Pena agravada para 12 anos. Provocação tão grande que Lula agora quer mesmo ser candidato

Ricardo Stuckert / Instituto Lula

O ex-presidente brasileiro Luiz Inácio Lula da Silva

Um coletivo de juízes confirmou esta quarta-feira a condenação do ex-Presidente Lula da Silva, por corrupção e branqueamento de capitais, no julgamento que decorreu no Tribunal Regional Federal da 4.ª Região (TRF-4), em Porto Alegre.

O segundo magistrado a votar pela condenação do ex-Presidente Lula da Silva foi o juiz Leandro Paulsen, o revisor do processo, e que também deu como comprovado o pagamento de suborno a Lula da Silva, em forma de um apartamento triplex no Guarujá, em troca do favorecimento da OAS em contratos na Petrobras.

O desembargador João Pedro Gebran Neto, o primeiro dos três juízes a pronunciarem-se sobre o recurso apresentado pela defesa do ex-Presidente, tinha já confirmando a condenação de Lula da Silva.

O juiz federal Sérgio Moro, em 1.ª instância, deu como provado que a construtora brasileira OAS entregou a Lula da Silva um apartamento no Guarujá, em São Paulo, em troca de favorecimento em contratos com a Petrobras, condenando o ex-Presidente a nove anos e meio de prisão em julho de 2017.

Leandro Paulsen considerou que o esquema de corrupção na Petrobras foi instalado no início do Governo de Lula da Silva, referindo ainda o esquema de subornos utilizado pelas construtoras, como a Odebrecht, para obter favorecimentos e que posteriormente se viram envolvidas nas investigações da Operação Lava Jato.

Para Paulsen, a Operação Lava Jato “desbaratou” o esquema de corrupção na Petrobras, “mas se dirigiu indistintamente” a quem cometeu os crimes de corrupção, para além do PT, como políticos e agentes ligados a outros partidos como o PMDB, o PP e PTB.

A atuação de Lula da Silva no esquema de corrupção da Petrobras “é inequívoca” e Lula da Silva agiu “por ação e por omissão” para a realização dos atos de corrupção na Petrobras, considerou ainda o mesmo juiz.

O revisor indicou que o ex-Presidente foi o “garante do funcionamento do esquema de corrupção” na Petrobras, através dos diretores da companhia, para o financiamento dos partidos da coligação governamental e em “benefício pessoal e direto” do ex-Presidente.

O desembargador e relator do processo, João Gerban Neto, confirmou a sentença de corrupção e branqueamento de capitais e aumentou para 12 anos e um mês a pena ao ex-presidente, e ainda 280 dias de multa. O juiz determinou ainda que a pena só seja cumprida após esgotados os recursos.

Gerban, ao aumentar a pena, disse que a culpa de Lula é “extremamente elevada” pelo cargo que ocupava.

Lula era “um dos articuladores, se não o principal articulador” do esquema de corrupção na Petrobras, disse Gebran Neto, que apresentou vários depoimentos de pessoas ligadas ao caso do apartamento, referindo que há prova de que o tríplex da OAS foi destinado a para Lula da Silva, como suborno, em troca de favorecimentos na Petrobras.

Devido à Lei da Ficha Limpa, Lula da Silva poderá não conseguir candidatar-se às presidenciais de outubro, com a confirmação da sentença em 2.ª instância. No entanto, o ex-Presidente pode usar falhas legais para se candidatar e continua a liderar as sondagens de intenção de voto realizadas. Em março de 2016, um novo capítulo começou na vida do ex-Presidente, quando foi preso pela Polícia Federal.

Lula da Silva foi levado da sua casa, na periferia de São Paulo, para depor na polícia, na altura suspeito de ter enriquecido ilegalmente com a corrupção na Petrobras, num esquema de fraude e lavagem de dinheiro que atravessa a elite política brasileira e que está a ser investigado no âmbito da Operação Lava Jato.

“A provocação é tão grande que agora quero ser candidato à Presidência”. E Dilma apoia

“Agora quero ser candidato à presidência”, disse Lula da Silva. O antigo Presidente Luiz Inácio Lula da Silva tinha avisado que se iria bater até ao fim, qualquer que fosse a decisão dos juízes, para ser elegível na próxima eleição de outubro, para as quais tem sido considerado o grande favorito.

Ao discursar para os apoiantes, Lula insistiu na inocência, depois de a Justiça ter aumentado a sua condenação por corrupção para 12 anos, assegurando: “A provocação é tão grande, que agora quero ser candidato à Presidência”.

Em tom desafiante, perante uma praça a abarrotar com milhares de apoiantes, Lula acusou: “Fazem tudo para evitar que possa ser candidato, não é ganhar, apenas ser candidato. Mas a provocação é tão grande que agora quero ser candidato a Presidente da República”.

O político disse que, se cometeu um crime, “que lho apresentem” e que caso o façam “desiste da candidatura”.

Dilma Rousseff, que lhe sucedeu na presidência, também já reagiu, através de uma nota de imprensa que colocou na sua página na rede social Facebook.

Aí, Rousseff afirmou: “Vamos garantir o direito de Lula concorrer à Presidência da República, nas ruas e em todos os recantos e cidades do Brasil. Mesmo quando nos golpeiem, como hoje, vamos lutar ainda mais”.

No seu texto, a ex-Presidente apelou a uma reação contra a “decisão injusta tomada pelo Tribunal Regional Federal da 4.ª região, em Porto Alegre, ao confirmar a sentença absurda e facciosa que condenou o antigo Presidente Lula”.

Rousseff considerou ainda que “a inocência do ex-Presidente Lula e a perseguição política expressa na sua condenação impedem o restabelecimento da normalidade democrática e a pacificação do país”.

// Lusa

PARTILHAR

4 COMENTÁRIOS

  1. É pratica rotineira dos comunistas se defender trocando a causa pelo efeito.. Isso explica os pronunciamentos “obtusos” de pessoas com lula dilma

    • esqueceu de falar em gleisi, essa nazista de foice e martelo, que numa reuniao do pt…pediu sangue nas ruas … para evitar a destituiçao de dilma!!!!

    • esqueceu de falar em gleisi, essa nazista de foice e martelo, que numa reuniao do pt…pediu sangue nas ruas … para evitar a destituiçao de dilma!!!!

  2. todos sabemos que a unica maneira da america latina sair debaixo da pata dos amaricanos sera seguir democratica e unida e conseguir na unificaçao da mercosol e do pacto andino, para recrear a america rica e prospera sonhada por tantos…e sempre destruida pelo poder do dolar e da influencia do EU. todos sabemos que uma das formas que a cia descobriu para desunir os povos da america foi favorecer o aparecmento de corruptos populistas de esquerda no seio dos povos latinos. … lula foi a principal lança de discordia na mercosul, e a sua subserviencia a america que lhe deu a presidencia do brasil levou a que sua aliada marina silva se distanciasse e saisse ate do governo .
    veja se a venezuela que passou todos os limites do toleravel no campo democratico e ate humano e veja se o assobiar para o lado dos americanos trumps ou nao trumps…. neste caso… esfregando as maos de contentes pela destabilizaçao de uma america do sul que precisa de unidade e democracia. sabemos que os comunistas no brasl estao contando com o apoio de trump para tentarem colocar de novo na presidencia um seu fantoche….e claro os midia internacionais , fazendo uma campanha rasca para enaltecer a posiçao do seu fantoche condenado pela justiça por crimes de lavagem de dinheiro e corrupçao.no dia em que a america do sul se unir… o dolar vai virar papel de confeti!!!! e o mundo vai respirar melhor.
    lula para a prisao ja!!!! a naçao mais rica e mais poderosa da america do sul nao pode ficar nas maos de comunistas mais a mais refens do poder do dolar. lula e dilma e gleisi…. para guantanamo!!!!

RESPONDER

Marcelo Rebelo de Sousa promulgou a nova lei da paridade (mas com alguns parêntesis)

O Presidente da República promulgou a nova Lei da Paridade. A lei estabelece que as listas para a Assembleia da República, para o Parlamento Europeu e para as autarquias locais têm de assegurar a representação …

Cientistas descobrem o que provocou três eras glaciais na Terra

Cientistas estadunidenses calcularam que um evento geológico repetido deu origem às três últimas eras glaciais no nosso planeta, a última das quais ainda mantém o seu gelo nas regiões polares. Segundo a revista Science, a responsável …

A Terra pode guardar um Oumuamua no seu interior

Uma parte da terra que pisamos poderia vir, literalmente, de outras regiões da galáxia - áreas muito distantes do local onde o planeta está localizado e que para chegar até aqui teriam que viajar anos-luz …

Há um planeta mais próximo da Terra do que Vénus

A partir do Sol, a ordem dos primeiros planetas começa com Mercúrio, depois Vénus e depois a Terra. Então, Vénus é o planeta mais próximo do nosso? A resposta é: depende. Uma equipa de cientistas acaba …

O fim das consolas está à vista. Google lança serviço de videojogos na "nuvem"

A Google apresentou o seu novo serviço de jogos na "nuvem", Stadia, na Game Developers Conference (GDC), em São Francisco. O serviço não precisa de nenhuma consola e pode ser jogado em qualquer plataforma. O CEO …

Câmaras escondidas em hotéis filmavam hóspedes sem consentimento

O escândalo foi revelado na Coreia do Sul, onde dois homens foram presos por esconder câmaras em hotéis, que transmitiam as imagens em direto para um site, onde havia quem pagasse dinheiro para ver as …

Mesquita Nunes quer ser feliz (e que haja espaço nos partidos para quem tem vida profissional)

Adolfo Mesquita Nunes defende que "tem de haver espaço nos partidos para quem tem vida profissional". O antigo vice-presidente do CDS/PP apresentou a sua demissão do partido para assumir funções na administração da Galp. "Tem a …

Finlandeses são o povo mais feliz do mundo

A Finlândia lidera, pelo segundo ano consecutivo, um ranking da ONU das populações mais felizes, onde os investigadores dizem que os níveis de felicidade no mundo estão a diminuir. O Relatório Mundial sobre a Felicidade de …

Condenado por homicídio com provas semeadas pela Polícia vai receber 13 milhões de dólares

O Conselho de Supervisores de San Francisco, nos Estados Unidos (EUA), aprovou na terça-feira uma indemnização de 13,1 milhões de dólares (cerca de 11,5 milhões de euros) a um homem que passou mais de seis …

Manhattan vai crescer para se proteger das mudanças climáticas

O responsável de Manhattan, Bill de Blasio, anunciou o seu plano de expandir o litoral de Manhattan até o East River para proteger a parte baixa de Manhattan, centro dos mercados financeiros da cidade, dos …