Coreia do Norte divulga o vídeo do seu triunfante ataque nuclear a Washington

A imparável Coreia do Norte divulgou este sábado um novo vídeo de propaganda, no qual mostra um ataque nuclear a Washington e ameaça o vizinho do Sul de um “ataque militar sem perdão”, por ter caluniado o seu líder, Kim Jong-un.

Intitulado “A Última Hipótese“, o bizarro vídeo de 4 minutos mostra um míssil nuclear, disparado de um submarino, a devastar a cidade de Washington, e uma bandeira norte-americana em chamas.

O final do filme mostra um míssil, que surge das nuvens, a regressar à Terra, caindo em frente ao Lincoln Memorial, monumento em honra do 16º presidente dos Estados Unidos, na capital norte-americana.

O Capitólio, sede do Congresso norte-americano, explode então, e uma mensagem aparece no ecrã, em coreano, segundo a qual “se os imperialistas norte-americanos mexerem um dedo na nossa direcção, nós atacaremos com a nossa força nuclear”.

A Coreia do Norte divulgou vídeos semelhantes no passado, incluindo um, em 2013, no qual se via a Casa Branca no visor da arma de um atirador, assim como a explosão do Capitólio.

O vídeo deste sábado foi publicado no site de propaganda norte coreano DPRK Today.

No início do mês, a Coreia do Norte ameaçou lançar um “ataque nuclear preventivo” contra os Estados Unidos e Coreia do Sul.

Dois dias antes, um outro responsável militar da Coreia do Norte tinha ameaçado desencadear um ataque nuclear contra a Casa Branca e o Pentágono, depois de acusar Washington de aumentar as tensões militares na península coreana.

Depois do quarto ensaio nuclear do Norte, em 6 de janeiro, o clima agravou-se na península, com o líder Kim Jong-un a ameaçar novos testes nucleares e o lançamentos de mísseis, em resposta às manobras militares conjuntas entre a Coreia do Sul e os Estados Unidos.

Além disso, a artilharia do Exército Popular da Coreia fez este sábado um ultimato à presidente sul-coreana, Park Geun-Hye, exigindo que ela peça desculpas pelas declarações feitas em Seul sobre a possibilidade de “decapitar” a liderança norte-coreana.

Na sexta-feira, O líder da Coreia do Norte, Kim Jong-un, supervisionou um simulacro de ataque armado a instituições governamentais da Coreia do Sul.

Se a traidora Park Geun-Hye e o seu bando não responderem, a artilharia de longo alcance do Exército coreano lançará uma acção militar sem perdão”, diz um comunicado divulgado pela agência de notícias oficial da Coreia do Norte, KCNA.

A 10 de março, a Rússia interveio na guerra de palavras, avisando a Coreia do Norte, sua tradicional aliada, que as suas sucessivas ameaças de lançar um ataque nuclear preventivo poderiam justificar um ataque preventivo dos seus inimigos.

ZAP // ABr

7 COMENTÁRIOS

  1. A presidenta foi estudanta?

    Existe a palavra: PRESIDENTA?
    Que tal colocarmos um “BASTA” no assunto?

    No português existem os particípios activos como derivativos verbais. Por
    exemplo: o particípio activo do verbo atacar é atacante, de pedir é pedinte,
    o de cantar é cantante, o de existir é existente, o de mendicar é
    mendicante… Qual é o particípio activo do verbo ser? O particípio activo
    do verbo ser é ente. Aquele que é: o ente. Aquele que tem entidade. Assim,
    quando queremos designar alguém com capacidade para exercer a ação que
    expressa um verbo, há que se adicionar à raiz verbal os sufixos ante, ente
    ou inte.
    Portanto, a pessoa que preside é PRESIDENTE, e não “presidenta”,
    independentemente do sexo que tenha. Se diz capela ardente, e não capela
    “ardenta”; se diz estudante, e não “estudanta”; se diz adolescente, e não
    “adolescenta”; se diz paciente, e não “pacienta”.

    Um bom exemplo do erro grosseiro seria:
    “A candidata a presidenta se comporta como uma adolescenta pouco pacienta
    que imagina ter virado eleganta para tentar ser nomeada representanta.
    Esperamos vê-la algum dia sorridenta numa capela ardenta, pois esta
    dirigenta política, dentre tantas outras suas atitudes barbarizentas, não
    tem o direito de violentar o pobre português, só para ficar contenta”.

    • Caro Fred Sailor,
      Por estranho que nos possa parecer, “presidenta” é português PT-pt correcto [Priberan][FLIP].
      Mas por nos parecer (a todos) mais correcto e menos estranho, alterámos o termo para “presidente”.
      Obrigado ainda assim pelo seu reparo. É um privilégio poder contar com ele.

  2. É sempre bom referir que este individuo foi “educado” na Suíça!…
    Esse país “europeu” manhoso que, mais uma vez, vem à baila pelas piores razões!..

  3. Não, o Fred Sailor está 100% correcto !

    Infelizmente os termos que são viciados no Brasil por mera ignorância
    (lembremo-nos das afirmações da demitida Dilma sobre o termo “presidenta” e que tanta gargalhada gerou por cá)
    têm vindo a infiltrar-se injustificadamente pelas nossas “bases de dados” !

    Vejam por exemplo o que acontece no Wikpédia PT-PT … aquilo é PT-BR na sua forma mais refinada
    (acentuação, sintaxe, etc)
    e para mais, nem deixam corrigir os textos de volta para o nosso Português supostamente para … “proteger as grafias próprias de cada País” !!! (há cada anedota …!)

    Por isso, aparecer tal erro no [Priberan][FLIP] já não me espanta nada !

    Cumprimentos.
    Paulo

  4. Todas estas discussões são agora irrelevantes.
    Na hora de realizar acordos, e aí sim (sem querer ferir susceptibilidades nem lembrar mágoas do colonialismo), se deveriam ter levantado todas estas vozes.
    Agora, se bem que tentar manter o nome de Portugal honrado me pareça sempre uma luta válida, só me consigo lembrar do velho ditado, vozes de burro não chegam ao céu.
    São mais os milhões de (BRs; AOs; CVs; MZs etc…) que os PTs, se até países, onde nunca se falou português, entram nos PALOP, o que interessa se uma revolucionaria bombista diz presidenta ou presidente…

RESPONDER

NASA mostra como o furacão Ofélia influenciou os incêndios em Portugal

A estação espacial norte-americana NASA divulgou um vídeo que ilustra o impacto dos furacões que atingiram o Oceano Atlântico, nos últimos meses, mostrando em particular como o Ofélia teve influência nos grandes incêndios que abalaram …

Cesarianas e tempos de espera nas urgências vão condicionar financiamento

Os hospitais com taxas de cesariana superiores a 29,5% ou 31,5%, consoante o grau de diferenciação, não vão receber do Estado o pagamento pelos respetivos episódios de internamento, no âmbito do programa para a redução …

Empresas públicas escondem das Finanças os salários dos gestores

Cerca de metade das empresas públicas não comunicaram dados sobre os salários dos membros do conselho de Administração ao Ministério das Finanças, como está estipulado na Lei. O Correio da Manhã apurou que, em 2016, 118 …

"0 tiros disparados". PSP publica (e depois retira) post polémico sobre tiroteio

O post partilhado no Facebook da PSP, que parecia fazer alusão ao tiroteio que, na semana passada, provocou a morte de uma mulher, já foi retirado desta rede social. "0 tiros disparados", podia ler-se. A PSP …

PJ descarta abuso sexual na Queima das Fitas de Porto e Braga. Autores dos vídeos ainda por apurar

A Polícia Judiciária descartou o crime de abuso sexual nos dois casos, mas mantém a investigação aos crimes de de gravação ilícita e devassa da vida privadas. Dois jovens envolvidos numa cena de sexo num autocarro …

Negociações para formar Governo fracassam na Alemanha

A chanceler da Alemanha, Angela Merkel, lamentou no domingo em Berlim o fracasso das negociações da CDU com os liberais do FDP e com Os Verdes para a formação de um novo governo. Desde as eleições …

Armada argentina duvida que chamadas de satélite sejam do submarino desaparecido

No sábado, bases navais da Argentina anunciaram ter recebido contactos por telefone-satélite que poderiam ter sido feitos a partir do submarino militar argentino Ara San Juan. De acordo com o Diário de Notícias, sete chamadas de …

Morreu o infame Charles Manson

Na sequência dos assassínios brutais que levou a cabo com a sua seita, Charles Manson tinha sido condenado à morte em 1971. Um dos criminosos mais famosos dos Estados Unidos, Charles Manson, líder de uma seita …

Portugal prepara-se para o regresso dos seus jihadistas

As autoridades portuguesas estão a preparar-se para o regresso dos jihadistas que partiram de Portugal para combater nas fileiras do Estado Islâmico. Polícia e entidades de apoio social estão a receber formação para prevenir a …

Criminologista espanhol encontrou a "mulher de roxo" do caso Maddie

A polícia inglesa procurava a "mulher de roxo", que tinha saído da Praia da Luz com o marido - um pedófilo condenado que entretanto morreu -  na mesma altura do desaparecimento de Madeleine McCann, em …