Conflito na Coreia do Norte pode “rebentar a todo o momento”

(dp) State Department

O secretário de Estado dos EUA, Rex Tillerson, e o ministro dos Negócios Estrangeiros da China, Wang Yi

A China advertiu esta sexta-feira que “um conflito pode rebentar a todo o momento” na Coreia do Norte, depois das novas ameaças dirigidas pelo Presidente norte-americano, Donald Trump, ao governo de Pyongyang.

O alerta foi feito em conferência de imprensa pelo ministro dos Negócios Estrangeiros chinês, Wang Yi, depois de Donald Trump ter dito na quinta-feira que a Coreia do Norte é um “problema” que “será tratado”.

O chefe da diplomacia chinesa defendeu que “o diálogo é a única saída possível” para o conflito n península da Coreia, no decorrer de uma conferência de imprensa conjunta com o homólogo francês, Jean-Marc Ayrault.

Wang Yi considerou que quem quer que desencadeie um conflito na península coreana “deverá assumir a responsabilidade histórica e pagar o preço“.

“No dossier nuclear norte-coreano, o vencedor não será aquele que tiver as propostas mais duras ou que mostrar mais os músculos. Se ocorrer uma guerra, o resultado será uma situação em que ninguém sairá vencedor“, alertou o ministro chinês, sem se referir diretamente às ameaças do Presidente norte-americano.

Na quinta-feira, Trump abordou a situação na Coreia do Norte depois de os EUA terem largado no Afeganistão a “mãe de todas as bombas”, a sua maior bomba não-nuclear , aquele que é o mais potente dispositivo convencional do arsenal norte-americano.

A Coreia do Norte é um problema, o problema será tratado”, afirmou Donald Trump, que na semana passada esteve reunido com o Presidente chinês, Xi Jinping. Este domingo, Washington enviou um porta-aviões para águas próximas do país.

China apela ao diálogo

Pequim pediu contenção, enquanto Pyongyang ultima os detalhes para as celebrações do aniversário do nascimento do fundador do país, este fim de semana, quando se teme que possa realizar um teste nuclear.

“A China opõe-se sempre com firmeza a qualquer ação suscetível de aumentar as tensões”, afirmou Wang Yi, assinalando que, nesta crise, “o vencedor não será o que faça afirmações mais duras ou exiba mais músculo”.

Wang Yi recordou o dizer chinês “as oportunidades estão sempre nas crises”, para afirmar que o agravamento da tensão devolve atualidade à proposta chinesa de que todas as partes suspendam os ensaios, manobras e atividades militares, como um passo prévio para retomar o diálogo.

kremlin.ru / Wikimedia

O ministro dos Negócios Estrangeiros chinês, Wang Yi

O ministro dos Negócios Estrangeiros chinês, Wang Yi

“Esta é a oportunidade que devemos de procurar e aproveitar”, disse Wang, sublinhando que Pequim está disposto a “escutar qualquer proposta útil”.

Geng Shuang, porta-voz do ministério dos Negócios Estrangeiros, considerou hoje que um teste nuclear por parte de Pyongyang seria “perigoso e irresponsável”.

A China, o principal aliado internacional do regime norte-coreano, é responsável por 90% do comércio da Coreia do Norte. Pequim teme que a queda do regime desencadeie uma onda de refugiados para a China e um reforço da presença de tropas norte-americanas na sua fronteira.

Rússia pede contenção

Também a Rússia, “muito preocupada” com o ressurgimento de tensões na Coreia do Norte, exortou hoje todas as partes a conterem-se e evitar qualquer ação que possa ser interpretada como uma “provocação”, anunciou o Kremlin.

O apelo da Rússia surge após as novas ameaças dirigidas pelo Presidente norte-americano, Donald Trump, ao governo de Pyongyang.

Moscovo está a acompanhar com grande preocupação as tensões crescentes na península coreana. Apelamos a todos os países para mostrar moderação e evitar qualquer ação que possa ser interpretada como uma provocação”, disse o porta-voz do Kremlin, Dmitri Peskov, aos jornalistas.

// Lusa

PARTILHAR

1 COMENTÁRIO

  1. Duma forma ou de outra os Estados Unidos saem sempre a ganhar.
    Se não houver guerra, os Estados Unidos saem fortalecidos pois baixaram a bola a este imbecil da Coreia do Norte e ganharam projecção Politica e incremento de influência nos seus aliados daquela região. Se houver guerra ganham na mesma com a diferença que, neste caso, capitalizam economicamente, senão vejamos, a Coreia do maluco gordo (Norte) jä disse que ataca com armas nucleares a Coreia do Sul ora, a Coreia do Sul é um forte concorrente americano nas areas das tecnologias de ponta ( computadores, telemóveis, componentes eletrónicos, etc), se de facto a Coreia do Norte atacar e provocar um arraso na Coreia do Sul, quem ganhará com essa destruição? Na minha perspectiva ganham os Estados Unidos e, na zona, o Japão e a China ( a China já percebeu o “furo” aliás, e apesar de aliada da C do Norte, já tem aquele discurso do pooliticamente correcto, sem grandes entusiasmos ou tons de ameaça contra os EUA ). Depois de arrasada a C. do Norte, lá virá a China, grande amiga, dar-lhes o ombro e “ajudar” na reconstrução. Saca mercado á Coreia do sul e ainda suga a Coreia do Norte. É de mestre…e já perceberam isso.
    Em suma, acredito que vai mesmo haver confusão, pois todos ganham, excepto o imbecil da Coreia do Norte que agora está prisioneiro da sua própria estupidez. Armou-se em carapau e, como é quase um “Deus” por aquelas bandas, agora seria dificil explicar aquele povo imbecilizado e absolutamente cego pelo seu “Querido lider” , uma “marcha atrás” nas provocações. Seria um sinal de fraqueza perante o seu povo e isso, além de ser mal aceite pelo seu povo, fragilizaria o bicho e o seu regime.

RESPONDER

Sair das redes sociais não garante privacidade

Uma pessoa que saia das redes sociais não tem garantia de privacidade porque os amigos que lá deixou continuam a permitir prever com alguma certeza as suas atividades, segundo um estudo científico. A investigação da equipa …

Hotel condenado a pagar 19 milhões por discriminação religiosa a funcionária despedida

Quando foi contratada pelo hotel Conrad, Marie Jean fez um acordo: não trabalharia ao domingo, para cumprir os seus compromissos religiosos na igreja Bethel Baptist. Marie Jean Pierre era uma imigrante a tentar ganhar a vida …

"Alpinista de biquiní' morre de hipotermia após queda em desfiladeiro

Famosa pelos seus passeios em biquíni pelas montanhas, Gigi Wu caiu de um desfiladeiro e morreu de hipotermia no Parque Nacional Yu Shan, em Taiwan. Gigi Wu, de 36 anos, apelidada de "alpinista de biquíni" pelos …

Crimes de Vale e Azevedo no Benfica prescreveram

O Tribunal da Relação de Lisboa considerou prescritos os crimes de que o ex-presidente do Benfica João Vale e Azevedo estava acusado, relativos ao desvio de dinheiro dos direitos televisivos do clube, disse esta terça-feira …

Suspensão de voos em Gatwick devido aos drones custou quase 17 milhões à easyJet

A transportadora aérea easyJet informou que os custos devido à suspensão da operação em Gatwick, um dos aeroportos que serve Londres, devido à presença de drones, chegou quase aos 17 milhões de euros. Em comunicado enviado …

Passageiro alcoolizado desviou um avião na Rússia

Um avião de passageiros que voava da Sibéria para Moscovo foi desviado por um passageiro que alterou a rota prevista, obrigando-o a aterrar no Afeganistão. O homem estaria alcoolizado e já foi detido. A Associated Press, …

Santana desafia partidos a falar sobre coligações antes das legislativas

O presidente do partido Aliança, Pedro Santana Lopes, desafiou os líderes partidários a dizerem antes das eleições legislativas deste ano se querem alguma coligação pós-eleitoral e com que partidos. Uma coligação pré-eleitoral dos partidos do centro-direita …

Polícia prende cinco suspeitos da morte de Marielle

A operação Os Intocáveis, desencadeada nesta manhã em áreas controladas por milícias do Rio de Janeiro, prendeu cinco suspeitos do envolvimento nos assassinatos da vereadora Marielle Franco e do motorista Anderson Gomes. São integrantes de uma …

Centeno não estará no próximo Governo "para não ter de gerir as consequências" das políticas adotadas

Daniel Bessa, antigo ministro da Economia de António Guterres, alerta que as contas públicas estão "por arames", considerando que Mário Centeno, que lidera a pasta das Finanças no atual Executivo socialista, não fará parte de …

Cientista que criou bebés geneticamente modificados foi despedido

O cientista chinês He Jiankui, que anunciou a criação da primeira modificação genética de bebés, foi acusado pelo Governo chinês de driblar a fiscalização e de quebrar as diretrizes em busca de fama e fortuna. Esta …