Toda a cidade de Lisboa terá estacionamento pago em 2020

Mário Cruz / Lusa

A cidade de Lisboa terá, até 2020, todas as freguesias cobertas pelo estacionamento pago gerido pela EMEL, garante o presidente da empresa.

Em entrevista ao Jornal de Negócios, o responsável diz que é impossível a cidade acomodar, “além dos 200 mil veículos dos residentes, os 370 mil que chegam” todos os dias e pede parques de estacionamento dissuasores na periferia da cidade e, por outro lado, transportes públicos de qualidade e a baixo preço.

Luís Natal Marques, que diz que tem a “grande aspiração é tornar a EMEL a empresa mais amada de Lisboa”, defende que “o problema do estacionamento em Lisboa não existe porque quem cá mora o cria. É nos 370 mil que diariamente entram que está o principal problema”, acrescenta o responsável.

Para que as pessoas não tragam o veículo para a cidade, “há necessidade de criar alternativas”: “transportes públicos em melhores condições e mais apetecíveis, até do ponto de vista do preço”. Fazem falta mais “parques dissuasores que, estando situados na periferia e junto dos grandes nós de transporte público, levem a que as pessoas decidam estacionar aí e entrarem na cidade num meio de transporte mais limpo e mais rápido”.

O presidente da EMEL confirmou que o objetivo da empresa, tal como foi definido em julho de 2017 na Assembleia Municipal de Lisboa, é fazer com que “a área de intervenção da empresa coincida com todo o município”.

“É natural que a empresa vá criando condições para que chegue a todo o município. Quando resolvemos o problema de uma freguesia, tarifando o estacionamento, quem não quer pagar acaba por ir para a freguesia ao lado, e aí temos também essa freguesia a reclamar a nossa presença”, afirmou Natal Marques.

A EMEL conta criar, a cada ano, 20 mil novos lugares de estacionamento tarifado, para fazer a “cobertura da totalidade da cidade”. A empresa está “agora em processo de avançar para a junta de freguesia dos Olivais, temos também a questão do Lumiar e São Domingos de Benfica, que têm a ver com pedidos dos próprios presidentes de junta”.

ZAP //

PARTILHAR

4 COMENTÁRIOS

  1. A EMEL é uma empresa criminosa que tem por objectivo extorquir os cidadãos.
    Uma empresa privada, mas com uma parte pertencente à CML ( ao Medina ), que lhe confere o respaldo necessário para poder fazer a tosquia à vontade.
    Quais os meios à disposição da EMEL para fazer o esbulho ? Apoderou-se de todas as zonas de parqueamento, até em zonas proibidas como debaixo dos viadutos, e ocupando selvaticamente passeios destinados a peões e dificultando a passagem a cadeiras de rodas.
    As tarifas sobem todos os anos e já atingem um valor de assalto.
    Complementando tudo isto, foi dada autoridade aos funcionários da EMEL para aplicarem graves multas e rebocar viaturas, mesmo que estejam fora das suas zonas marcadas.
    O Bloco de Esquerda, prometeu na sua campanha autárquica acabar com a EMEL, mas está visto que era só uma promessa eleitoral para ganhar e votos e esquecer.
    A EMEL, ao ser criada, prometeu fazer parques gratuitos nos terminais fluviais, de comboio e autocarros, como dissuasores de entrada de veículos na zona central da cidade. NUNCA CUMPRIU. Os parque existem mas são todos pagos.
    Era bom a comunicação social divulgar o nome dos administradores da EMEL, para nós sabermos quem nos lixa.

  2. Carrega, Media, que os palermas dos alfacinhas gostam!
    Afinal sempre temos de “investir” no Web Summit, aquele evento que só trará riquezas!

RESPONDER

Demissão em bloco dos chefes de equipa de urgência do hospital D. Estefânia

Os chefes de equipa de urgência do hospital D. Estefânia, em Lisboa, consideram que houve "quebra do compromisso" feito pela instituição de contratar mais médicos. O anúncio, feito esta quarta-feira, refere que os médicos consideram que …

Lidl aumenta salário mínimo para 670 euros

O Lidl decidiu aumentar “para 670 euros o valor do ordenado de entrada” no primeiro ano na empresa, acima do salário mínimo nacional, que é de 600 euros. O Lidl Portugal anunciou esta terça-feira que …

Sindicato dos estivadores prolonga greve até 2019

O Sindicato Nacional dos Estivadores e Atividade Logística (SEAL) vai avançar com o pré-aviso para que a greve às horas extraordinárias dos estivadores do Porto de Setúbal continue em 2019 por tempo indeterminado. A greve às …

Time elege Khashoggi e outros jornalistas "guardiões da verdade" como personalidades do ano

O jornalista saudita Jamal Khashoggi, assassinado a 2 de outubro deste ano no consulado da Arábia Saudita em Istambul, é uma das personalidades do ano eleitas pela revista norte-americana Time. O colunista do Washington Post, voz …

Função Pública: Nova modalidade pré-reforma propõe 25% a 100% do salário-base

O Governo quer avançar com uma nova modalidade de pré-reforma na Função Pública, permitindo assim que os funcionários com 55 anos ou mais possam deixar de trabalhar, mantendo parte do salário. O Governo quer avançar com …

Trump ameaça paralisar Governo caso não consiga fundos para o muro. Norte-americanos preferem que desista

O Presidente norte-americano, Donald Trump, ameaçou nesta terça-feira paralisar o próprio Governo caso não consiga fundos suficiente para a construção do muro na fronteira com o México, iniciativa contestada pelos democratas.  “Se não conseguir o que …

"Coletes Amarelos" chegam a Portugal a 21 de dezembro e querem parar o país

O evento, marcado para o dia 21 de dezembro e inspirado nos "Coletes Amarelos" franceses, ganha cada vez mais dimensão nas redes sociais: mais de 13 mil pessoas confirmaram presença. Depois de França, é a vez …

Ministério Público abre inquérito às incongruências no currículo de candidata à JS

O Ministério Público de Lisboa abriu um inquérito ao casos dos erros e incongruências no currículo de Maria Begonha, candidata à liderança da Juventude Socialista. O Ministério Público abriu um inquérito ao caso dos erros e …

"Agora, só falo de anos aos 100". Ninguém sabe como Marcelo vai celebrar os 70

Marcelo Rebelo de Sousa cumpre hoje 70 anos de vida e, como não é nada habitual, não tem agenda oficial, deixando de lado os compromissos como Presidente da República, e até recusou dar entrevistas, afastando-se …

Atentado em Estrasburgo faz três mortos. Atirador ainda em fuga

A França está em estado de "Alerta Atentado", depois do tiroteio em Estrasburgo. O atirador que matou 3 pessoas estava sinalizado por radicalização e continua em fuga. O movimento "Coletes Amarelos" lança no ar uma …