Coletes Amarelos: novo sábado de violência em Paris

Yoan Valat / EPA

Mobilizados há mais de cinco meses, os “coletes amarelos” voltaram este sábado às ruas para o seu “acto XXIII” marcado por uma nova escalada da tensão entre manifestantes e forças de autoridade.

Tiros de gás lacrimogéneo, lojas e mobiliário urbano danificado. O 23° sábado consecutivo de manifestações dos “coletes amarelos”, mobilizados desde há cinco meses em França, foi marcado por novo aumento da violência em Paris. Na próxima quinta-feira, Emmanuel Macron deverá anunciar as tão esperadas respostas à crise.

A fechar uma semana marcada pelo incêndio que devastou Notre-Dame, que levou o presidente francês a anular o anúncio das reformas prometidas saídas do Grande Debate Nacional, este novo sábado de protesto foi anunciado como um “ultimato” ao chefe de Estado.

Segundo dados do Ministério do Interior, 27.900 pessoas manifestaram-se em toda a França, das quais 9.000 em Paris, números que mostram um decréscimo da mobilização a nível nacional. Todavia, na capital o número de manifestantes quase duplicou.

Os coletes amarelos contestam os dados do Ministério do Interior e falam em 100.000 manifestantes em todo o país.

Nas ruas desde Novembro, os “coletes amarelos” reivindicam o aumento do poder de compra, mais justiça social e mais democracia. O protesto deste sábado ocorre num contexto de críticas aos milhões arrecadados para a reconstrução da Catedral de Paris e ausência de respostas para as reivindicações do movimento.

Os primeiros confrontos deste sábado aconteceram na Praça da Bastilha, estendendo-se depois à Praça da República. Várias motas foram incendiadas e, aos polícias, os manifestantes gritaram repetidamente “suicidem-se”, numa alusão à vaga de suicídios, sem precedentes, que desde o início do ano assola a corporação.

De acordo com as autoridades, até ao momento, foram detidas para interrogatório 227 pessoas, e a polícia realizou mais de 20 mil controlos preventivos em Paris.

RFI // RFI

PARTILHAR

RESPONDER

Fotografia da NASA demonstra Teoria da Relatividade Geral de Einstein

O aglomerado Abell 2813 tem tanta massa que atua como uma lente gravitacional, fazendo com que a luz de galáxias distantes se curve à sua volta. A lente gravitacional acontece quando a massa de um objeto …

Astrónomos descobrem uma super-Terra perto de uma estrela gelada

Uma equipa de investigadores descobriu uma super-Terra a orbitar GJ 740, uma estrela anã fria localizada a cerca de 36 anos-luz do nosso planeta. Nos últimos anos, os cientistas têm levado a cabo uma busca exaustiva …

Já pode "adotar" um pedaço de Notre-Dame para ajudar na sua reconstrução

Uma organização está a dar a oportunidade de o público ajudar na reconstrução de artefactos específicos da catedral de Notre-Dame, em França, que foi parcialmente destruída por um incêndio em 2019. De acordo com a cadeia …

Proporção divina identificada na gerbera

Descobrir como se formam os padrões distintos e omnipresentes das cabeças das flores tem intrigado os cientistas há séculos. Quando se pede a alguém que desenhe um girassol, quase todas as pessoas desenham um grande círculo …

Audi apresenta o novo Q4 e-tron que traz uma autonomia até 520 km

Ainda antes do verão, a Audi vai colocar no mercado o seu primeiro SUV elétrico concebido de raiz e não adaptado a partir de uma plataforma concebida para motores a combustão. O Q4 e-tron destaca-se pela …

Vanuatu em alerta depois de um corpo com covid-19 ter dado à costa

Vanuatu proibiu viagens de e para a sua principal ilha três dias depois de ter dado à costa um corpo de um pescador filipino, que testou positivo à covid-19. De acordo com a Radio New Zealand, …

Cientistas russos querem criar a primeira vacina comestível contra a covid-19

O Instituto de Medicina Experimental de São Petersburgo, na Rússia, anunciou o seu plano de concluir dentro de um ano os testes pré-clínicos da primeira vacina comestível do mundo contra o novo coronavírus. Em entrevista à …

Em plena crise política, o país mais pobre das Américas ainda não recebeu nenhuma vacina

Numa altura em que a maior parte dos países já têm o processo de vacinação a decorrer, o governo do Haiti ainda não garantiu uma única dose da vacina contra o coronavírus. O país mais pobre …

Afinal, Leonardo da Vinci não esculpiu o busto de Flora

Está terminada a controvérsia que durou mais de cem anos após a aquisição do Busto de Flora em 1909, por Wilhelm von Bode. A datação por radiocarbono revelou, recentemente, que a obra não foi …

Crise climática "implacável" intensificou-se em 2020, diz relatório da ONU

Houve uma intensificação "implacável" da crise climática em 2020, com a queda temporária nas emissões de carbono devido ao confinamento a ter um impacto pouco significativo nas concentrações de gases de efeito de estufa, revelou …