Comandante Nacional da Proteção Civil demite-se

Estela Silva / Lusa

O coronel António Paixão demitiu-se esta segunda-feira do cargo de comandante operacional da Autoridade Nacional de Proteção Civil (ANPC) por divergências com o Governo. O coronel José Manuel Duarte da Costa irá substituí-lo.

De acordo com um comunicado do Ministério da Administração Interna divulgado na segunda-feira, o coronel António Francisco Carvalho da Paixão “pediu a exoneração do cargo por motivos pessoais“.

No entanto, a RTP, que avançou a notícia, disse que António Paixão estaria já em rota de colisão com o Governo, cinco meses depois de ter tomado posse.

O episódio que terá levado à sua demissão aconteceu na passada sexta-feira, quando o Presidente da Liga dos Bombeiros Portugueses, Jaime Marta Soares, acusou o ex-comandante de ser “prepotente”, “incompetente” e “uma pessoa em que não se pode confiar para o lugar em que está”.

No entanto, aquando da notícia da demissão de António Paixão, o presidente da Liga dos Bombeiros Portugueses elogiou a mudança.

“Para mim, a razão da demissão foi ter honestidade, ter interpretado que não seria capaz de exercer esta função tão complexa. Penso que ele refletiu, analisou, ponderou e numa atitude de honestidade, optou não por continuar”, disse hoje à agência Lusa Jaime Marta Soares.

Entretanto, o Ministério da Administração Interna, liderado por Eduardo Cabrita, já anunciou que António Paixão será substituído pelo coronel José Manuel Duarte da Costa.

“O secretário de estado da Proteção Civil, José Artur Neves, designou o Coronel Tirocinado José Manuel Duarte da Costa para exercer as funções de Comandante Operacional Nacional do Comando Nacional de Operações de Socorro da Autoridade Nacional de Proteção Civil, sob proposta do presidente da Autoridade Nacional de Proteção Civil, Tenente-General Carlos Mourato Nunes.”

António Paixão foi nomeado para o cargo em novembro passado, em substituição de Rui Esteves, que se demitiu em setembro.

Fonte do grupo parlamentar do CDS anunciou esta segunda-feira à noite que o partido quer ouvir “com urgência” o ex-comandante no Parlamento. “O CDS quer ouvir com carácter de urgência na Assembleia da República o Comandante Operacional Nacional da Proteção Civil, António Paixão, sobre o seu pedido de exoneração e a falta de planeamento e execução do dispositivo de combate a incêndios florestais para 2018”.

Bombeiros profissionais criticam mudanças a “meio da época” na Proteção Civil

O presidente da Associação Nacional dos Bombeiros Profissionais, Fernando Curto, criticou a mudança “a meio da época” do comandante da Autoridade Nacional da Proteção Civil e a escolha de um militar para o lugar.

Em declarações à Lusa, Fernando Curto considerou que a alteração “a meio da época”, numa fase de preparação para os períodos críticos de incêndios, indica que “algo não está bem”, sobretudo quando António Paixão, que se demitiu na segunda-feira alegando razões pessoais, foi nomeado para o cargo há apenas cerca de cinco meses.

Fernando Curto referiu que “os bombeiros vão continuar a fazer o seu trabalho de bombeiros”, mas manifestou-se preocupado, porque existe um dispositivo de combate a incêndios, com um comandante nomeado há pouco tempo, e o seu sucessor terá de iniciar rapidamente funções, em vésperas do período mais perigoso de fogos florestais: “A esta altura, não se pode dar ao luxo destas mudanças“.

O dirigente da ANBP receia que, “quer em termos de bombeiros como de carreiras”, o Governo, com a nomeação do coronel Duarte da Costa, “militarize os bombeiros”, lamentando que as reivindicações da sua associação “não tenham sido ouvidas”.

“Os bombeiros querem ter um papel fundamental e querem um comandante dos bombeiros que seja dos bombeiros, e não dos militares”, reforçou.

Fernando Curto duvida que a demissão do comandante da ANPC tenha sido motivada por razões pessoais e prefere acreditar em razões “técnico-operacionais e estratégicas”, porque a nova temporada de incêndios, alertou, “está a ser preparada de forma desajustada”.

Enquanto bombeiro há 30 anos e representante de uma força de socorro que colabora com a ANPC, disse ainda ter “o direito a saber por que se demitiu” o comandante da ANPC.

ZAP // Lusa

PARTILHAR

2 COMENTÁRIOS

  1. Hummmmmmm!Isto é tudo estranho. Mas na proteção civil, com este governo, sempre tudo foi muito estranho.
    Soube que nuns casos quiseram empurrar pasteleiros para comandantes distritais da proteção civil. Será que o conhecimento do fabrico dos mil-folhas é relevante para o combate aos incêndios? Fica a dúvida para alguém mais iluminado do que eu.

RESPONDER

NASA revela novos fatos espaciais que os astronautas vão levar para a Lua (e são pura ficção científica)

A NASA apresentou na terça-feira, na sua sede, em Washington, Estados Unidos, os novos fatos espaciais que os astronautas da missão Artemis vão usar em 2024, quando voltarem à Lua. Fatos feitos em modelos 3D, à …

Panama Papers. Mossack Fonseca não gostou do filme e processou Netflix por difamação

A dupla de sócios do escritório de advogados Mossack Fonseca, envolvido no caso “Panama Papers”, moveu um processo em tribunal por difamação contra a Netflix. A plataforma anuncia a estreia, para esta sexta-feira, do filme “Laundromat: …

Porsche e Boeing unem-se em projeto de táxi aéreo premium

A Porsche e a Boeing estão a unir esforços para explorar o mercado de mobilidade área urbana. Aproveitando os seus pontos fortes, as duas empresas prometem desenvolver um táxi aéreo para o futuro. Numa verdadeira fusão …

Fotografia com pombos? Na Tailândia, há "profissionais" contratados para assustá-los

A área de uma das portas da cidade, Tha Pae, parte do que resta da muralha vermelha que protegia a cidade antiga em Chiang Mai, na Tailândia, é uma das maiores atrações turísticas locais. Os turistas …

Sky News lança canal sem qualquer notícia sobre o Brexit

O canal Sky News Brexit-Free foi esta quarta-feira para o ar às 17h horas, sendo que os seus programas serão transmitidos até às 22h, de segunda a sexta-feira. O grupo de televisão britânico Sky vai lançou …

Vacina contra o cancro da mama pode estar disponível dentro de 8 anos

Investigadores da Clínica Mayo desenvolveram uma vacina contra o cancro ovário e da mama que poderá estar disponível comercialmente dentro de apenas oito anos. A ideia da vacina é estimular o próprio sistema imunológico dos pacientes …

Busca pelo avião de Amelia Earhart só encontrou chapéus, detritos de um naufrágio e uma lata de refrigerante

A mais recente busca pelos restos do avião de Amelia Earhart, a famosa aviadora americana que desapareceu sobre o Pacífico em 1937, terminou sem resultados. De acordo com o jornal norte-americano The New York Times, a investigação …

Protestos em Hong Kong. LeBron acusado de apoiar regime chinês

A super estrela do basquetebol LeBron James juntou-se à polémica entre a NBA e a China, após apelidar de “mal-informado” o treinador dos Houston Rockets, Daryl Morey, que expressou apoio aos manifestantes em Hong Kong …

Acordo para o Brexit está "prestes a ficar fechado"

A chanceler alemã, Angela Merkel, e o Presidente francês, Emmanuel Macron, disseram esta quarta-feira que um acordo para o Brexit está em finalização e poderá ser apresentado quinta-feira para aprovação no Conselho Europeu. "Quero acreditar que …

Em Chernobyl, estão a desaparecer "as memórias que as pessoas deixaram para trás"

Chernobyl é, atualmente, a maior atração internacional da Ucrânia e o novo presidente, Volodymyr Zelenski, já apresentou um projeto para trazer ainda mais turistas. No entanto, estão a desaparecer "as memórias que as pessoas deixaram …