Cinco comboios são tirados de circulação todos os dias devido a falta de material e de manutenção

Em 2017 e 2018 foram suprimidos 3322 comboios nas linhas do Oeste, Alentejo e Algarve. Só a falta de material parou 1789 comboios em 2018 entre a Linha do Oeste, do Alentejo e Algarve. A média é de cinco comboios parados por dia.

De acordo com o Público, em 2018, a falta de material circulante, ligada a avarias e atrasos de manutenção, levaram a CP a parar 1789 comboios nas linhas do Oeste, Alentejo e Algarve. A mais afetada é a Linha do Oeste, em que pararam, por avarias, 1313 comboios entre 2017 e 2018. No Algarve foram 873 e em Beja 225.

No total, foram suprimidos nesses dois anos 3322 comboios. A vasta maioria (2411) deveu-se a falta de material, com as greves de funcionários a implicarem a supressão de 855 comboios. Apenas 56 paragens ocorreram devido a problemas com as infraestruturas (carris e estações).

Segundo o Público, as falhas no serviço implicaram uma quebra de passageiros. Na Linha do Oeste a CP perdeu 171 mil passageiros entre 2016 e 2018 (chegando a 313 mil utilizadores totais). Na Linha do Alentejo a diminuição foi menor, passando de 139 mil para 116 mil passageiros (menos 23 mil).

 

Os lucros da empresa também foram afetados: as receitas da Linha do Oeste diminuíram 18,7% (para 813 mil euros), enquanto na Linha do Alentejo desceram até aos 301 mil euros (quebra de 13,75%). Só no Algarve houve um aumento de clientes (de 185 mil para 191 mil) e de receitas (de 370 mil para 380 mil).

A CP garantiu que procura sempre responder à supressão de comboios disponibilizando meios de transportes alternativos, como autocarros. Foi o caso em 65% dos comboios parados na Linha do Oeste, 82% no Algarve e pelo menos 60% no Alentejo.

Ainda assim, a empresa admitiu ao Público que “o tempo gasto no percurso por estradas nacionais não compensa face ao horário da viagem seguinte no mesmo percurso”. Ou seja, que é mais rápido para os passageiros esperar pelo comboio seguinte.

Os passageiros totais da CP aumentaram durante 2018 em 3,5%, atingindo 126 milhões de clientes anuais. Os grandes centros urbanos (Lisboa e Porto) foram os impulsionadores do crescimento da transportadora ferroviária (em 5% e 1,8%, respetivamente). Nos serviços de longo curso o aumento foi de 3,2% face a 2017.

ZAP //

PARTILHAR

1 COMENTÁRIO

  1. E, passados tantos anos de perdas, o conselho de administração sai incólume e ninguém lhes imputa responsabilidades porque, afinal, até receberam, árdua e regularmente, os ordenadões e demais benefícios e regalias…

RESPONDER

Bill Gates pede que medicamento para a covid-19 vá para os mais necessitados (e não para o "maior apostador")

O co-fundador da Microsoft Bill Gates pediu esta semana que os medicamentos e uma eventual vacina que possa surgir para a covid-19 sejam disponibilizados para quem mais precisa, e não para o "maior apostador". Citado pela …

Dois (ou três) jogadores do Flamengo podem chegar ao Benfica à boleia de Jesus

Os jogadores do Flamengo Gerson e Bruno Henrique podem chegar ao Benfica à boleia de Jorge Jesus, que tem sido apontado à Luz para suceder a Bruno Lage. Apesar de já se ter noticiado a …

Ensino Superior tem 2.370 vagas para alunos do profissional

O próximo ano letivo terá 2.370 vagas no Ensino Superior direcionadas para alunos do ensino profissional, avança o jornal Público este sábado, detalhando que, ao todo, 456 licenciaturas. As vagas em causa fazem parte do …

Horta Osório não exclui regresso a Portugal (e trabalhar fora da banca)

António Horta Osório, que em breve vai deixar a presidência executiva do banco britânico Lloyds, não exclui um regresso a Portugal no seu futuro profissional. “O meu futuro profissional [pós-Lloyds] está totalmente em aberto e …

Parede de estação de comboio na Polónia escondia carta escrita por trabalhadores forçados da 2ª Guerra

Uma carta escrita por dois trabalhadores forçados durante a II Guerra Mundial foi encontrada dentro de uma garrafa escondida na estação de comboios de Nowe Skalmierzyce, um cidade na Polónia. A carta foi descoberta por trabalhadores durante …

No século XVIII, um em cada cinco londrinos tinha contraído sífilis até aos seus 35 anos

Há 250 anos, pelo menos um em cada cinco londrinos tinha contraído "a varíola" (sífilis), causada pela bactéria Treponema pallidum, até aos seus 35 anos. Este estudo, com base em registos de internação, relatórios de inspeção e …

Cofre de antigo caçador de vampiros vai a leilão no Reino Unido. Está repleto de objetos

O cofre de um caçador de vampiros do século XIX vai ser leiloado em Dervyshire, no Reino Unido, informou a leiloeira Hansons. Em causa está uma caixa antiga, forrada a seda vermelha e decorada com …

Bombeiro morre no combate a um incêndio na Serra da Lousã

Um bombeiro morreu este sábado durante o combate a um incêndio na Serra da Lousã, disse à agência Lusa o presidente da Câmara da Lousã, Luís Antunes. O autarca desconhece as circunstâncias em que ocorreu a …

Cientistas descobrem os defeitos dentários que apodrecem os dentes

Os resultados deste novo estudo contribuem para o desenvolvimento de novos tratamentos para as cáries dentárias. Os investigadores capturaram o esmalte num detalhe sem precedentes. Uma equipa de investigadores está muito perto de descobrir aquilo que …

Balões da Google já "espalham" Internet nas vilas remotas do Quénia

Em 2013, surgiu a ideia de enviar balões para o Espaço próximo para conectar pessoas em locais do mundo sem Internet. A ideia, que parecia uma loucura, já é realidade. Depois de uma longa série de …