas desde que saibam como o fazer. De acordo com o site Science Alert, os investigadores reuniram 60 cães …

Derek Chauvin foi detido, mas os precedentes mostram que o polícia pode sair impune

Derek Chauvin, o polícia responsável pela morte de George Floyd, foi detido e aguarda a sua primeira audiência. No entanto, há precedentes que sugerem que o agente pode sair impune. Derek Chauvin tem a sua primeira …

Cientistas encontram dois fragmentos do meteorito de Barcelona

Cientistas espanhóis encontraram dois pequenos fragmentos do chamado meteorito de Barcelona, que caiu, há mais de 300 anos, no dia de Natal. No dia 25 de dezembro de 1704, um meteorito rasgou os céus e caiu …

"Pressionaram-me para o denunciar". Higuita recorda amizade com Escobar

A relação de amizade entre René Higuita e Pablo Escobar levou a que o ex-futebolista fosse seguido pelas autoridades. A polícia chegou a pressioná-lo para denunciar Escobar. O antigo internacional colombiano René Higuita é provavelmente uma …

George Floyd. Portugal junta-se às manifestações mundiais contra o racismo

Cinco cidades portuguesas juntam-se hoje à campanha de solidariedade mundial contra o racismo, associando-se à luta pela dignidade humana na sequência da morte, a 25 de maio, do afro-americano George Floyd, sob custódia da polícia …