Coreia do Norte suspende acordo com Sul e ameaça encontro com Trump

Korea Summit Press / EPA

O líder norte-coreano, Kim Jong-un, e o Presidente da Coreia do Sul, Moon Jae-in, na Cimeira de Panmunjom

A Coreia do Norte suspendeu as negociações com a Coreia do Sul e apresentou como motivo os eventuais exercícios militares entre sul-coreanos e norte-americanos.

Em paralelo, o presidente da Coreia do Norte, Kim Jong-un, informou que pode cancelar a cimeira com o presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, marcada para o dia 12, em Singapura. A informação foi divulgada pela agência oficial de notícias norte-coreana KCNA.

Segundo a KCNA, os exercícios militares têm efeito de provocação. “É um desafio flagrante à Declaração de Panmunjom e uma provocação militar intencional que vai contra o desenvolvimento político positivo na Península Coreana”, diz a nota da agência oficial da Coreia do Norte.

Antes, a Coreia do Sul tinha anunciado um acordo com o Norte para manter conversações de alto nível sobre medidas para a desnuclearização na Península Coreana, a aproximação de famílias separadas durante a guerra entre os dois países e futuros acordos em várias áreas.

O mês passado, o líder norte-coreano Kim Jong-un reuniu-se com o presidente sul-coreano Moon Jae-in numa cimeira histórica, tendo na altura anunciado um acordo para que a  Coreia do Norte prescindisse do seu programa nuclear. Sul-coreanos e norte-coreanos procuram uma aproximação política desde janeiro.

A Coreia do Sul também se comprometeu a desmantelar o local de testes nucleares de Punggye-ri até o final de maio, antes da cúpula norte-coreana-norte-americana, e suspendeu o lançamento de mísseis nucleares, mas não se comprometeu a abandonar o programa nuclear.

Em Washington, a porta-voz do Departamento de Estado, Heather Nauert, adiantou que os preparativos para o encontro com Kim Jong-un foram mantidos. De acordo com a porta-voz, não houve nenhuma “notificação” acerca do cancelamento do encontro.

PARTILHAR

10 COMENTÁRIOS

  1. Capeta, tem toda a razão… qual é o sentido de fazer acordos com os EUA e a Coreia do Sul? Então diga-me lá, se você fosse a Coreia do Norte e lhe fosse exigido que acabasse com o seu programa nuclear mas depois a outra parte de recusa a acabar com o dela, o que é que você faria? E quando a única nação do mundo que alguma vez usou armas nucleares contra civis na história, é aquela que quer decidir quem pode e quem não pode ter armas e programas nucleares, da forma que mais convém aos seus interesses de dominância mundial – os EUA. Você acha que a Coreia do Norte só tinha era de se prostrar ante os caprichos dos outros?

    Epá o Kim Jong-Un até já deixou que lhe enfiassem o dedo no cú… Agora, abanar é que não!

  2. A procura da paz pelas duas Coreias é bem vinda. E do ponto de vista humano, porque milhares de famílias ficaram separadas por uma vida, o que é desumano.
    O mesmo não se poderá dizer da intromissão sistemática dos E.U..
    Para as duas Coreias, estou convencido, tudo correria melhor mantendo os E.U, fora das negociações e fora dos acordos.
    A paz, é boa demais, para que muitos interesseiros a desejem!
    E fica a impressão, muitas vezes, que só tem direito à paz, quem para isso for sorteado pelos E.U.
    Uma injustiça à vista de todos, mas que parece ninguém querer ver, principalmente o governo norte-americano.

  3. o mal é todos fazer as vontades aos americanos, se as nassões se unice e metesse eles no lugar veriam os americanos vaixar a coeca, mas enquanto os americanos tiver versais nada irá mudar

  4. Onde os USA estiverem metidos só sai TRAMPA.
    Só quem for ingénuo é que acreditará na boa fé dos Estados Unidos.
    Se por ventura algum dia a amizade e as boas relações vingarem entre as duas Coreias, iremos ver os Estados Unidos, tão colaborantes com a Coreia do Sul, a tornarem-se seu inimigo.
    Nada de bom se pode esperar da corja americana.

  5. Convém esclarecer que o “Eu” não é o “Eu!” – embora eu esteja de acordo com o que ele escreveu!
    Portanto, se quer que alguém respeite a sua opinião, primeiro tem que respeitar a Língua Portuguesa!!

RESPONDER

Polícias de elite da PSP convocados para trabalhar nas obras

Operacionais da Unidade Especial de Polícia (UEP) da PSP estão a ser chamados para colaborarem como voluntários nas obras de remodelação da messe localizada na Quinta das Águas Livres, em Belas, Sintra. Segundo o Correio da …

Portugueses são dos que menos gastam em viagens turísticas

Os portugueses são dos cidadãos europeus que menos gastam em deslocações de turismo, ao desembolsar em média 136 euros por viagem turística, menos de metade da média da União Europeia, de 336 euros, revelam dados …

Ex-diretor da CIA admite recorrer à Justiça contra Donald Trump

O ex-diretor da CIA John Brennan admitiu neste domingo recorrer à Justiça, depois de o Presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, lhe ter cancelado o acesso a informação confidencial e à Casa Branca. “Se esse é …

Trabalhadores da CGD em greve contra a perda de privilégios

O novo Acordo de Empresa que a Administração da Caixa Geral de Depósitos (CGD) pretende implementar está a gerar revolta entre os trabalhadores e já levou à convocação de uma greve para sexta-feira, 24 de …

Asia Argento terá pago a jovem ator que a acusou de assédio sexual

A atriz e realizadora italiana terá pago 380 mil dólares para silenciar um jovem ator e músico que a acusa de assédio sexual quando tinha apenas 17 anos. Asia Argento foi uma das primeiras mulheres da …

Governo está a preparar descida dos impostos e aumento das pensões

São cinco as prioridades do Governo para o próximo Orçamento do Estado, segundo revela Marques Mendes no seu habitual espaço de comentário na SIC, nomeando o aumento das pensões, o alívio no IRS, a descida …

Bomba que matou 40 crianças no Iémen foi vendida pelos EUA em 2015

A bomba que matou de 40 crianças num autocarro escolar no Iémen, a 9 de agosto, foi fabricada pelos Estados Unidos e vendida à Arábia Saudita em 2015. De acordo com a CNN, que avança …

GNR "desfalcada" devido à transferência de mil militares para os incêndios

Nos últimos meses, mais de mil militares da GNR foram "reconvertidos" em bombeiros especialistas, membros do Grupo de Intervenção de Proteção e Socorro (GIPS), que atuam no combate a incêndios. Com esta alocação, a situação …

Em 17 anos, o número de inspetores na educação caiu 41%

Entre 2001 e 2017, o número de inspetores a Inspeção-Geral da Educação e Ciência (IGEC) passou de 304 funcionários a exercer essas funções para 179, registando assim uma queda de 41%. O Sindicato dos Inspetores da …

Mais de 400 mortos nas inundações em Kerala, no sul da Índia

Mais de 400 pessoas morreram na sequência das inundações que atingiram Kerala, na Índia, as mais graves em 100 anos naquele estado do sul do país, de acordo com um balanço feito nesta segunda-feira pelas …