Estado põe convento à venda por 5 milhões de euros

O Estado colocou, esta segunda-feira, o Convento de São Francisco, em Setúbal, à venda por 5 milhões de euros. O convento é um monumento classificado pela Direção-Geral do Património Cultural.

O edifício remete ao século XV e tem uma área superior a 62 mil metros quadrados. A Estamo, que gere as propriedades imobiliárias do Estado, colocou um anúncio no seu site para a venda do convento. O preço de referência é de 5 milhões de euros e os interessados têm até ao dia 5 de maio para garantir a compra.

O Convento situa-se na encosta do Forte de S. Filipe, no Parque Natural da Arrábida, e encontra-se já em ruínas. O imóvel é descrito como “a ruína do Antigo Convento de São Francisco e cinco blocos residenciais/turísticos, construídos nos anos 90 pela Casa Pia”.

Segundo avança o jornal Público, o Plano Diretor Municipal de Setúbal (PDM) já previa a construção, sobretudo para habitação, em cerca de 20 mil metros quadrados da área do convento. A nova versão deste plano alarga essa área para quase metade da sua totalidade — 27.800 metros quadrados.

O convento é de arquitetura religiosa, renascentista e barroca, e conta com uma grande importância histórica assinalável na região. Construído em 1410, pertencia à Ordem dos Frades Menores e à Província dos Algarves, que terá sido a primeira ordem religiosa a estabelecer-se em Setúbal. Lá ficou hospedado Filipe III de Castela durante a sua visita a Setúbal, no início do século XVII.

Segundo explica o matutino, o edifício principal já foi reedificado duas ocasiões, nos séculos XVIII e XIX. Foi um dos muitos edifícios gravemente afetado pelo grande terramoto que atingiu Lisboa em 1755. Em 1996, o Convento de São Francisco foi cedido à Casa Pia de Lisboa e foi assinado um protocolo com a Câmara de Setúbal para o realojamento das famílias que lá viviam. O acordo previa também a recuperação do convento para a instalação de um colégio para jovens carenciados.

O projeto acabou por não ter pernas para andar e, em 2004, a Casa Pia de Lisboa devolveu o espaço à Direção-Geral do Património que, desde então, não procedeu à remodelação do convento.

ZAP //

PARTILHAR

9 COMENTÁRIOS

  1. Portugal a ficar sem os aneis.
    Onde eu já ouvi isto… estamos do fim do caminho para novamente a troika vir para manter os funcionarios públicos.

  2. E não houve lá nenhum comuna “torturado” (um simples prisão basta) para todos termos que continuar a pagar aquilo com os nossos impostos?

  3. Se os milionários em Portugal doassem para a restauração, tudo bem, se for o Estado a pagar seremos nós os contribuintes.

  4. É impressão minha ou hoje há por aqui mais malta a comentar?! Será que ficou tudo apeado sem gasoil e viraram-se todos para os PC’s e smartphones? Ou estão todos na fila para abastecer?

  5. Os nossos Governantes, não só os que estão, diria praticamente todos, só vendem.
    E, assim aos poucos o património vai desaparecendo.
    Penso que a pergunta é pertinente, para que precisamos de um Ministério da cultura/património.

  6. Se for para vender a alguém na condição de preservar a arquitectura tudo bem uma vez que o Estado quase nada preserva e esta imagem é bem a prova disso mesmo e são centenas de casos espalhados pelo país fora, mais ridículo ainda quando se vêm arranjos onde o cimento e o tijolo substituem a pedra ou então a que lá põem nem prima da original é.

  7. Para estar a cair, mais vale alguem recuperar.
    Se o estardo tivesse de cuidar de todos os monumentos, andavamos só trabalhar para pagar restauração de monumentos, em de eduação ou saíde.

RESPONDER

Depois do "selo Brexit", os correios da Áustria emitem o "selo corona" impresso em papel higiénico

O serviço postal da Áustria uniu dois pontos da pandemia do novo coronavírus ao criar um selo impresso em papel higiénico que, segundo os correios, as pessoas também podem, a qualquer momento, usar para ajudar …

A Moog celebra os 100 anos do Theremin com um novo instrumento: o Claravox Centennial

Este ano marca o 100º aniversário do Theremin - um dos primeiros instrumentos musicais completamente eletrónicos, controlado sem qualquer contacto físico pelo músico. Para celebrar vai ser lançado o Claravox Centennial. Foi em 1920 que Leon Theremin, …

Depósito inexplorado na Sibéria tem uma das maiores reservas de ouro do mundo

O maior produtor de ouro da Rússia, PJSC Polyus, anunciou esta semana que o seu depósito inexplorado em Sukhoi Log, na região siberiana de Irkutsk, possui uma das maiores reservas mundiais deste metal preciosos. De …

Os novos iPhones não trazem carregador. Apple poupa muito nos custos, mas não no ambiente

A Apple decidiu vender os seus novos iPhones sem carregador ou auscultadores, alegando que a alteração tem em conta o ambiente, uma vez que serão utilizados menos produtos na embalagem dos telemóveis, mas os especialistas …

Caça ao tesouro secular. Lendária ilha pode esconder Santo Graal, manuscritos de Shakespeare e jóias reais

Perto da Nova Escócia, no Canadá, há uma lendária ilha com misteriosos túneis e estranho artefactos. Há quem acredite que esconde o Santo Graal, os manuscritos de Shakespeare e um tesouro de um capitão. Porém, …

Aprender "baleiês" pode evitar choque de navios com o animal

Uma equipa de cientistas da Universidade de Stanford, nos Estados Unidos, tem uma nova ideia para salvar as baleias-azuis em migração das colisões com navios. Durante a época de migração das baleias-azuis, os animais enfrentam sérios …

Afinal, os carros elétricos não são a melhor resposta para combater as alterações climáticas

Os carros elétricos, surgem como alternativas mais sustentáveis aos veículos a gasolina ou gasóleo, podem não ser a melhor forma de combater as alterações climáticas no âmbito dos transportes, de acordo com um novo estudo. …

Seria Jesus um mágico? Há arte romana que parece sugerir que sim

Em alguma arte antiga, Jesus é retratado a fazer milagres com algo na mão que parece ser uma varinha. Investigadores sugerem que se trata de um cajado, que era usado como símbolo de poder. Segundo a …

Nem todos os clubes estão a afundar – alguns estão a prosperar durante a pandemia

Nem todos os clubes estão a sofrer às mãos desta pandemia de covid-19. Alguns deles têm conseguido bons resultados financeiros apesar da crise. A covid-19 provou ser um adversário devastador para o desporto profissional em todo …

Kibus: o aparelho que vai revolucionar a forma como os nossos cães se alimentam

Ter cães como melhores amigos pode ser muito benéfico, mas também traz a sua dose de trabalho e responsabilidades. Levar ao veterinário, dar banho, levar a passear, brincar, dar de comer... No fundo é como …