“Condições desumanas.” Consulado em Angola criticado pela comunidade portuguesa

José Sena Goulão / Lusa

Panorâmica da baía de Luanda, Angola.

Numa carta enviada a várias entidades, um empresário português que vive em Angola há mais de 15 anos denuncia “as inúmeras condições desumanas” a que a comunidade portuguesa no país tem sido sujeita “pelo Consulado Geral de Portugal em Angola”.

De acordo com o Expresso, a missiva foi enviada a várias entidades, incluindo o Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, e o ministro dos Negócios Estrangeiros, Augusto Santos Silva.

“Ao invés de proteger os seus cidadãos, [o consulado] insta-os desumanamente a sujeitarem-se a terem de saber se são escolhidos por via de uma lista, lida por vigilantes em plena rua pública [à porta das instalações da TAP em Luanda], no estrangeiro, sujeitando a população portuguesa a ter de ser amontoar e ser contaminada”, escreveu.

Depois deste email, vários portugueses a residir em Angola descreveram o caos em que se tornou o processo de conseguir lugar num voo para Portugal.

O semanário conta que “centenas de pessoas aguardaram amontoadas e desprotegidas” durante horas até saberem que não conseguiriam embarcar no voo que a TAP realizou para Lisboa na madrugada de quarta-feira. Segundo o empresário, “apenas 5% das pessoas que constavam na lista” conseguiram entrar nas instalações da TAP para formalizar a reserva.

“Os despojados 95% dos cidadãos, a mando do consulado, depararam-se que ao estar a partir das 7 da manhã, para garantir uma senha, só dada pelas 9 horas, foi-lhes dito pelas 12 horas que a senha já não servia de nada, não iriam ser atendidos. Depois de arriscarem a vida a poderem ser contagiados pela Covid-19, foi este o tratamento que tiveram”, lê-se.

Para o empresário, os critérios usados para a elaboração das listas de prioridades para os voos são “muito duvidosos”. “Constatamos claras evidências de tráfico de influência para garantir prioridade”, disse, acrescentando que há muitos portugueses em Angola com “medo” do consulado.

Ao Expresso, o cidadão referiu ainda que “é uma enorme humilhação do nosso Governo apenas ter conseguido enviar um único avião da TAP. Até a Deloitte conseguiu fazer um charter para cuidar dos seus funcionários. Nós estamos aqui retidos a ser gozados e tratados como animais pelo nosso consulado. É dramático, mas é a verdade.”

Contactada pelo matutino, a TAP garantiu que está previsto um novo voo para trazer portugueses de Angola no sábado, a que se junta um voo charter que será operado pela companhia EuroAtlantic.

O voo da TAP transportará clientes “que já tinham voo marcado e que decidiram antecipar o seu regresso”. Contudo, como ainda não se encontra cheio, a companhia vai colocar os restantes lugares à venda no site “assim que receber autorização [do governo de Angola] para operar” a ligação.

ZAP //

PARTILHAR

2 COMENTÁRIOS

  1. … estes feudais nunca mudam, o paladar de comer os mais pequenos. Portugal em nada difere em relação a Angola, ou melhor Angola aprendeu a ser corrupto por Portugal saber isso de cor e salteado, Angola foi o melhor aluno de Portugal.

RESPONDER

Covid-19 já matou mais pessoas em Nova Iorque do que o 11 de setembro

O Estado de Nova Iorque recenseou esta segunda-feira 731 mortos num só dia, elevando o total de vítimas mortais para 5.489 desde o início da pandemia de Covid-19 nos Estados Unidos, indicou o governador Andrew …

Cofundador do Twitter doa 28% da riqueza para causas solidárias. Incluindo combate à Covid-19

O cofundador do Twitter, Jack Dorsey, anunciou que vai doar mil milhões de dólares (920 milhões de euros), 28% da sua riqueza pessoal, para causas solidárias, incluindo a luta contra a pandemia da Covid-19. Numa mensagem …

Reclusos libertados e cortes de água, luz, gás e internet suspensos

Esta quarta-feira, no Parlamento, a esquerda viabilizou o projeto do Governo para libertar reclusos. O PS vai ainda viabilizar as propostas do PCP e do BE que suspendem cortes na água, luz, gás e internet. A …

Pandemia deixa passaporte português mais "forte". É o sexto mais poderoso do mundo

A pandemia desencadeada pelo novo coronavírus oriundo da China (covid-19) tornou o passaporte português mais forte. O documento português subiu uma posição no ranking da Henley Passport Index, estando agora o documento na sexta posição dos …

SAD do Leixões avança para lay-off

A SAD do Leixões propôs ao plantel "que nos próximos três meses, abril incluído, pagaria metade do salário em cada mês, valores que seriam repostos ao longo do trimestre que se seguiria". O plantel do Leixões, …

Rui Pinto colocado em prisão domiciliária

O hacker Rui Pinto, criador do Football Leaks e autor das revelações do caso Luanda Leaks, foi colocado em prisão domiciliária esta quarta-feira. Rui Pinto, que estava em prisão preventiva desde 22 de março de 2019, …

Detidas 33 pessoas desde a renovação do estado de emergência

A PSP e a GNR detiveram, até terça-feira, 33 pessoas pelo crime de desobediência desde 3 de abril, totalizando 141 as detenções feitas desde o início do estado de emergência, indicou o Ministério da Administração …

Bruxelas disponibiliza 300 milhões de euros a pequenas e médias empresas para alavancar investimentos

O programa "Escalar" disponibiliza 300 milhões de euros, através do Fundo Europeu de Investimento, para apoiar investimentos de pequenas e médias empresas "promissoras" que queiram crescer. A Comissão Europeia anunciou que vai disponibilizar 300 milhões de …

Maçonaria cancela eleições e proíbe rituais em sessões virtuais

A pandemia de Covid-19 levou o Grão Mestre do Grande Oriente Lusitano, Fernando Lima, a principal obediência maçónica em Portugal, a cancelar as eleições e a proibir os encontros com rituais maçónicos 'online', visto que …

Mourinho quebra regras e assume que errou ao ir treinar com Ndombele

Fotografias e vídeos divulgados nas redes sociais mostram José Mourinho e os jogadores do Tottenham a treinar juntos e a violar as regras de segurança impostas devido ao surto do novo coronavírus. O Tottenham, treinado por …