Cinzas de Liu Xiaobo lançadas ao mar na presença da sua viúva

(dv) Gabinete de Informação do Município de Shenyang

Cinzas de Liu Xiaobo lançadas ao mar

Cinzas de Liu Xiaobo lançadas ao mar

As cinzas do ativista chinês Liu Xiaobo, vencedor do prémio Nobel da Paz, foram lançadas ao mar num acto que contou com a presença da sua viúva, Liu Xia, informaram este sábado as autoridades da China, em conferência de imprensa na qual participou também um irmão do dissidente.

Após a celebração de uma breve cerimónia esta manhã, a família “esvaziou a urna no vasto oceano”, afirmou um funcionário do governo de Shenyang, cidade onde Liu Xiaobo faleceu esta quinta-feira, durante uma conferência de imprensa transmitida na internet, na qual não foram permitidas perguntas.

As autoridades mostraram uma série de fotografias e um vídeo onde é possível ver a viúva, Liu Xia, e outros familiares num barco, a despedir-se pela última vez do Nobel da Paz, acompanhados de algumas pessoas, que não foram identificadas.

Posteriormente, o governo local divulgou também um vídeo de poucos minutos em que Liu Xia afirma que o funeral do marido deveria ser simples, e suas cinzas derramadas no mar. No entanto, não se sabe em que circunstâncias estas imagens foram feitas e quando foram gravadas.

Também não é possível saber se a viúva disse algo mais a este respeito – antes, durante ou depois dos poucos segundos que foram exibidos. As as imagens foram claramente editadas para divulgar apenas algumas frases, e não o discurso inteiro de Liu Xia.

Na conferência de imprensa participou o irmão mais velho de Liu Xiaobo, Liu Xiaoguang, que reiterou em várias ocasiões gratidão pela “humanidade” mostrada pelo Partido Comunista da China, e assegurou que o tipo de funeral escolhido foi decisão da família.

Amigos do Nobel e da mulher criticaram duramente a atitude do irmão, comentando que há alguns anos que ambos tinham cessado relações, e mostraram-se seguros de que o governo impôs a forma da despedida do famoso dissidente.

Porquê uma despedida no mar? Porque o governo tem medo que as pessoas visitem o seu túmulo para o celebrar e para protestar”, explicou Ye Du, poeta e amigo da família, em mensagem enviada à Agência EFE e a outros meios de comunicação.

Activistas e pessoas próximas de Liu Xiaobo denunciaram que as autoridades não os autorizaram a viajar para Shenyang, quer fosse para visitar o Nobel quando estava este estava hospitalizado, seja para comparecer ao funeral, e pediram a libertação da viúva, Liu Xia, que temem que esteja sob custódia do regime.

Liu Xiaobo morreu na quinta-feira, aos 61 anos, devido a um câncer de fígado em fase terminal, que tinha sido diagnosticado há pouco tempo, sem que o governo chinês tivesse concedido o seu último desejo: procurar ajuda médica no estrangeiro com a sua família e, caso a morte fosse inevitável, que a mesma ocorresse num país livre.

PARTILHAR

RESPONDER

Ex-diretor da agência Elite Models europeia investigado por violação e abuso sexual

Gérald Marie, ex-diretor de uma das maiores agências de modelos do mundo, está a ser investigado pelas autoridades francesas, por suspeitas de agressão sexual e violação, inclusivamente a uma menor. Segundo a Procuradoria-Geral da República francesa, …

Parceiros sociais apanhados de surpresa com alterações ao sucessor do lay-off

O presidente da Confederação Empresarial de Portugal (CIP) disse que o Governo não apresentou aos parceiros sociais as alterações que anunciou para regime de apoio à retoma progressiva, o sucedâneo do lay-off simplificado. "Compreendemos que o …

Apesar de "isto estar mais para os partidos de extremos", Santana Lopes nega ligações ao Chega

Em entrevista à TVI24, Santana Lopes referiu que a saída do Aliança não é o fim da sua carreira política, ainda assim recusa um regresso ao PSD. O ex- primeiro-ministro assume as ligações à direita, …

Nem senhoras, nem senhores. Japan Airlines vai abolir expressões de género

A habitual saudação "senhoras e senhores" da companhia aérea japonesa vai ser substituída por saudações neutras relativamente ao género como, por exemplo, "bom dia" e "boa noite". Segundo o jornal The Telegraph, a Japan Airlines vai …

Centeno pediu e Marcelo recebeu o governador do Banco de Portugal

Marcelo Rebelo de Sousa recebeu o governador do Banco de Portugal (BdP), Mário Centeno, esta segunda-feira à tarde, a pedido deste. O chefe de Estado, Marcelo Rebelo de Sousa, recebeu esta segunda-feira à tarde, no Palácio …

Vila romena reelege autarca que morreu de covid-19 dez dias antes

Os moradores de Deveselu, na Roménia, decidiram prestar uma última homenagem ao presidente da Câmara, nas eleições locais deste domingo, que morreu devido a complicações provocadas pela covid-19 dez dias antes. De acordo com a agência …

Jogador do Rio Ave recusou jogar

Matheus Reis não quis defrontar o Vitória de Guimarães porque quer sair rapidamente de Vila do Conde. Presidente anunciou suspensão do atleta. O Rio Ave apareceu no duelo com o Vitória de Guimarães (0-0) sem Matheus …

António Joaquim entrega recurso no Supremo no caso do homicídio do triatleta

O advogado de António Joaquim, condenado pelo Tribunal da Relação pelo homicídio do triatleta Luís Grilo, entregou, esta segunda-feira, no Supremo Tribunal de Justiça um recurso sobre essa decisão, defendendo a sua revogação e a …

57% dos portugueses diz que a pandemia dificultou acesso à saúde (e mais de 600 mil perderem consultas)

Mais de metade dos portugueses (cerca de 57%) considera que a pandemia dificultou o seu acesso aos cuidados de saúde, sendo a população mais idosa (69%) e os doentes crónicos (70%) quem mais manifesta esta …

“Negacionista e bem raivosa”. Livro de ex-ministro da Saúde revela reação de Bolsonaro à pandemia

O primeiro ministro da Saúde do mandato de Jair Bolsonaro, Luiz Henrique Mandetta, publicou um livro sobre o combate à pandemia no Brasil e revelou que o Presidente teve uma reação “negacionista” e “raivosa”. De acordo …