Coletes amarelos feridos querem criar o movimento “os mutilados”

Yoan Valat / EPA

Os manifestantes feridos pela polícia francesa que pertencem ao movimento social “coletes amarelos” decidiram formar um grupo denominado “Os Mutilados” e apelaram à presença na manifestação em Paris de 26 de maio.

“Decidimos formar um grupo, ‘Os Mutilados’, por exemplo” contou Robin Pages, numa conferência de imprensa realizada em Gennevilliers (Paris), manifestante que sofreu uma lesão grave no pé em 2017 em Bure (nordeste), onde está previsto ser construído um aterro para lixo nuclear.

No domingo, 19 pessoas que ficaram feridas com balas de borracha ou por granadas lançadas pela polícia apresentam o movimento que, dizem, pretende “combater a repressão ultraviolenta” e deseja proibir o “uso destas armas de guerra”.

“Estão aqui e estão apenas 26 olhos a olharem para vocês. Façam as contas”, afirmou Jerome Rodrigues, um dos “coletes amarelos” feridos numa manifestação realizada em janeiro, em Paris. Cada um dos presentes contou a forma como os ferimentos os abalaram ou a incapacidade que têm “de se olhar para o espelho.”

“À noite temos insónias, pesadelos, é o horror diário tentar lutar da melhor maneira possível com uma mão só”, disse Sébastien Maillet, que ficou sem uma mão na manifestação de Paris a 9 de fevereiro.

No sábado, vários milhares de “coletes amarelos” mobilizaram-se novamente em diversas cidades de França, apesar do recente anúncio de medidas do Presidente Emmanuel Macron em resposta à crise social no país. Segundo dados do Ministério do Interior, estavam registados este domingo 5.500 manifestantes em todo o país, 2.600 dos quais em Paris.

Na semana passada à mesma hora, o número de manifestantes era de 9.600, dos quais 6.700 na capital francesa. Há mais de cinco meses que os “coletes amarelos” saem à rua todos os sábados para pedir mais justiça social e fiscal, em desfiles por vezes entremeados de violência.

// Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

Metro de Nova Iorque pede à Apple para melhorar sistema de reconhecimento facial

A autoridade que gere o metro de Nova Iorque, nos Estados Unidos, pediu à gigante tecnológica Apple para melhorar o reconhecimento facial dos seus dispositivos depois de serem observados vários passageiros a retirar a máscara …

Rival da Tesla diz que o seu carro terá uma autonomia de 832 quilómetros

A empresa Lucid Motors, concorrente direta da Tesla no mercado automóvel elétrico, afirma que o seu carro Air terá uma autonomia de 832 quilómetros. A confirmar-se a autonomia deste carro, o automóvel da Lucid Motors ultrapassará …

Moradores das Maurícias estão a cortar o próprio cabelo para ajudar a evitar um desastre ambiental

Moradores das Maurícias estão a cortar o seu próprio cabelo para para tentar minimizar os danos causados pelo derrame de petróleo de um navio janponês encalhado nos recifes de coral ao largo da ilha. Estima-se que …

Atalanta 1-2 PSG | Reviravolta épica vale bilhete para as “meias”

Um final impróprio para cardíacos e o epílogo perfeito num excelente jogo. O PSG esteve a perder desde o minuto 27, mas em apenas três minutos dos descontos deu a volta ao texto diante da …

Um emblemático transplante nos EUA aconteceu graças a um coração "roubado"

Um dos primeiros transplantes de coração realizados no mundo aconteceu no Estados Unidos. O que muitos não sabem é que este caso de sucesso também deu aso ao primeiro processo civil no país por homicídio …

"Pandemia de sem-abrigo" nos EUA. Há 30 milhões de pessoas sob risco de despejo

Nos Estados Unidos da América avizinha-se uma "pandemia de sem-abrigo". Até ao final de setembro, 30 milhões de norte-americanos estão em risco de despejo devido à covid-19. Nos Estados Unidos, a pandemia de covid-19 pode estar …

Tráfego nas autoestradas cai para quase metade. Foi o pior trimestre de sempre

A rede da Associação Portuguesa das Sociedades Concessionárias de Autoestradas ou Pontes com Portagens (APCAP) registou de abril a junho "o pior trimestre de circulação e tráfego médio desde que há registos", recuando 46% devido …

Bielorrússia cortou acesso à internet e tentou fazer com que parecesse um acidente

No seguimento da reeleição de Alexandr Lukashenko na Bielorrússia, multiplicam-se os apagões de internet. O Governo diz que se trata de um ataque cibernético, mas há suspeitas de que seja um plano do presidente. Os protestos …

Resgatados 28 cães sem registo ou vacinas de barracões onde também vivia a proprietária em Lisboa

Vinte e oito cães foram retirados pela PSP terça-feira de barracões em Lisboa onde também vivia a proprietária, avança a agência Lusa, detalhando que os animais serão depois colocados para adoção.  Os animais foram posteriormente recolhidos …

Pela primeira vez em 300 anos, é possível visitar esta ilha em Cabo Cod

Pela primeira vez em 300 anos, uma ilha ao largo da costa de Cabo Cod, península em forma de gancho no estado norte-americano de Massachusetts, está aberta ao público. A Ilha Sipson é propriedade privada desde …