Cientistas criam robô para fazer testes à covid-19 (e proteger os profissionais de saúde)

O Korea Institute of Machinery & Materials (KIMM) desenvolveu um novo robô de coleta remota de amostras que elimina o contacto direto entre os profissionais de saúde e os pacientes, potencialmente infetados com o novo coronavírus.

Uma equipa de cientistas coreanos do Korea Institute of Machinery & Materials (KIMM) desenvolveu um novo robô, controlado remotamente, capaz de proceder à coleta de amostras biológicas para diagnóstico do SARS-Cov-2.

O sistema inclui um estabilizador de cabeça que permite que os pacientes descansem confortavelmente durante o procedimento. Os profissionais de saúde têm ao seu dispor um comando de controlo (que permite que o operador “sinta” o que está a fazer) e um monitor. Estes instrumentos permitem manobrar o robô e controlar todo o processo.

O robô que interaje com o paciente é equipado com um cotonete descartável, que recolhe amostras biológicas do nariz e da boca do paciente e move-se de acordo com a operação do dispositivo principal. O sistema também suporta comunicação de vídeo e áudio entre pacientes e médicos.

O objetivo é que este novo sistema possa reduzir significativamente o risco de infeção por covid-19, assim como outras doenças de alto risco, entre pessoal médico. Além de acessível, o robô é pequeno, características que o tornam uma solução viável para várias situações médicas.

“Esta tecnologia permite recolher amostras de pessoas que apresentam sintomas de doenças de alto risco, mesmo sem contacto direto. Espero que seja útil na triagem de doenças de alto risco, como a covid-19, e que contribua para a segurança e o bem-estar do pessoal médico durante pandemias e epidemias”, disse Joonho Seo, do KIMM, citado pelo EurekAlert.

Nam-Hee Kim, da Universidade Dongguk, acrescentou que este robô não só reduz o risco de infeção, como “elimina a necessidade de usar equipamentos de proteção pesados”. “Eu acredito que a tecnologia terá várias aplicações clínicas, especialmente no diagnóstico de doenças infecciosas.”

ZAP ZAP //

PARTILHAR

RESPONDER

"Mais medo de viver do que morrer". Jerónimo contra "confinamento agressivo" (e recusa ser "comparsa" do PSD e CDS)

Na semana em que o PCP celebra 100 anos de vida, Jerónimo de Sousa falou, em entrevista à TVI, sobre a guerra colonial, a entrada na vida política e do atual estado das relações com …

FPF abre processo contra Teo Fonseca por intermediação ilegal de jogadores

A FPF abriu um processo disciplinar a Teodoro Fonseca, dono da SAD do Portimonense, por intermediação ilegal de jogadores em transferências para o FC Porto. Teodoro Panagopoulos, mais conhecido no mundo do futebol como Teo Fonseca, …

Cabrita fala em "ano terrível" e rejeita alívio de medidas para já

O ministro da Administração Interna, Eduardo Cabrita, fez o balanço de um ano de pandemia em Portugal, admitindo ter sido um "ano terrível" para os portugueses e afastando perspetivas de um alívio de medidas por …

Muçulmanos invadiram a Sicília e revolucionaram o comércio de vinho

Uma equipa de investigadores da Universidade de York encontrou resíduos químicos de uvas em ânforas, um tipo de recipiente medieval, sugerindo um próspero comércio de vinho na Sicília islâmica. Foram ainda encontrados cacos encharcados de vinho …

Com as famílias em dificuldades, escolas alimentam 40% dos alunos que serviam antes do confinamento

Mesmo com as aulas online, as cantinas continuam a trabalhar para alimentar alunos com carências. Só na última semana, as escolas públicas serviram em média 45 mil refeições por dia. O número significa que estão …

2 de março de 2020. Confinamentos, recordes, três vagas e um "milagre" depois

O primeiro caso de covid-19 em Portugal foi registado há, precisamente, um ano. 365 dias depois, o medo esfumou-se, mas a incerteza permanece. A 2 de março de 2020 foram confirmados em Portugal os primeiros casos …

Genoma do urso-das-cavernas sequenciado graças a minúsculo osso com 360 mil anos

Investigadores sequenciaram o genoma do urso-das-cavernas graças a um pequeno osso com 360 mil anos. A história evolutiva deste animal mudou drasticamente. Os ursos-das-cavernas eram enormes ursos herbívoros que vagueavam pela Europa e norte da Ásia …

Um ano após o primeiro caso, Marcelo elogia SNS, mas relembra que a pandemia ainda não acabou

Para o chefe de Estado, ao longo de 12 meses, Portugal "foi-se ajustando à pandemia, umas vezes mais proativamente outras, infelizmente, mais reativamente". Marcelo diz que "é desejável" melhorar a "capacidade de planear e antecipar …

Plano de Recuperação tem alto risco de fraude (e chovem críticas)

Um grupo de reflexão, constituído no âmbito do Departamento Central de Investigação e Ação Penal (DCIAP), concluiu que o Programa de Recuperação e Resiliência (PRR) comporta um sério risco de fraude e necessita de várias …

Moedas quer unir a direita contra Medina. Objetivo é incluir IL e Aliança na coligação PSD/CDS

Carlos Moedas está a tentar alargar a coligação PSD/CDS para construir uma frente de direita contra o socialista Fernando Medina, atual presidente da Câmara Municipal de Lisboa. O Público avança esta terça-feira que Carlos Moedas, candidato do …