“Coletes Amarelos” chegam a Portugal a 21 de dezembro e querem parar o país

Yoan Valat / EPA

O evento, marcado para o dia 21 de dezembro e inspirado nos “Coletes Amarelos” franceses, ganha cada vez mais dimensão nas redes sociais: mais de 13 mil pessoas confirmaram presença.

Depois de França, é a vez de Portugal. A paralisação está a ser convocada no Facebook com o mote “Vamos Parar Portugal Como Forma de Protesto“. Mais de 13 mil pessoas já confirmaram presença e cerca de 40 mil demonstraram interesse em participar. A manifestação está agendada para dia 21 de dezembro, uma sexta-feira.

Na imagem do evento surgem manifestantes com coletes amarelos vestidos, numa forte alusão aos protestos que têm provocado uma onda de violência nas ruas francesas.

São seis os organizadores do evento que foi criado há pouco mais de três semanas “sem ligação a qualquer partido político e de forma independente“. Segundo o JN, os organizadores vivem na Zona do Oeste, são operadores de telemarketing, pasteleiros e há até um instrutor de artes marciais.

A ideia surgiu com a vontade de paralisar a A8 mas em poucos dias viram essa ambição crescer. Desta forma, adianta o diário, para além do buzinão na Ponte 25 de Abril e no Marquês, em Lisboa, para dia 21 estão pensadas manifestações no Porto, no Fórum Algarve e em frente à Câmara Municipal de Beja.

Na descrição da página de Facebook, os organizadores adiantam que este movimento nasceu da constatação de que Portugal é “um dos países que recebe menos, paga mais impostos e ficamos caladinhos como sempre”.

“Temos países a receber o dobro de nós, e assim que existe algo que não agrade, reclamam, exigem, protestam até serem ouvidos, e Nós Portugueses??? Chega, vamos dizer basta ao aumento dos combustíveis, portagens e tudo o resto que está mal!”, afirmam.

Rumores de conotação à extrema-direita

Pelas redes sociais tem também surgido a ideia de que este protesto terá conotações com a extrema-direita. O Polígrafo, site que se dedica à confirmação de factos, foi confirmar este dado e constata que “três dos seis organizadores” do protesto “têm publicações de cariz extremista e xenófobo nas respectivas páginas no Facebook”, com “mensagens de apoio a Jair Bolsonaro no Brasil” e “demonstrações de saudosismo pelo regime de António de Oliveira Salazar em Portugal”.

O protesto está também a ser promovido na rede social pelo Partido Nacional Renovador (PNR), cuja ideologia é de extrema-direita.

A PSP “está a acompanhar a situação” e, segundo o Jornal de Notícias, orientará o dispositivo de forma a garantir resposta eficaz em “todas as situações que possam surgir”.

Ainda assim, e ao contrário do panorama francês, os organizadores do protesto dizem não à violência. “Iremos fazer tudo de forma pacífica. Quem está a apelar à violência vai ser removido dos grupos”, admitem, adiantando ainda terem criado grupos no WhatsApp para cada uma das localizações das manifestações.

Apesar de muitas pessoas estarem a aderir ao evento virtual, as pessoas podem não sair às ruas. Ao JN, Francisco Conrado, especialista em redes sociais da Universidade do Minho, sublinha que nem tudo o que parece na rede é.

É muito fácil indignar-se online. O ato de se revoltar ou participar de alguma forma de movimento ou protesto está à distância de um clique.” Neste caso, “estamos a falar de um contexto económico e político muito diferente” e de um movimento sem “grande unidade”, concluiu o especialista.

ZAP //

PARTILHAR

34 COMENTÁRIOS

  1. Até quero ver a “Coragem” dos Portugueses. Já que somos o povo que mais “come e cala”´, por vezes pergunto-me se estamos no antes 25 Abril de 1974!

    • Até estamos muito bem, comparativamente, com outros anos. Pensem bem se querem estragar o bem que têm actualmente e levar com uma dose forte de austeridade… depois não se queixem. Não tenham ilusões, pois, se fizerem algo parecido com o que há em frança o turismo vai ressentir-se e ai vão dar razões para o governo, seja, ele qual for, aplicar uma dose massiva de austeridade. Deixem, mas é, os outros andarem à «porra e à massa» enquanto nós ficamos com os «copos e as gajas» e ainda por cima em paz.

      • Fica tu com os copos e gajas, eu vou lutar pelo meu futuro e pelo da minha família e mostrar a minha indignação! Não o fazer, ainda para mais neste momento, seria o mesmo que baixar as calças e dizer que está tudo bem…

      • Este su é um verdadeiro garanhão, vai la pegar os copos e as gajas puto. É esta a mentalidade a adoptar, calar e andar. Deves filho de algum desses palhaços que estão aí no poleiro. Falta um bocadinho de noção do que é a vida e de cultura geral. Continua a beber os teus copinho e assobiar para o lado e fica em casa, é melhor, a mandar bocas pela net. Aí é que deves ser forte!

  2. Pois, finalmente um murro na mesa por parte da população, sem sindicatos e sem a cassete do costume, dos partidos do costume!
    Pelo redução do preço dos combustíveis, que neste momento é a representação do carácter do Costa e da sua “palavra dada é palavra honrada”, por um menor peso dos impostos, por um menor peso da máquina do “estado”, e por uma melhoria das condições de vida, eu vou marcar presença, com muito ORGULHO!
    Será a minha primeira manifestação e estou ansioso para ajudar à mudança, que de resto acredito que já não tem marcha-atrás, pelo menos se a população assim o quiser!

  3. Ah,ah, ah!
    “têm publicações de cariz extremista e xenófobo nas respectivas páginas no Facebook”, com “mensagens de apoio a Jair Bolsonaro no Brasil” e “demonstrações de saudosismo pelo regime de António de Oliveira Salazar em Portugal”
    Então, e se tivessem mensagens de apoio ao corrupto e ladrão do Lula, ou mensagens de apoio ao corrupto, ladrão, aldrabão e louco do Sócrates, as publicações teriam que cariz? Ponderado, consciencioso e responsável???
    É incrível a conotação ideológica da maioria dos meios de comunicação social e a lavagem cerebral da nossa sociedade! De facto, existem dois pesos e duas medidas…
    Eu, no que me toca, acabo de descobrir que tenho afinidades com o extremismo e a xenofobia, porque de facto entendo que o Bolsonaro era o melhor que o Brasil podia ter neste momento (como achou a maior parte das pessoas que votaram e que a quem o sentido do voto afectava directamente – os brasileiros) e porque acho que o António de Oliveira Salazar teve defeitos e virtudes, mas cada vez mais reconheço as virtudes e entendo que os defeitos são uma migalha comparado com os defeitos da esmagadora maioria dos políticos de agora.

      • É, por isso é que Salazar fez uma imensa fortuna, não é!!! Afinal quem está à frente do regime tem de ganhar a vida, não é??? Dantes como agora, mas mais agora do que dantes

        • Sim! Salazar entrou para o governo pobre e saiu de lá rico. Correu o mundo inteiro à custa dos contribuintes a fez fundações para promover o seu nome e a sua imagem. Faliu bancos e empresas de telefones e no tempo dele uma sardinha era para três. Mas ele, amigos e familiares, primos e afilhados, todos juntaram fortuna. Tudo culpa do Salazar, porque antes dele havia muitas escolas, o Povo era culto e cada um comia três sardinhas de cada vez. Mas apareceu o malandro do Salazar e foi o que se viu!!!

            • Quais adversários? O Delgado? Esse parece que foi o soares e a sua camarilha que mandaram. Mandar assassinar os seus adversários era com o bebedolas do agostinho neto, o Fidel, e tantos outros. Agora é o Putine e aquele da Arábia Saudita.

  4. É, por isso é que Salazar fez uma imensa fortuna, não é!!! Afinal quem está à frente do regime tem de ganhar a vida, não é??? Dantes como agora, mas mais agora do que dantes 😉

    • @RC
      É verdade que não fez fortuna, mas que tirou palavras da boca de muita gente e arrancou a raiz ao pensamento isso também foi verdade…
      Mas, agora que não tiram palavras da boca, fazem o que querem sem ninguém protestar (herança do outro tempo).
      Existe muita insatisfação, indignação, revolta em muitos portugueses, sobre os mais diversos assuntos, mas estão calados.
      Até um dia, quando o copo deitar por fora e aí, vamos ver o que vai dar. Se calhar emigramos todos como fazem na Venezuela, Honduras, Colombia e parece que é só o primeiro-ministro mandar.
      SOMOS UM PAÍS DE PAUS MANDADOS E MANSOS.
      As elites governam-se a torto e a direito e depois distribuem umas migalhas SMN para nos calar a boca.
      Só a titulo de exemplo do que pagamos sem dar por isso, e não falo do ISP.
      Taxa Contribuição Audiovisual = 2,85 € + IVA 0,17 € por contador de Luz/mês
      Se tivermos 5.000.000 de contadores de luz no País= 14.250.000,00 €/mês = 171 milhões euros/ano para quem, para quê?
      Além de 10,2 milhões de euros/ano em IVA.
      É assim que esmifram este país sem dar-mos por isso. E isto são contas de tostões.
      Mas os Bancos também já aprenderam, CGD = 1,70 €/mês com manut contas.
      4,3 milhões de contas x 1,7 = 7,31 Milhões de euros/mês.

      SOMOS MESMO UNS PARVOS…………….

      • “Mas os Bancos também já aprenderam, CGD = 1,70 €/mês com manut contas.
        4,3 milhões de contas x 1,7 = 7,31 Milhões de euros/mês.”
        Só? O Millennium BCP cobra mensalmente 8€ + 0.32€ de imposto de selo de conta Cliente frequente, mas não cobra os cartões anualmente. Se não for cliente frequente paga o mesmo de manutenção de conta, mas paga anuidade dos cartões que tiver.

  5. Acho imensa piada, que num outro fórum de discussão dizia exactamente que Portugal, é e continuará a ser um país de brandos costumes.
    Saltou o carmo e a trindade, porque os machos deste país sentiram-se incomodados, porque afinal quando toca a todos nós, ninguém se move, se mexe, fica parado, paradinho, quieto sem que a própria sombra incomode, à espera que o outro faça o trabalho que afinal é de de todos nós, e os políticos continuam na tal “paz podre” armados até aos dentes, à espera do sinal que nunca ou ainda não compareceu no Rato, ou no Terreiro do Paço, no Caldas ou em outro local.
    “Do not disturb and do not disturb and Ne Pas Déranger et ne Pas Déranger. “Não incomode e não Perturbe” Só espero que não se reabra o Tarrafal, Peniche ou outro …
    Cuidado com as redes sociais. …

  6. Vamos a isso. Sempre quero ver do que são capazes os portuguêses. Mas não levem merenda, nem bifanas, nem garrafões de vinho.

  7. Chega de sermos os bem comportados desta republica das bananas,onde os bandidos a quem o país está
    entregue não param de roubar.
    Esta pouca vergonha tem de ter um fim,caso contrario nas proximas decadas teremos a grande parte dos portugueses a viver na extrema miseria,com o país completamente individado,por esta cambada de mal feitores,que entretanto acumolou milhoês.
    Caros compatriotas temos de uma vez por todas fazer a revolução que nunca foi feita,devemos ser pacificos,mas nunca desarmar,porque estou convicto que esta sera a primeira de muitas.

  8. e isso, vota a marchar eu estarei lá, pois tou farto de um presidente a dizer que está tudo melhor do que nunca e a rir, sempre, nem no tempo de austeridade era isto, força portugal vamos lá e também protestar contra esses politicos corruptos que marcam presençãs se estar, há que esperar pela saida deles na assemblei e logo de seguida pôlos dentro do caixote de lixo, envergonhá-los pelo que andam a fazer a quem lhes paga, os patrões somos nós. não quero saber de partidos.

    • Tenho o almoço de natal da empresa, pago pela empresa, portanto… «copos e gajas» é bem melhor… Nota adicional: @piranha, achas que são manifestações violentas que vão mudar algo. Não!!! Os que estão a manifestar-se em frança e de forma violenta só vão fazer com que as autoridades apertem o controlo de forma a protegerem o resto da população e ai pagam todos. É isso que queres??? Se queres manifestar o teu descontentamento escreve-lhes! As urnas deveriam ser um barómetro para o contentamento e descontentamento e não a violência!!! Quantas vezes, numa empresa, sai um chefe mau para vir um ainda pior??? Seja como for estamos num clima sócio-económico positivo e para a larga maioria dos portugueses pouco importa quem lá está! Dito isto, é melhor como está do que como estivemos em muitos periodos nos últimos 45 anos…

      • Essa é a resposta conformista ! É o tá se bem deves estar a ganhar bem claro que devemos sair para a rua e mostrar o nosso descontentamento ,sem violência e certo ,vou votar em quem? São os mesmos quase desde que nasci ! Deviamos despedir a todos como os finlandeses nos somos os patrões e eles nunca fizeram o trabalho deles

      • Afinal, o tal da Holanda tinha razão. Copos e gajas é o que a malta quer. E quando vier Outubro de 2019 metam o cheque em branco para encher o casarão com 230, quando só metade dos eleitores é que vota. Isso é que eles querem, porque de todo o resto tratam eles!

      • Porra, quem te ouvir até pensa que foste pago pra falar isso, ganha mas é tino contigo, ou és um explorador ou pertences a mesma corja, que rouba o povo, com essas tuas palavras só mesmo está explicação

  9. olha, em certo ponto até concordo contigo pois sou pessoa pacifica, mas estou farto de ser calmo, qualquer dia chego a calmeirão, chega á que ir para a rua protestar “pacificamente” estou farto dos nossos chulos não terem consciênçia sobre quem lhes paga e ainda nos roubam, e se não há dinheiro para roubar, aumentam (inventam) impostos para os luxos deles e depois só ouvimos , eu não sabia, eu nunca ouvi, eu sou virgem etc etc, não estou a falar de ir partir o que é nosso ou roubar, estou a falar,,,, chega apoio a iniciativa e marco presença, tenho uma micro empresa somos 5 trabalhadores (comigo) se pagasses os impostos que pago queria te ouvir, embora não aceito a tua resposta, mas respeito, (aliás nas gajas e copos estás 100% certo, abraço amigo.

  10. É uma pena que não seja uma convocação tranversal à Direita e à Esquerda. A conotação à extrema-direita enfraquece a iniciativa. Bolsonaro em Portugal é visto como um boçal. O valor do salário mínimo em Portugal é miserável. A Espanha aumentou para 900 euros. Razões para a manifestação não faltam se ela fosse apartidária.

    • “Razões para a manifestação não faltam se ela fosse apartidária”
      E é!
      Pode é haver alguns do partido no poder, que incomodados com a iniciativa, pois irá fazer tremer o poleiro, que tentam descredibilizar o que se irá fazer…
      Cada português responde por si, cada português pode avaliar se as coisas estão bem ou não, nomeadamente o preço do combustíveis (a questão central e primária desta manifestação), depois, em consciência, cada português pode decidir se quer manifestar ou não, sem estar à espera de indicações de partidos ou de sindicatos para ficar no sofá ou ir agitar uma bandeira. Simples!

  11. Aqui nem pensar, a carneirada aceita tudo, mostram-lhe uns trocos e tiram a seguir mais do que antes, impostos petrolíferos e outros. No final ficamos pior, mas para nunca damos o braço a torcer.

  12. Eu nunca andei em manifestações. Mas desta vez também sou capaz de vestir o colete amarelo. Estou farto de tantos impostos e taxas e de sustentar tanto ocioso, chupista, mamão, oportunista e ladrão.

  13. De uma coisa podem ter a certeza, não contarão com a complacência civismo e profissionalismo das polícias francesas e belgas. Ao mínimo espirro podem ter a certeza que os anabolizados das “forças de insegurança” portuguesas partirão para a agressão a espumar da boca…

Responder a RC Cancelar resposta

Afinal, Vénus pode não ser tão semelhante à Terra como pensávamos

Uma nova investigação questiona a habitabilidade de Vénus, planeta que os cientistas consideram há pouco tempo numa outra investigação poder ter um clima habitável semelhante ao da Terra. De acordo com a nova investigação, cujos …

Há gelo no polo sul da Lua e pode ter muitas fontes

Um novo estudo sugere que o gelo encontrado na superfície lunar pode ter milhares de milhões de anos, além de ter surgido de diferentes fontes. O estudo, publicado recentemente na Icarus, sugere que a maioria do …

A Evolução mostra que podemos ser a única forma de vida inteligente no Universo

As reduzidas probabilidades que acompanham a nossa evolução ao longo da história podem ser uma pista que talvez sejamos a única forma de vida inteligente no Universo. Será que estamos sozinhos no Universo? Tudo se resume …

A China está a usar a educação como arma para controlar o Tibete

A China quer obrigar crianças tibetanas a abandonarem as escolas da região e mudarem-se para escolas chinesas. O objetivo, segundo uma especialista, é "tirar o tibetano da criança". A batalha geopolítica entre a China e o …

Revelada explosão violenta no coração de um sistema que alberga um buraco negro

Uma equipa de astrónomos, liderada pela Universidade de Southampton, usou câmaras de última geração para criar um filme com alta taxa de quadros de um sistema com um buraco negro em crescimento e a um …

"É altura de dizer basta". Sporting corta com as claques

O Sporting rescindiu “com efeitos imediatos” os protocolos que celebrou em 31 de julho com a Associação Juventude Leonina e com o Diretivo Ultras XXI – Associação, anunciou hoje o clube, devido à “escalada de …

Poluição atmosférica associada a abortos espontâneos

Elevados níveis de poluição atmosférica foram associados a abortos espontâneos num estudo feito com mulheres grávidas a viver e trabalhar em Beijing, na China. A China é um dos países que mais sofre com a poluição …

Empresas espanholas dominam obras públicas na ferrovia

As empresas espanholas dominam as obras públicas na ferrovia em Portugal, ascendendo a sua quota a 70%, avança o Expresso na sua edição deste sábado. Para presidente da Associação de Empresas de Construção e Obras …

Cada vez mais mulheres denunciam abusos médicos durante o parto

Um número crescente de mulheres tem vindo a denunciar casos de abuso durante o trabalho de parto. No entanto, pouco está a ser feito para mudar isto. Durante o parto, as mulheres ficam numa posição vulnerável …

Já podemos explorar "Melckmeyd", naufrágio holandês do século XVII

Nas profundezas do Oceano Atlântico, perto da costa da Islândia, encontram-se os destroços de um navio holandês que afundou há 360 anos, no qual agora podemos "mergulhar" graças a uma experiência de realidade virtual. Quando a …