Coreia do Norte pode lançar míssil de longo alcance a qualquer momento

Rodong Sinmun / YONHAP

-

A Coreia do Norte assegurou que pode realizar um teste míssil balístico intercontinental (ICBM) “a qualquer momento e em qualquer lugar”, e acusou os EUA de representarem “uma ameaça nuclear cada vez mais perversa”.

“O ICBM será lançado a qualquer momento e a partir de qualquer localização determinada sob a liderança do líder Kim Jong-un”, afirmou no domingo um porta-voz do Ministério dos Negócios Estrangeiros norte-coreano, citado pela agência estatal de notícias KCNA.

A mesma fonte, que não é identificada, indicou que “o desenvolvimento do míssil balístico intercontinental” faz parte de uma resposta perante a “ameaça nuclear cada vez mais perversa” dos Estados Unidos.

O líder norte-coreano, Kim Jong-un, na sua mensagem de Ano Novo, confirmou que os mísseis experimentais de alcance intercontinental norte-coreanos estavam na “fase final” de desenvolvimento.

A última vez que a Coreia do Norte efetuou um teste de um projétil com estas características foi a 7 de fevereiro de 2016, o que, juntamente com um teste nuclear realizado um mês antes, fez com que a ONU impusesse severas sanções a Pyongyang.

Vários especialistas consideram muito provável que o regime de Kim realize novos testes de armamento no início do ano, para potenciar o desenvolvimento do seu programa de mísseis e armas nucleares.

Pequim opõe-se ao teste balístico da Coreia do Norte

O governo da República Popular da China disse, esta segunda-feira, estar “profundamente preocupado” depois da Coreia do Norte ter anunciado a capacidade para testar um míssil balístico intercontinental “a qualquer momento”.

“A situação atual na península coreana continua a ser complexa e sensível. Urgimos todas as partes a abster-se na escalada da tensão”, disse o porta-voz do Ministério dos Negócios Estrangeiros, Lu Kang, durante uma conferência de imprensa em Pequim.

O porta-voz recordou que o Conselho de Segurança das Nações Unidas tomou posição “de forma explícita” contra o desenvolvimento de mísseis balísticos por parte de Pyongyang, referindo-se às sanções adotadas em 2016 sobre o regime de Kim Jong-un.

“A China vai continuar a acompanhar de perto a situação e a contribuir para manter a paz e a estabilidade na região”, acrescentou.

A República Popular da China, principal apoiante da Coreia do Norte, distanciou-se de Pyongyang nos últimos tempos mas opõe-se igualmente à presença do escudo antimíssil THAAD, instalado pelos EUA, na Coreia do Sul.

ZAP // Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

Esta zebra nasceu com bolas em vez de riscas

No Quénia, foi avistada uma cria de zebra com uma particularidade: em vez de riscas, esta tinha bolinhas brancas. Habitualmente, as zebras com condições semelhantes acabam por não viver durante muito tempo. Um rara cria de …

Há rochas "saltitantes" e colapsos de penhascos no cometa da Rosetta

  Cientistas que analisam o tesouro de imagens obtidas pela missão da Rosetta da ESA descobriram mais evidências de curiosas rochas "saltitantes" e quedas dramáticas de penhascos. A Rosetta operou no Cometa 67P/Churyumov-Gerasimenko entre agosto de 2014 …

PS e BE afastados "porque dá jeito" (e os riscos de andar para trás)

O líder do PSD alertou este domingo para o distanciamento do PS em relação ao BE, porque “dá jeito para as eleições”, notando ser uma tentativa de “limpar” a proximidade dos últimos quatro anos e …

A KLM vai passar a "voar" de comboio

A KLM, que já tinha sugerido que se voasse menos e se viajasse mais de comboio, confirmou que vai retirar um dos voos Bruxelas-Amesterdão, passando os passageiros a efetuar a rota sobre carris, num comboio …

Cientistas fazem reconstrução facial de um guerreiro escocês do séc XV

Cientistas reconstruiram digitalmente o rosto daquele que terá sido um membro poderoso de um clã do século XV da Escócia, que terá morrido num violento conflito com um clã vizinho. Corria o ano de 1957 quando …

Estudo mostra que os golfinhos também já são resistentes aos antibióticos

Um novo estudo realizado nos Estados Unidos mostra que os golfinhos Tursiops truncatus também já mostram resistência aos antibióticos. Não é segredo que os seres humanos usam demasiados antibióticos, tanto que estamos a desenvolver uma resistência …

Indígenas famosos pela sua saúde cardíaca começaram a usar óleo de cozinha (e a engordar)

O povo Tsimane, que vive na Bolívia, tem permanecido relativamente afastado do mundo exterior durante várias gerações, prosperando da terra e praticando formas tradicionais de caça, pesca, agricultura e recolha de alimentos. Durante vários anos, sabe-se …

Mais de 150 detidos em protestos violentos em Paris. Desta vez, sem coletes amarelos

As autoridades francesas detiveram este sábado mais de 150 pessoas numa nova jornada de protestos em Paris, onde coincidiram uma manifestação dos coletes "amarelos" com outras dois em defesa do clima e contra a reforma …

UE deteta 50 a 80 casos de desinformação e fake news russas por semana

O grupo de trabalho do Serviço Europeu de Ação Externa contra a desinformação russa deteta, semanalmente, entre 50 e 80 casos, num total de mais de 6.300 situações identificadas desde 2015, que têm vindo a …

Moreirense 1-2 Benfica | Rafa abre caminho à reviravolta

O Benfica sofreu a bom sofrer para levar de vencida o Moreirense, em casa deste, por 2-1. Os homens da casa marcaram primeiro, por Luther Singh, logo no arranque do segundo tempo, e estiveram na …