Conteira: a planta dos Açores que veio para substituir o plástico

Innovation Green Azores / Facebook

Tigela feita a partir de componentes da conteira

Um grupo de investigadores da Universidade dos Açores está a explorar a possibilidade de utilizar a conteira — uma planta invasora —, como substituição ao plástico descartável.

O projeto usa componentes da conteira — que existe em abundância no arquipélago —, para recriar utensílios do quotidiano que possam ser alternativas sustentáveis ao plástico descartável.

“É um dois em um: estamos a encontrar uma solução para combater uma praga e, ao mesmo tempo, a criar valor para solucionar outros problemas”, explica Telmo Eleutério, um dos membros do grupo, ao jornal Público.

Visto que a planta hedychium gardnerianum ameaça a vegetação da região, o grupo de investigadores procurou descobrir de que forma a planta podia ser útil. “Percebemos que tinha todas as capacidades necessárias para substituir o plástico descartável”, conta Telmo.

Efraimstochter / Pixabay

O grupo de investigadores usa o caule e folhas da conteira para criar produtos descartáveis.

“É uma transformação do caule e das folhas, de forma a que sejam prensadas e mudadas em objetos de utilidade corrente, como pratos, copos e talheres, que continuarão a ser descartáveis, mas depois serão biodegradáveis“, explica Roberto Amorim à RTP Açores.

Em 2014, Roberto Amorim levou a ideia até à Universidade dos Açores, dando início ao projeto. Contudo, só em 2018 com o devido financiamento, é que conseguiram prosseguir com mais testes e ensaios.

Até agora, o grupo desenvolveu protótipos de copos, pratos e tigelas, já que a aposta é nos materiais de descarte rápido. “Em geral, um copo permite duas ou três utilizações e um prato cerca de quatro ou cinco”, revela Telmo.

A deterioração do material demora 45 a 90 dias num ambiente fechado. O material serve ainda como adubo natural, fertilizando a terra. Segundo Telmo Eleutério, no prazo de dois anos os produtos vão dar entrada no mercado.

“Podemos criar equilíbrio, valorizar os recursos endógenos e olhar de outra maneira para os recursos naturais que não são vistos com o potencial que podem vir a ter”, explica o açoriano.

Prototypes looking good! #éfeitodeconteira

Publicado por Innovation Green Azores em Terça-feira, 7 de maio de 2019

Além dos pratos, copos e tigelas, o grupo de investigadores também está a trabalhar num outro projeto que tem como objetivo a criação de uma embalagem específica a partir da conteira: as cuvetes para congelados de carne.

A conteira, originária do Himalaia, tem várias flores amarelas e estiletes vermelhos compridos. Segundo a Gulbenkian, a planta é tolerante a vários tipos de solo e pode atingir entre 2 a 4 metros de altura.

DR, ZAP //

PARTILHAR

3 COMENTÁRIOS

Afinal, o buraco negro mais próximo da Terra pode não ser um buraco negro

Um objeto identificado no início deste ano como o buraco negro mais próximo da Terra pode, afinal, não o ser. Depois de reanalisar os dados, diferentes equipas de cientistas concluíram que o sistema HR 6819 …

Rara cobra de duas cabeças e dois cérebros independentes encontrada na Florida

Uma rara cobra com duas cabeças e dois cérebros independentes foi resgatada no estado norte-americano da Florida por uma equipa de especialistas do organização Florida Fish and Wildlife Conservation Commission. Na rede social Facebook, a organização, …

Benfica 2-0 Belenenses SAD | Darwinismo rende arranque histórico

O Benfica cumpriu e venceu o Belenenses SAD por 2-0, no Estádio da Luz, na partida que encerrou a quinta jornada da Liga NOS. Foi o quinto triunfo benfiquista no campeonato em cinco partidas, o …

Uma tarefa doméstica está a poluir sorrateiramente o ambiente

O que vestimos e como lavamos as nossas roupas influencia o número de microfibras sintéticas que libertamos no meio ambiente. Há uma tarefa doméstica a poluir sorrateiramente o ambiente. Um novo artigo científico, publicado na PLOS …

A companhia aérea que faliu devido à covid-19 está de volta

A pandemia de covid-19 foi traiçoeira para muitas empresas. A Flybe, uma das primeiras vítimas, está agora a ressuscitar - e pode voltar a rasgar os céus já no próximo ano. A economia mundial foi muito …

Dormir bem antes de tomar a vacina da gripe pode ajudar a aumentar a sua eficácia

Segundo os especialistas, uma boa noite de sono pode mesmo ajudar a aumentar a eficácia da vacina da gripe, que neste ano ganha particular relevância em plena pandemia de covid-19. De acordo com Matthew Walker, autor …

Há um petroleiro abandonado há mais de uma década nas Caraíbas (e é uma "bomba-relógio")

Um navio de armazenamento de petróleo venezuelano está ancorado no Golfo de Paria, um trecho de mar fechado entre a Venezuela e a ilha de Trinidad, há mais de uma década. Antes de os Estados Unidos …

Portugal deve bater recorde de doentes em cuidados intensivos ainda esta semana

Portugal deverá ultrapassar, esta quarta-feira, o recorde de doentes em unidades de cuidados intensivos, alertou a ministra da Saúde, Marta Temido, em conferência de imprensa sobre a capacidade do Serviço Nacional de Saúde para combater …

A Budapest Eye foi restaurante por um dia (e com estrela Michelin)

Um restaurante com estrela Michelin em Budapeste, na Hungria, ofereceu aos clientes uma experiência gastronómica na famosa roda gigante Budapest Eye. Atraiçoado pela queda de faturação após o desaparecimento de turistas estrangeiros, o restaurante Costes, premiado …

Antigo ministro da Saúde Leal da Costa admite novo estado de emergência

O antigo ministro da Saúde Fernando Leal da Costa defendeu hoje que em algum momento deve ser decretado de novo o estado de emergência, para que o Governo possa tomar medidas na luta contra a …