Mosteiro dos Jerónimos está a ser lavado com álcool

fernando garcía redondo / Flickr

Mosteiro dos Jerónimos

O claustro do Mosteiro dos Jerónimos está a ser alvo de recuperação, com recurso a álcool a 70 graus, o mesmo que se usa para desinfectar as mãos contra a covid-19. Mas não tem nada a ver com a pandemia. É só um método mais ecológico e que preserva melhor o património histórico.

É a primeira vez que a técnica é aplicada num monumento em Portugal, mas já tem sido usada noutros países, nomeadamente nos Museus do Vaticano.

O Claustro do Mosteiro dos Jerónimos começou a ser lavado com álcool em Janeiro deste ano, numa intervenção que visa eliminar algas, líquenes e musgos e preservar o monumento nacional.



“É um trabalho extremamente simples, mas que tem de ser muito bem preparado previamente”, explica ao Expresso o conservador-restaurador Nuno Proença, administrador da empresa Nova Conservação que está a limpar o monumento.

As obras arrancaram em Janeiro deste ano ao ritmo do que o clima permite e aproveitando a pandemia e o confinamento, que afugentam turistas.

Já se gastaram 450 litros de álcool numa área de cerca de 1.100 metros quadrados, com duas aplicações da solução, conforme avança o Expresso.

A diretora do Mosteiro dos Jerónimos, Dalila Rodrigues, não revela os valores gastos na obra, mas destaca ao mesmo semanário que os custos são bastante inferiores ao que se gastaria com o uso de químicos tradicionais.

Óleos essenciais para recuperação da pedra

Depois da limpeza com álcool, serão usados óleos essenciais à base de canela, tomilho e cravinho, pois “ajudam a eliminar os elementos colonizadores” e “colaboram na recuperação da pedra”, como refere Dalila Rodrigues ao Expresso.

“Algumas bactérias presentes nestes óleos, quando associadas às algas e aos líquenes, produzem carbonato de cálcio, o que provoca uma consolidação da pedra fragilizada”, acrescenta a diretora do monumento.

Esta técnica é “inédita em Portugal”, mas “já começou a ser replicada na Torre de Belém”, segundo avança o Expresso.

A escolha por esta abordagem mais ecológica vem ao encontro das recentes preocupações ambientais dos responsáveis do Mosteiro dos Jerónimos e de “uma visão ecossistémica do património”, como constata Dalila Rodrigues ao jornal.

ZAP //

PARTILHAR

1 COMENTÁRIO

  1. Recuperação de monumentos é o que se precisa neste país, mas não com tijolo e cimento como alguns assassinos da cultura por aí vão fazendo!

RESPONDER

Desconfinamento: A satisfação de uns, continua a ser a angústia de outros

Há vários meses que muitas áreas de atividade económica desejavam o anúncio de um desconfinamento generalizado. Numa altura altura em que a taxa de vacinação está a aumentar progressivamente, o Governo fez-lhes a vontade, mas …

Hospitais privados acusados de acordo anticoncorrencial com a ADSE e IASFA

A Autoridade da Concorrência (AdC) acusou esta quinta-feira cinco grupos hospitalares privados e a respetiva associação empresarial por acordo anticoncorrencial, pelo menos durante cinco anos, quando organizaram uma estratégia no âmbito das negociações comerciais com …

Santos explica por que falharam as negociações com o Benfica por Kaio Jorge

O consultor de mercado do Santos, Sergio Canozzi, explica que a crise interna do Benfica prejudicou as negociações por Kaio Jorge. O Benfica apresentou uma proposta pela contratação de Kaio Jorge, com pagamento e cedência de …

Descoberta incomum feita na antiga capital asteca terá de ser novamente enterrada

Uma equipa de arqueólogos mexicanos anunciou que iria reconstruir um monumento arqueológico incomum encontrado nos arredores da Cidade do México. Porém, este processo terá de ser adiado. Trata-se de um túnel construído há vários séculos como …

Portugal na NBA: Neemias Queta foi escolhido

Momento inédito na história do deporto português. O jovem poste foi contratado pelos Sacramento Kings, equipa que ganhou 10 milhões de adeptos. Se já havia muitos portugueses a ficarem acordados de madrugada para ver em direto …

Inflação aumenta para 1,5% em julho

A inflação terá atingido os 1,5% em julho, um aumento de 1,0 pontos percentuais face ao registado em junho, de acordo com a informação já apurada pelo Instituto Nacional de Estatística (INE). “Tendo por base a …

Autoridades israelitas investigam empresa que criou programa Pegasus

Benny Gantz, ministro da Defesa de Israel, foi a Paris conversar com a sua homóloga francesa, Florence Parly. Em Telavive, as autoridades israelitas inspecionaram, esta quarta-feira, os escritórios da NSO. O Expresso escreve que, esta quarta-feira, …

PS e PAN discordam da decisão de Marcelo de enviar Carta dos Direitos na Era Digital para o TC

O artigo 6.º da Carta Portuguesa dos Direitos Humanos na Era Digital tem sido polémico, por prever a existência de entidades certificadas para atribuir selos de qualidade a órgãos de comunicação social que produzam informação …

Cientistas estão a desvendar os mistérios da origem da fotossíntese

Um novo estudo planeia desvendar os mistérios da origem da fotossíntese. Embora seja um processo pré-histórico, ainda pouco se sabe sobre as suas origens. Fotossíntese é um processo pelo qual ocorre a conversão da energia solar …

Governo prolonga apoio à retoma progressiva às empresas

As empresas que enfrentem quebras de faturação iguais ou superiores a 25% vão poder continuar a aceder ao apoio à retoma progressiva, até a normalização da pandemia, após ter sido aprovada esta quinta-feira a prorrogação …