Responsável militar da Coreia do Norte ameaça EUA com ataque nuclear

James Mossman / USAF

-

Um responsável militar da Coreia do Norte ameaçou desencadear um ataque nuclear contra a Casa Branca e o Pentágono, depois de acusar Washington de aumentar as tensões militares na península coreana, foi noticiado esta segunda-feira.

A ameaça foi feita por Hwang Pyong-so, diretor do comité político geral, um órgão militar norte-coreano, num discurso proferido durante uma concentração militar em Pyongyang, no domingo, por ocasião do 61.º aniversário do armistício que pôs fim à Guerra da Coreia (1950-53).

Hwang, um vice-marechal no exército popular norte-coreano, disse que a última série de exercícios militares da Coreia do Sul e dos Estados Unidos, um dos quais incluiu o destacamento de um porta-aviões nuclear norte-americano, tinha elevado as tensões na península coreana.

“Se os imperialistas dos Estados Unidos ameaçarem a nossa soberania e sobrevivência… as nossas tropas vão disparar mísseis armados com ogivas nucleares contra a Casa Branca e o Pentágono – fontes de todo o mal”, disse Hwang no discurso transmitido hoje pela televisão estatal.

Esta não é a primeira vez que a Coreia do Norte ameaça lançar ataques nucleares contra os Estados Unidos e bases norte-americanas no oceano Pacífico.

A maioria dos especialistas acredita que a ditadura comunista está ainda muito longe de desenvolver um míssil balístico intercontinental viável e com o alcance pretendido.

O Norte realizou três testes nucleares, mas os peritos consideram que o regime não conseguiu ainda desenvolver as técnicas para miniaturizar uma ogiva nuclear capaz de ser integrada num míssil.

O regime possui vários mísseis de curto e médio alcance capazes de atingir a Coreia do Sul e o Japão. Nas últimas semanas, a Coreia do Norte disparou vários projéteis para o Mar do Japão.

O último teste – dirigido pelo líder norte-coreano Kim Jong-un – decorreu no sábado e simulou um ataque com mísseis de curto alcance contra a Coreia do Sul, onde estão estacionadas 28.500 tropas dos Estados Unidos, de acordo com os media de Pyongyang.

A 17 de julho, o conselho de segurança da ONU condenou oficialmente a Coreia do Norte pelos últimos testes, em violação das resoluções das Nações Unidas que proíbem o Norte de usar tecnologia de mísseis balísticos.

No domingo, Kim Jong-un – o terceiro líder da dinastia comunista – instou os cidadãos norte-coreanos a manterem vivo o “espírito de defesa da pátria”, durante as celebrações do 61.º aniversário do fim da guerra na península, informou a agência oficial norte-coreana KCNA.

As duas Coreias continuam tecnicamente em guerra, uma vez que o conflito de 1950-53 terminou com a assinatura de um armistício e não de um tratado de paz.

/Lusa

PARTILHAR

1 COMENTÁRIO

  1. Os norte coreanos não passam de tontos com olhos em bico. Esquecem-se que os EUA são uma potência militar nuclear a sério e que possuem material militar moderno e de última geração. O problema é que a Coreia do Norte é um “pau mandado” da China e da Rússia e, ao criar tensões militares na Península da Coreia, está a ir ao encontro dos interesses dos seus dois principais apoiantes. Com mais tensão na península, a China e a Rússia venderão mais tecnologia à Coreia do Norte, para aperfeiçoar o seu programa nuclear. Quanto à guerra de queres fala e cuja eclosão parece estar em stand by, duvido que a actual onda de ameaças verbais seja ultrapassada e desencadeado um conflito militar em larga escala, situação que os dois principais contendores não querem. Ou seja, quero crer que estamos perante uma “guerra da treta”…

RESPONDER

Operação Marquês. Ex-secretário de Estado de Passos Coelho chamado como testemunha

O juiz de instrução da Operação Marquês, Ivo Rosa, decidiu chamar o ex-secretário de Estado das Infraestruturas, Transportes e Comunicações Silva Monteiro como testemunha, avança a SIC Notícias. Segundo apurou a estação televisiva, o ex-governante …

Apple e Goldman Sachs acusados de terem criado cartão de crédito sexista

A Apple e o Goldman Sachs estão a ser acusados de terem lançado um cartão de crédito que discrimina os utilizadores em função do género. Um dos últimos a juntar ao rol de críticas ao Apple …

Grimaldo joga consecutivamente há 68 jornadas (só é ultrapassado por um guarda-redes)

Alejandro Grimaldo está há 68 jornadas a jogar consecutivamente a titular na lateral esquerda do Benfica - são dois anos sem descanso. Os números são avançados pelo desportivo A Bola, que dá conta que o lateral-esquerdo …

"Prática comercial enganosa". NOS obrigada a retirar campanha publicitária sobre 5G

A Associação da Auto Regulação Publicitária (ARP) deu razão a uma queixa da Meo e mandou a NOS retirar uma campanha de publicidade sobre um tarifário móvel 5G por considerar que constitui "uma prática comercial …

Eleição autárquica dos EUA pode ser desempatada com moeda ao ar

Um eleição autárquica numa pequena vila no Ohio, nos Estados Unidos, pode vir a ser decidida com o lançamento de uma moeda ao ar, o famoso jogo do "cara ou coroa". De acordo com o The …

Primeiro aniversário dos Coletes Amarelos. França receia novos tumultos

O clima de tensão regressa a França, com os coletes amarelos a anunciarem a preparação de novas ações para assinalar o primeiro aniversário do início do movimento. A 17 de novembro, o movimento Coletes Amarelos assinala …

Violência leva a mais violência, alerta chefe do Governo de Hong Kong

A chefe do Governo de Hong Kong condenou a “extensa violência” que marcou o dia de greve na cidade, realçando que esta “não resolverá nada” nem fará o Governo ceder aos “apelos políticos” dos manifestantes. Carrie …

Morreu Teresa Tarouca, fadista de "Saudade, silêncio e sombra"

A fadista Teresa Tarouca morreu na madrugada desta segunda-feira, no Hospital S. Francisco Xavier, em Lisboa, aos 77 anos, vítima de pneumonia dupla, disse à agência Lusa fonte próxima da família. O corpo de Teresa Tarouca …

Uma queda da varanda. Morreu fundador dos Capacetes Brancos que Rússia acusou de ser espião

O antigo oficial do exército britânico James Le Mesurier, um dos fundadores do movimento humanitário Capacetes Brancos que tem ajudado milhares de pessoas na Síria, foi encontrado morto perto de casa. Terá caído da varanda …

Nuno foi para a Noruega treinar uma equipa de futebol e acabou como vice-presidente da Câmara de Notodden

Nuno Marques emigrou para a Noruega há 15 anos para treinar uma equipa de futebol e acabou eleito vice-presidente da Câmara de Notodden (Leste), funções que jamais aceitaria em Portugal, onde “o principal problema da …