Cidade suíça oferece aos seus sem-abrigo um bilhete só de ida para a Europa (se prometerem não voltar)

Basileia, na Suíça, está a oferecer aos seus sem-abrigo um bilhete só de ida para qualquer destino europeu se concordarem em assinar um contrato a prometer não voltar à cidade.

De acordo com a revista Newsweek, Toprak Yergu, porta-voz do Departamento de Justiça da Basileia, disse ao jornal local 20 Minutes que os sem-abrigo na cidade podem solicitar um voucher de viagem e 20 francos suíços (equivalente a 18,21 euros). Em troca, os indivíduos devem assinar um contrato a prometer não regressar ao país durante um determinado período de tempo.

Qualquer indivíduo apanhado a violar este contrato pode ser deportado.

“Os beneficiários devem comprometer-se por escrito a não regressar à Suíça – pelo menos por um certo período de tempo. Se forem vistos novamente, correm o risco de serem expulsos do nosso país”, disse Yergu.

De acordo com o jornal suíço Le News, 31 pessoas sem-abrigo aceitaram a oferta da cidade, incluindo 14 da Roménia e sete da Alemanha.

Por sua vez, os críticos consideraram esta oferta uma “limpeza das ruas”.

A Suíça, um país da Europa Central com montanhas, lagos e aldeias, demonstrou uma abordagem de tolerância zero para os sem-abrigo.

Em janeiro de 2014, as autoridades em Genebra detiveram uma mulher sem-abrigo depois de não ter pagado uma multa de 500 francos suíços (equivalente a 455 euros) por mendigar nas ruas.

O Tribunal Europeu dos Direitos Humanos revogou a decisão da cidade e determinou que o tratamento que deram à mulher era inconsistente com o objetivo de proteger os direitos do público. A cidade foi condenada a pagar à sem-abrigo uma indemnização de 922 euros.

Em setembro de 2016, o governo do cantão suíço de Vaud, que é composto por 10 distritos com Lausanne como a sua capital, aprovou uma lei a proibir as pessoas de mendigar na área.

Grupos de direitos humanos e organizações políticas de esquerda tentaram derrubar a proibição no tribunal constitucional de Vaud, mas a maioria dos juízes rejeitou a iniciativa. Os grupos levaram o caso ao Tribunal Federal, o mais alto tribunal do país, onde o seu esforço foi rejeitado novamente.

Os críticos argumentam que a lei exclui os indivíduos com pouca riqueza. Por outro lado, os proponentes consideram a medida necessária para proteger os cidadãos de grupos criminosos organizados que exploram a comunidade sem-abrigo.

Em 2018, uma investigação do jornal britânico The Guardian revelou que o Reino Unido teve uma conduta semelhante, dando a milhares de sem-abrigo um bilhete só de ida para deixar determinados locais por um período de quatro anos.

Maria Campos Maria Campos, ZAP //

PARTILHAR

9 COMENTÁRIOS

      • Pois “serão importados”… assim como boa parte da riqueza da Suíça – que até terá sido desviada dos países de onde chegaram esses sem-abrigo!

  1. E exatamente para onde é que a Suíça vai deportar cidadãos Suíços, se aqueles que aceitarem esta proposta decidirem voltar à Suíça? Nenhum país tem a obrigação de aceitar cidadãos estrangeiros!

  2. E a Suiça já virou assim tanto á direita? Olha: A Suzana Garcia é que podia ir para lá! Ia sentir-se em casa!

  3. Uma boa forma de sacudir a água do capote, em vez de arranjarem centros de abrigo onde possam viver com alguma dignidade, procuram ver-se livres deles impingindo-os para outros. Recordo-me no tempo do Salazar haver mendigos que andavam de terra em terra a pedir para sobreviver, criou asilos onde passaram a viver com alguma dignidade, hoje com melhores condições económicas parece até ser um luxo ver cidades com mendigos deitados no chão mais parecendo sacos do lixo.

  4. Se fosse cá em Portugal estava tudo a dizer que somos racistas, inclusive nós uns para os outros tipo “é uma pouca vergonha no estrangeiro não é assim é melhor etc, etc, mas sendo na Suíça, acho bem uma limpeza….

RESPONDER

Governo está a preparar contestação de providência cautelar sobre Zmar

O ministro da Administração Interna afirmou hoje que já está a ser preparada a contestação à providência cautelar que suspende a requisição civil das casas do complexo Zmar, adiantando que o Ministério não foi ainda …

Subsídio europeu de 150 euros mensais para tirar 5 milhões de crianças da pobreza severa

Arrancou nesta sexta-feira, no Porto, a Cimeira Social promovida pela presidência portuguesa do Conselho da União Europeia. Um momento que o ex-ministro Pedro Marques aproveita para lançar a ideia de um novo apoio social de …

Banca empresta 475 milhões para Fundo de Resolução pagar ao Novo Banco

O sindicato bancário, composto por sete bancos, vai proceder ao financiamento do Fundo de Resolução para este cumprir a injeção de capital no Novo Banco já na próxima semana. O Jornal Económico avança, esta sexta-feira, que …

China suspende "diálogo económico" com a Austrália e denuncia "mentalidade de Guerra Fria"

Esta quinta-feira, o Governo chinês anunciou a suspensão "por tempo indefinido" de todas as atividades realizadas no âmbito da iniciativa "Diálogo Económico Estratégico China-Austrália". As relações entra a China e o ocidente estão cada vez mais …

Bolsonaro diz ter tido sintomas de reinfeção. China acusa-o de "politizar" novo coronavírus

O Presidente do Brasil admitiu na quinta-feira que teve sintomas de reinfeção pelo novo coronavírus "há poucos dias" e afirmou que tomou ivermectina, fármaco sem comprovação científica contra a covid-19. As declarações de Jair Bolsonaro foram …

"É fácil despedir". PCP quer mudar regime de despedimento coletivo e extinção de postos de trabalho

O PCP vai entregar na Assembleia da República esta sexta-feira um projeto de lei que visa limitar os despedimentos coletivos e a extinção de postos de trabalho, eliminando o despedimento por inadaptação. O objetivo do partido …

Páginas ocultas do PRR revelam "reedição da troika" na reforma aos hospitais

O Plano de Recuperação e Resiliência (PRR) prevê uma concentração das urgências da Grande Lisboa e Grande Porto, cortes nos gastos e uma gestão dos hospitais mais vigiada com imposição de objetivos financeiros. O jornal Expresso …

Já há uma explicação científica para as "dunas" do céu do Norte

Um ano depois da sua observação, as auroras de dunas, ou auroras boreais em forma de duna, já possuem confirmação e explicação científica. A aurora boreal nasce quando as partículas carregadas expelidas pelo Sol, como eletrões, …

Praia. Desporto e equipamentos de lazer vão ter regras novas

O Governo aprovou esta quinta-feira as regras de acesso e ocupação das praias durante a época balnear, com alterações em relação ao ano passado ao nível da atividade desportiva no areal e da utilização de …

Bastião trabalhista derrotado. Conservadores conseguem vitória na "muralha vermelha" britânica

Os conservadores conseguiram derrubar o domínio trabalhista do círculo de Hartlepool. Jill Mortimer venceu com mais de 50% dos votos e ajudou a reforçar a maioria de Boris Johnson, primeiro-ministro britânico. O antigo deputado trabalhista Mike …