Conflito na Coreia do Norte pode “rebentar a todo o momento”

(dp) State Department

O secretário de Estado dos EUA, Rex Tillerson, e o ministro dos Negócios Estrangeiros da China, Wang Yi

A China advertiu esta sexta-feira que “um conflito pode rebentar a todo o momento” na Coreia do Norte, depois das novas ameaças dirigidas pelo Presidente norte-americano, Donald Trump, ao governo de Pyongyang.

O alerta foi feito em conferência de imprensa pelo ministro dos Negócios Estrangeiros chinês, Wang Yi, depois de Donald Trump ter dito na quinta-feira que a Coreia do Norte é um “problema” que “será tratado”.

O chefe da diplomacia chinesa defendeu que “o diálogo é a única saída possível” para o conflito n península da Coreia, no decorrer de uma conferência de imprensa conjunta com o homólogo francês, Jean-Marc Ayrault.

Wang Yi considerou que quem quer que desencadeie um conflito na península coreana “deverá assumir a responsabilidade histórica e pagar o preço“.

“No dossier nuclear norte-coreano, o vencedor não será aquele que tiver as propostas mais duras ou que mostrar mais os músculos. Se ocorrer uma guerra, o resultado será uma situação em que ninguém sairá vencedor“, alertou o ministro chinês, sem se referir diretamente às ameaças do Presidente norte-americano.

Na quinta-feira, Trump abordou a situação na Coreia do Norte depois de os EUA terem largado no Afeganistão a “mãe de todas as bombas”, a sua maior bomba não-nuclear , aquele que é o mais potente dispositivo convencional do arsenal norte-americano.

A Coreia do Norte é um problema, o problema será tratado”, afirmou Donald Trump, que na semana passada esteve reunido com o Presidente chinês, Xi Jinping. Este domingo, Washington enviou um porta-aviões para águas próximas do país.

China apela ao diálogo

Pequim pediu contenção, enquanto Pyongyang ultima os detalhes para as celebrações do aniversário do nascimento do fundador do país, este fim de semana, quando se teme que possa realizar um teste nuclear.

“A China opõe-se sempre com firmeza a qualquer ação suscetível de aumentar as tensões”, afirmou Wang Yi, assinalando que, nesta crise, “o vencedor não será o que faça afirmações mais duras ou exiba mais músculo”.

Wang Yi recordou o dizer chinês “as oportunidades estão sempre nas crises”, para afirmar que o agravamento da tensão devolve atualidade à proposta chinesa de que todas as partes suspendam os ensaios, manobras e atividades militares, como um passo prévio para retomar o diálogo.

kremlin.ru / Wikimedia

O ministro dos Negócios Estrangeiros chinês, Wang Yi

O ministro dos Negócios Estrangeiros chinês, Wang Yi

“Esta é a oportunidade que devemos de procurar e aproveitar”, disse Wang, sublinhando que Pequim está disposto a “escutar qualquer proposta útil”.

Geng Shuang, porta-voz do ministério dos Negócios Estrangeiros, considerou hoje que um teste nuclear por parte de Pyongyang seria “perigoso e irresponsável”.

A China, o principal aliado internacional do regime norte-coreano, é responsável por 90% do comércio da Coreia do Norte. Pequim teme que a queda do regime desencadeie uma onda de refugiados para a China e um reforço da presença de tropas norte-americanas na sua fronteira.

Rússia pede contenção

Também a Rússia, “muito preocupada” com o ressurgimento de tensões na Coreia do Norte, exortou hoje todas as partes a conterem-se e evitar qualquer ação que possa ser interpretada como uma “provocação”, anunciou o Kremlin.

O apelo da Rússia surge após as novas ameaças dirigidas pelo Presidente norte-americano, Donald Trump, ao governo de Pyongyang.

Moscovo está a acompanhar com grande preocupação as tensões crescentes na península coreana. Apelamos a todos os países para mostrar moderação e evitar qualquer ação que possa ser interpretada como uma provocação”, disse o porta-voz do Kremlin, Dmitri Peskov, aos jornalistas.

// Lusa

PARTILHAR

1 COMENTÁRIO

  1. Duma forma ou de outra os Estados Unidos saem sempre a ganhar.
    Se não houver guerra, os Estados Unidos saem fortalecidos pois baixaram a bola a este imbecil da Coreia do Norte e ganharam projecção Politica e incremento de influência nos seus aliados daquela região. Se houver guerra ganham na mesma com a diferença que, neste caso, capitalizam economicamente, senão vejamos, a Coreia do maluco gordo (Norte) jä disse que ataca com armas nucleares a Coreia do Sul ora, a Coreia do Sul é um forte concorrente americano nas areas das tecnologias de ponta ( computadores, telemóveis, componentes eletrónicos, etc), se de facto a Coreia do Norte atacar e provocar um arraso na Coreia do Sul, quem ganhará com essa destruição? Na minha perspectiva ganham os Estados Unidos e, na zona, o Japão e a China ( a China já percebeu o “furo” aliás, e apesar de aliada da C do Norte, já tem aquele discurso do pooliticamente correcto, sem grandes entusiasmos ou tons de ameaça contra os EUA ). Depois de arrasada a C. do Norte, lá virá a China, grande amiga, dar-lhes o ombro e “ajudar” na reconstrução. Saca mercado á Coreia do sul e ainda suga a Coreia do Norte. É de mestre…e já perceberam isso.
    Em suma, acredito que vai mesmo haver confusão, pois todos ganham, excepto o imbecil da Coreia do Norte que agora está prisioneiro da sua própria estupidez. Armou-se em carapau e, como é quase um “Deus” por aquelas bandas, agora seria dificil explicar aquele povo imbecilizado e absolutamente cego pelo seu “Querido lider” , uma “marcha atrás” nas provocações. Seria um sinal de fraqueza perante o seu povo e isso, além de ser mal aceite pelo seu povo, fragilizaria o bicho e o seu regime.

RESPONDER

No regresso ao Superior, o Ministério recomenda aulas presenciais, com máscara e ao sábado

No regresso do Ensino Superior, o Ministério da Ciência, Tecnologia e Ensino Superior recomenda que voltem as aulas em regime presencial com uso obrigatório de máscara e algumas das quais lecionadas ao sábado. Num comunicado …

"A profissionalização é fundamental". Este ano já morreram quatro bombeiros, todos voluntários

Nos incêndios deste ano já morreram quatro bombeiros. O último ano tão mortífero foi 2013, em que sete bombeiros perderam a vida. Em comparação, nos incêndios de 2019, não se registaram vítimas mortais entre esses profissionais. Como …

Portugal só tem 4 fiscais da ferrovia (e cada um tem de inspecionar 811 quilómetros)

O Instituto da Mobilidade e dos Transportes (IMT) tem apenas quatro técnicos afetos à fiscalização do setor. O organismo está a pedir o reforço destes profissionais desde 2014. De acordo com a edição desta quarta-feira do …

Dybala eleito melhor jogador do ano em Itália. Ronaldo fora da lista

O avançado argentino da Juventus foi eleito o melhor jogador da temporada 2019/20 do futebol italiano, enquanto o português Cristiano Ronaldo ficou de fora da lista de premiados. Na nota publicada no site oficial da Série …

Novo Banco registou perdas de 260 milhões à revelia do Banco de Portugal

A equipa António Ramalho terá inscrito nas contas 260 milhões de euros em perdas, passíveis de reembolso, sem falar com o Fundo de Resolução. O Público avança que a equipa de António Ramalho sinalizou, nos resultados …

Pingo Doce

Vídeo denuncia desperdício alimentar em supermercado. Jerónimo Martins está a investigar

Hugo Breda e João Relógio, ambos associados à produtora Swag On, publicaram na suas contas de Instagram um vídeo no qual denunciam o desperdício alimentar numa cadeia de supermercados em Lisboa.  O vídeo publicado nas …

O adeus de uma lenda. Ronaldo, Messi e Buffon despedem-se de "San Iker"

O internacional português Cristiano Ronaldo e o argentino Lionel Messi recorreram às redes sociais para se despedirem de Iker Casillas, que esta terça-feira anunciou o fim da sua carreira.  "Foi um orgulho ter partilhado grandes momentos …

Há trabalhadores que estiveram em lay-off sem direito ao apoio salarial

O apoio destinado a trabalhadores que estiveram em regime de lay-off só se aplica a quem tenha estado nesta situação um mês civil completo. A 19 de junho, o Governo aprovou o decreto-lei que criou o …

Ordenado de 3 milhões e outros tantos em prémios. O contrato de Jesus à lupa

Jorge Jesus, que esta segunda-feira foi oficialmente apresentado como treinador do Benfica, vai ganhar três milhões de euros líquidos temporada, valor a que acrescem outros tantos milhões mediante prémios. Apesar de vir auferir um salário …

Já com luz verde de Bruxelas, Governo quer Banco de Fomento a funcionar no final do ano

O ministro de Estado, da Economia e da Transição Digital disse esta terça-feira à agência Lusa que quer o Banco Português de Fomento a funcionar no final do ano, depois da sua criação ter sido …